Uno: 40 anos para cair do telhado…

'Pau para toda obra', o Fiat Uno resistiu 40 anos no mercado. Entretanto, o baixo número de vendas aponta que seu fim está próximo...

Por Boris Feldman 16/02/21 às 07h30
1677 1 preview 2
Fiat Uno deve sair de linha após 40 anos no mercado brasileiro (Foto: Fiat | Divulgação)

O Fiat Uno foi uma das mais geniais criações de Giugiaro, um dos mais famosos designers do mundo.

Prova disso, é que nesse conturbado mercado de automóveis ele já resiste a nada menos que 40 anos; 29 em sua primeira geração e mais 10 na segunda e atual geração.

Não existe prova mais concreta de seu absoluto sucesso no Brasil do que ter sido um substituto do Fusca – verdadeiro pau para toda obra.

Mas agora chegou a hora de sua aposentadoria, mas sai de cena com dignidade. Pois ele teve 22 mil unidades produzidas no ano passado.

Porém, praticamente só vendia para locadoras e, portanto, com baixa rentabilidade para a fábrica. Cabe agora ao Fiat Mobi, ocupar o seu lugar como compacto de entrada do mercado.

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
40 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Osvaldo 12 de julho de 2021

Tenho um Uno Way 2010, econômico, resistente, peças fáceis de serem encontradas e baratas, não quebra, troco amortecedores, pastilhas , faço o básico pois não dá dor de cabeça e rodo por tudo quanto é lugar com segurança e confiante, pois sei que o carro aguenta.
Será que o Mobi é tão bom quanto o Uno ? Não sei , talvez seja bom também, mas tenho minhas dúvidas. Espero que os carros lançados pela Fiat tenham a qualidade e a resistência dos anteriores, senão ela vai perder espaço no mercado , e ter muito prejuízo.

Avatar
Osvaldo 12 de julho de 2021

Tenho um Uno Way 2010, econômico, resistente, peças fáceis de serem encontradas e baratas, não quebra, troco amortecedores, pastilhas , faço o básico pois não dá dor de cabeça e roda por tudo quanto pé lugar com segurança e confiante, pois sei que o carro aguenta.
Será que o Mobi é tão bom quanto o Uno ? Não sei , talvez seja bom também, mas tenho minhas dúvidas. Espero que os carros lançados pela Fiat tenham a qualidade e a resistência dos anteriores, senão ela vai perder espaço no mercado , e ter muito prejuízo.

Avatar
Jackson 17 de fevereiro de 2021

O Uno no Brasil chegou em 1984 e foi até a linha Grazie Mille.
Esses sim eram guerreiros.
Mais depois fizeram esses outros modelos de “uno” que não chega aos pés dos guerreiros

Avatar
Lucas Silva dos Santos 17 de fevereiro de 2021

Eu tenho um porém vou cuidar como relíquia pra que meus netos possam desfrutar dessa belezura que pena que o bichinho tão bom vai deixar de ser fabricado

Avatar
Jesualdo Ferreira Costa 17 de fevereiro de 2021

O UNO e um carro muito bom, quando se arrepender de tirar da linha fabricação vai ser tarde.
Aqui no Brasil é assim, só querem ganhar dinheiro.

Avatar
Edson das graças ferreira 17 de fevereiro de 2021

Depois q a Fiat tirou o uno quadrado pra fazer esse uno todo descaracterizado q fez eu sabia q não ia durar muito tempo e pra piorar mais tiraram o motor fire tbm…o novo uno não tem nada a ver com o uno q fez sucesso

Avatar
Pedro 23 de julho de 2021

Ainda bem que tirou ne, carro feio e sem segurança nenhuma

Avatar
Gianfranco Stabile 17 de fevereiro de 2021

No país da lei de Gerson as coisa são sempre assim : Uno, um verdadeiro pau para toda obra, reestilizaram, opa, ficou muito mais bonito, então, vamos vender mais caro….
Destruíram um legado, caramba depois de anos fabricando e vendendo o carro não conheciam o perfil do comprador ?
Pior está versão final mais arredondado nem de perto fez ju ap nome….
Malandro de mais….

Avatar
Maria Aparecida Nascimento Silva e 17 de fevereiro de 2021

Genta muito lindo amoo esse carro em bre vê irei compra o meu

Avatar
EDSON FLAVIO DA SILVA 17 de fevereiro de 2021

Não tem venda pois a fábrica não tá disponibilizando para venda mais.
Fui a Fiat mês passado para comprar no um carro novo para Uber. Gosto da Fiat pois é mais resistente.
Porém quando fui pedir um uno o vendo me falou que não tinha mais na Fiat para vender. Pois saiu de linha.

Avatar
Pablo moraes 16 de fevereiro de 2021

Tá na hora da Fiat e outras montadoras trazer na verdade peso carro como uno ou mobi elétricos gente a gasolina 5..e picos reais não dá mais bora carro elétrico isso outros países não mais lançamentos e coisa antiga tem parar esse monopólio do combustível. Uno seria grande e é enovação elétrico.

Avatar
Luiz C. Calory 16 de fevereiro de 2021

Tenho uma uno 98e2006etenho um Mobi 2020. Não tenho nada a falar mal os três são maravilhosos.lui

Avatar
Daniel Santos Jesus da Silva 16 de fevereiro de 2021

Tenho um uno drive 2018 muito bom e econômico.
A fiat Não quer investir no uno, todas suas concorrente tem versão 1.0 turbo ônix da GM. UP TSI da VW. HB20 1.0 turbo. Entre outros ;
Eu imagino um uno 1.0 turbo 115 cv TOP DE MAIS SERIA UM SUSSESO .

Avatar
Eliezer 16 de fevereiro de 2021

Eu tenho um 2012 show de bola muito bom vivace

Avatar
Eldes B Mendonça 16 de fevereiro de 2021

Na verdade este uno e como mini também pelo tamanho desenho do motor e tem outros carro maior com preço igual e diferença pouco e depois da compra perda e grande como este uno já é das antiga teria que ser bem.mais em conta

Avatar
Rene 16 de fevereiro de 2021

O uno, é um guerreiro, com escada, sem escada, etc.
Com a saida da FORD, a FIAT, nao vai aproveitar a oportunidade de alancar este carrinho wue nao deixa a gente na mão. Triste fim.

Avatar
Maria 16 de fevereiro de 2021

Oi boa noite eu tenho um UNO 2018 muito bom

Avatar
Rutenio Ferreira do vale 16 de fevereiro de 2021

Tenho um ano 2003 , muito bom

Avatar
Guilherme Marshall 16 de fevereiro de 2021

O Uno vai sair do mercado sem deixar substituto na linha. Vai deixar uma brecha para o Kuid.

Avatar
Adhenir 16 de fevereiro de 2021

Fiat cria carros para competir com ela mesma, caso do Mobi.
Ja tive uma uno ,o primeiro modelo só a alcool em 1986.
Ate me chamaram de louco por ter comprado .

Avatar
Rodrigo Carvalho Viana 16 de fevereiro de 2021

A FIAT serà muito burra se matar o Uno ao invés do Mobi!

Mata a porcaria do Mobi e investe numa nova geração do Uno!

Avatar
Sandro da silva crisostomo 16 de fevereiro de 2021

Que pena…exelente automovel..possui o primeiro modelo zero comprado em 2006 e depois o outro modelo.comprado em 2016…todos dois pau pra toda obra mesmo. ….a fiat nao era pra ter lançado o moby…modelo bem inferior ao Uno.

Avatar
Humberto Junior 16 de fevereiro de 2021

Vai sair tendo em vista o valor do carro q e um intetmediario e era o mais simples da montadora como sempre no Brasil vale e o lucro vao tira lo pra colocar um pra suprir o valor nada mais q isto um icone nacional o nosso Uninho…daqui uns anos relancam ele com preco q agrada a montadora..uma mera opniao e comentario.Obrigado

Avatar
Roberto Mellão 16 de fevereiro de 2021

Que tirem o Mobi. É ele que encarece o Uno, já totalmente amortizado. Uno a 39mil, sem depená-lo, mata a pau o Kwid. Ia vender como pão quente.

Avatar
Marco 16 de fevereiro de 2021

traseira do uno novo parece a da dkw

Avatar
Marco Lima 16 de fevereiro de 2021

Deviam tirar é o MOBI, porque ele é (ainda) menos espaçoso, mais feio e (também) não encara o KWID.

Avatar
Luiz carlos 16 de fevereiro de 2021

Eu tenho uma uno flex 4 portas 2007 prova disso que realmente é um carro valente mas, se não baratear o preço não irá vender, além do mais, nesse modelo novo, eu não gostei da sua traseira ela muito feia e perdeu volume de espaço no porta malas…talvez seja esses problemas que atrapalham a sua venda…

Avatar
Carlos 16 de fevereiro de 2021

As montadoras não querem mais vender carros populares. Prefiro o Uno ao Mobi.

Avatar
Marco 16 de fevereiro de 2021

No Brasil o uno não tem 40 anos o primeiro uno foi lançado em 1984.

Avatar
Junior Magalhães 16 de fevereiro de 2021

Uno bom é o quadradinho, depois que lançaram o modelo novo as vendas dispensaram. Se voltar a fabricar o tradicional as vendas aumentam.

Avatar
Wander Borges 16 de fevereiro de 2021

Fiat vai dar um tiro no pé, como eles tem coragem de trocar um UNO pela caixa de fósforo que é o mob e tem valor de ouro maciço. Vou de Ônix turbo

Avatar
Alexandre Pierre de Lara Stelmachuk 16 de fevereiro de 2021

Seria uma carta na manga da Fiat pra ser líder na venda de carro ” popular ” mas com o preço q esta hoje ?? Sem chance…o q e uma pena pq o Uno e guerreiro…..

Avatar
Humberto Soares 16 de fevereiro de 2021

Será o MAIOR ERRO da Fiat tira lo de linha.

Avatar
William 16 de fevereiro de 2021

Não entendi a reportagem.
O uno foi lançado no Brasil em 1985, ou seja 36 anos atrás.

Avatar
Heverton Gustavo Fonseca 16 de fevereiro de 2021

Se continuar caro desse jeito com mesmo preco em relacao a outros carros da Fiat e as outras marcas concorrentes claro q nao vao vender, carro 1.0 pequeno custanto 30 a 40 mil reais! Quem vai querer pagar? Com esse dinheiro vc tem muito mais e melhores opcoes no mercado. Agora se abaixar os precos pode ter certeza q as vendas voltam a acontecer… Podem pesquisar q irao chegar a essa conclusao😉

Avatar
Felipe 16 de fevereiro de 2021

Rapaz o problema é falar a verdade. Os VW 200 são todos 1.0. O que a VW fez foi estampar a capacidade do carro em Nm. Não mentiram apenas contrataram a verdade de maneira diferente e as pessoas pagam 70k as vezes 90k num carro 1.0. E tem mais: coloque a Uno como carro de entrada, como sempre foi desde a prancheta e com preço justo que voltará a vender muito. Infelizmente os fabricantes não querem mais vender carros populares.

AutoPapo
AutoPapo 16 de fevereiro de 2021

Olá, Felipe. Nosso colunista Zeca Chaves falou exatamente sobre isso na coluna “O fim do carro popular: entenda por que ele vai morrer em breve”.

Obrigado e abraço

Avatar
Jucelino João Da Silva 16 de fevereiro de 2021

infelizmente acho que o que matou o uno e essa carga absurda de impoto do nosso pais uma vergonha!!

Avatar
Eldes B Mendonça 16 de fevereiro de 2021

Concordo com vc a Fiat tem que fazer um estudo de avaliação do custo dos carros e diminuir margem de lucro e junto com concessionárias para vender mais e produzir mais para ter um bom lucro não vender caro e vender pouco

Avatar
Marcello 16 de fevereiro de 2021

É verdade, mas foi lançado na Europa em 1983 e projetado no início da década de 80, assim os 40 anos.

Avatar
Deixe um comentário