Funcionamento do carro: a ‘aceleradinha’ de manhã desgasta o motor?

"Justo na hora em que o motor deve funcionar em marcha lenta, o motorista dá uma 'aceleradinha' para complicar ainda mais as coisas?"

Por Boris Feldman 17/03/19 às 07h30
acelerador acelerar pedais istock

Para evitar o desgaste do motor do automóvel, não acelere ao dar a partida de manhã. O hábito de dar uma aceleradinha logo após ligar o veículo não traz vantagem alguma; entenda:

[TRANSCRIÇÃO]

Alguns motoristas têm o péssimo hábito de dar uma aceleradinha no motor assim que ele pega de manhã, depois que o carro ficou parado toda a noite na garagem. E por que é um péssimo hábito? Porque nesse momento em que o motor começa a funcionar, todo o óleo de lubrificação escorreu lá para baixo, para o cárter.

E são necessários alguns segundos até que a bomba de óleo puxe ele do cárter para ele chegar no alto e lubrificar as partes superiores. Então este momento de se ligar o motor de manhã é o mais crítico, pois partes móveis que se atritam entre si não estão bem lubrificadas, e há um desgaste maior entre elas.

E justo nessa hora, ao invés de deixar o motor em marcha lenta, o motorista dá uma aceleradinha para complicar ainda mais as coisas?

Funcionamento do carro
Foto Shutterstock
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
16 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Márcio Araújo 16 de janeiro de 2021

Carros com injeção eletrônica não tem a necessidade de esquentar ou deixar ele ligado em marcha lenta muito tempo para lubrificar..Basta colocar o pé bna embreagem ligar deixar a luz do óleo apagar e esperar uns 50 segundos ou 40..e sair com o carro sem acelerar muito manter 1.500 giros e depois que o ponteiro da temperatura começar a subir a carro já está no ponto para acelerar…

Avatar
Raul Barbosa Barreto Doro 22 de maio de 2019

Pura verdade, a injeção eletrônica já tem essa função, então ela mantém a marcha lenta mais alta enquanto o veículo está frio para que ele atinja a temperatura de trabalho necessária o mais breve possível e reduza o consumo de combustível (que enquanto está frio é muito maior), tudo isso auxiliado pela válvula termostática.

Se o veículo precisa de ser acelerado para manter a marcha lenta, é necessário ver qual o problema porque isso não é normal. Geralmente uma limpeza de bicos, revisão em cabos e velas ou troca dos filtros resolve o problema.

Quanto a ficar meia hora com o carro ligado esperando “esquentar” é bem desnecessário, bastam 30 segundos e qualquer veículo já está apto a rodar, pode andar de boa, claro sem forçar, sem acelerar forte ou subir demais a rotação.

Trocando óleo no prazo correto, filtros nos prazos, usando combustível de qualidade, cuidando bem da máquina, terá ela toda uma vida…

Avatar
Jota Veras 21 de março de 2019

Pois é, o meu Polo TSI tem esse mal hábito. Qdo ligo pela manhã a marcha “lenta” é de 1400 rpm, e fica assim por uns 30 segundos. Alias, a marcha lenta do Polo é de 1000rpm (meus outros carros ficam entre 750/800), o que me obriga a pisar com mais força no freio para manobrar e no para anda do trânsito. É um carro hiperativo, sem suavidade. Quem sabe se eu colocar uns comprimidos de ritalina ou venvance no tanque resolva.

Avatar
GRACO MARIZ TIMOTEO DE SOUSA 17 de março de 2019

A própria injeção eletrônica faz isso pelo motorista! Com o motor frio, após a partida, a subida de giros é notória; isso devia ser revisto pelos fabricantes…

Avatar
Carlos Amaral 17 de março de 2019

É só usar Militec. Uso a muito tempo e melhora tudo. Consumo. Etc…..

Avatar
Renato. Naves 17 de março de 2019

Quanto tempo devo ficar com o carro na marcha lenta até eu internar e sai da garagem

Avatar
Fabio Bretas 17 de março de 2019

Um dia.

Avatar
Josimar 17 de março de 2019

Outra parte crítica também é ligar o carro de manhã e já engatar marcha e sair, sem que o motor tenha sido lubrificação, pode ocorrer desgaste maior ainda no motor. Sempre deixo no mínimo 5 minutos em marcha lenta até a aceleração abaixar por completa.

Avatar
Delmar Neves 17 de março de 2019

Quando ligo, o controlador eletrônico mantém em 1300 giros, só quanto estabiliza em em média em 800 giros que dou sequência a rotina, e ainda uso militec1, que, segundo o fabricante, reduz o atrito.

Avatar
Gabriel 18 de março de 2019

Eu deixo a ventuinha do radiador acionar pelo menos duas vezes antes de sair com o carro. Se eu estiver com pressa logo que ligo saio bem devagar e sem exagerar no giro do motor.

Avatar
Márcio Araújo 16 de janeiro de 2021

Isso não é recomendado…Vc vai ter mais gasto com combustível…Isso era feito com veículos que possuíam afogador…carro a álcool que tinha que esquentar mesmo..Mas o recomendado é ligar deixar 40 a 50 segundos e sair com o carro em baixa rotação até o sensor de temperatura corrigir a marcha lenta …Por isso que tem a luz do óleo…Apagou espera um pouco e sai…O carro em movimento aquece mais rápido e gasta menos combustível

Avatar
Marcus Lima 17 de março de 2019

Acho que isso é resquício da época dos carros somente movidos a “álcool”. Como dizia meu pai, era para “aquecer o carro”.

Avatar
Andre 17 de março de 2019

As pessoas não lembram. Mas estava no manual do proprietário e as vezes até no para sol do motorista as instruções para se ligar um carro movido a álcool quando o motor estivesse frio. Devia- se pisar na embreagem e com todo o afogador puxado ligar a ignição. Ou seja, quem acelerava era o afogador e não o motorista, portanto se você ligava um carro a álcool frio acelerando você estava fazendo o procedimento errado. Portanto essa história de acelerar o carro frio é mau hábito dos motoristas (outra coisa que não se faz é dar uma última acelerada antes de desligar o carro) porque também faz mal.

Avatar
Fausto 17 de março de 2019

Opa! Definitivamente não! A questão é referente à lubrificação e não ao aquecimento do motor.

Avatar
Adriano lopes 17 de março de 2019

Eu tenho o costume de ir.. ligar o carro, deixar lá uns minutos funcionando, enquanto eu coloco a filha na cadeirinha …

Avatar
ClUdinei 17 de março de 2019

Sim, todo tipo de motor, especialmente a explosão, tem a sua lubrificação, através de óleo, mesmo motores 2 tempos. Porisso, não se deve, acelera lo, assim que ” pega”, pois é importante, que funcione, em marcha-lenta, por alguns segundos, a fim de ser lubrificado, especialmente, nas partes superiores. Caso, o motor, não esteja com a marcha – lenta, em ordem, providencie a regulagem.

Avatar
Deixe um comentário