Corrida dos chineses nacionais entra na reta final

GWM e BYD disputam uma maratona para ver qual é a primeira das duas chinesas que irá começar a produzir seus nacionais no Brasil

Corrida dos carros chineses nacionais entra na reta final
As vendas de carros chineses produzidos no Brasil devem começar em 2025 (Fotomontagem: Amanda Borges | AutoPapo)
Por Boris Feldman
Publicado em 09/07/2024 às 18h02

Quais serão os primeiros carros chineses a serem produzidos no Brasil? A GWM, que comprou a fábrica da Mercedes em Iracemápolis, no interior de São Paulo, é uma das concorrentes.

VEJA TAMBÉM:

A marca já anunciou para o final deste ano o início da produção do Haval H6, com previsão de vendas em 2025. Já a outra concorrente chinesa, é a  BYD, que comprou as instalações da Ford em Camaçari, na Bahia.

A montadora anunciou o início da produção do seu primeiro carro em 2025, com vendas se iniciando até o fim do ano ou no início de 2026. O primeiro BYD baiano será o Dolphin Mini, ele é vendido por R$ 116 mil, tem 75 cv de potência e alcance de 280 km.

Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify YouTube PodCasts YouTube PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário