Polo e Virtus GTS vão receber nova motorização com mais potência

Tanto o hatch quanto o sedã terão uma versão com melhor desempenho, graças à adoção de um motor inédito na gama

vitus gts 2 polo
Por Boris Feldman
27 de agosto de 2019 08:30

Se você gostou dos novos Volkswagen, o hatch Polo ou o sedã Virtus, mas não gostou do desempenho proporcionado pelo motor que os equipa, 1.0 tricilíndrico de 128 cavalos, pode esperar.

Porque a Volkswagen já tirou da prateleira aquele motor 1.4 flex de 150 cavalos, que já equipa outros carros nacionais da marca. O carro não vai virar nenhum foguete, mas vai ter um desempenho bem melhor, e seu lançamento já está previsto para o último trimestre deste ano de 2019, naturalmente chegando como ano-modelo 2020.

Eles serão chamados de Polo e Virtus GTS, e o motor de 150 cavalos será acoplado a um câmbio manual ou automático de seis marchas. Preços ainda não foram definidos.

flagra volkswagen Polo e Virtus GTS
Polo GTS flagrado em ruas brasileiras | Foto reprodução internet
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
10 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Lucas 28 de agosto de 2019

pra linha GTS apenas

Avatar
Leonardo Rocha 28 de agosto de 2019

A reportagem informa que haverá a opção de câmbio manual de 6 marchas. A meu ver seria uma opção interessante, principalmente para o Polo, mas nao acredito que seja lançado.

Avatar
Júnior 28 de agosto de 2019

Pensei que haviam colocado o EA888 , mas pelo visto é alarme falso rsrs

Avatar
Focusman 28 de agosto de 2019

Era para rir?

Avatar
Alexandremaia 28 de agosto de 2019

Boa noite acabei de encomendar o virtus highline 2020 não falaram nada disso então deve ver modelo 2021

Avatar
Mirk 27 de agosto de 2019

Pois é… Isso já estava previsto desde o ano passado.

Avatar
Renato 27 de agosto de 2019

A matéria regride ao falar do atual motor destacando os pontos de “preconceito” do consumidor, como 1.0, três cilindros, ou só a medida dos cavalos. E esquece de falar que é um motor de categoria TURBO, um downsizing que extrai mais potência de motores menores.
E nem fala dos 200 de torque, superior a muitos 2.0.
E se existe alguém que realmente testou e “não gostou do desempenho”, então não deve ter restado muito mais opções no mercado nacional. Daí, só esperando mesmo a versão 1.4 (que por sinal, também é downsizing).

Avatar
Zildo 27 de agosto de 2019

Tomara que venha com a opção do câmbio manual

Avatar
Adriano Oliveira 27 de agosto de 2019

Notícias super atualizadas, sem dúvida!!?

Avatar
Jair 27 de agosto de 2019

Que furo de reportagem automotiva!! Kkkkkkkk

Avatar
Deixe um comentário