Aditivos para o carro: alguns fazem mal!

A NGK, fábrica de velas de carro, descobriu que certos tipos de aditivos para o motor podem ser danosos. Explico tudo nesta matéria

Por Boris Feldman 14/05/20 às 07h30
dietilenoglicol etilenoglicol aditivo radiador refrigeracao shutterstock
Aditivo sendo colocado no sistema de arrefecimento do carro (Foto: Shutterstock)

O que não falta, infelizmente, é empresa que se aproveita da falta de conhecimento técnico do motorista para empurrar produtos e serviços desnecessários. Um dos preferidos é o aditivo, até porque alguns são mesmo necessários. Mas a maioria não passa de pi-ca-re-ta-gem!

Aditivo da gasolina, por exemplo. Quem abastece com a comum deve utilizar o aditivo do tipo detergente/dispersante. Mas tem outros que prometem melhor desempenho, redução de consumo e o motorista pensa: “mal não faz”. Ledo engano, porque faz mal sim! – leia mais sobre isso clicando aqui.

A NGK, fábrica de velas, tirou algumas de motores com problemas de funcionamento para descobrir que na sua ponta, o eletrodo estava danificado com óxido de ferro. Que vem da onde? Desses aditivos que prometem mundos e fundos!

Aditivos sendo colocado no sistema de arrefecimento do carro
Nem sempre o aditivo para o carro é sinal de benefícios para o motor (Foto: Shutterstock)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Paul Muadib 16 de maio de 2020

    Fácil de resolver: coloque gasolina aditivada pela distribuidora ao invés de comprar aditivo avulso que não sabe nem do que é feito.

Avatar
Deixe um comentário