Serviço de táxi autônomo da Cruise registra primeiro acidente em São Francisco

Acidente aconteceu um dia após a liberação para cobrar pelo serviço, mas só foi divulgado quase um mês depois do ocorrido

chevrolet bolt cruise taxi autonomo acidente sao francisco
Táxi autônomo da Cruise teve primeiro acidente registrado (Foto: Cruise | Divulgação)
Por Bernardo Castro
11 de julho de 2022 10:02

Desde que recebeu o aval para cobrar pelo serviço de táxi autônomo, os dias da Cruise – subsidiária da General Motors – não têm sido dos melhores. A permissão foi concedida no início de junho e, de lá pra cá, alguns imprevistos desagradáveis já aconteceram em suas viagens, como a aglomeração dos seus carros autônomos que paralisou o trânsito em São Francisco.

Agora, o contratempo causado por esses carros autônomos foi um pouco mais grave. Ao fazer uma conversão à esquerda, um desses Chevrolet Bolt foi atingido por um Toyota Prius. O acidente, na verdade, aconteceu no dia 3 de junho, um dia depois da Califórnia liberar a cobrança pelo serviço. No entanto, ele não havia sido relatado até o final da semana passada.

VEJA TAMBÉM:

De acordo com o Departamento de Polícia de São Francisco (SFPD), os três passageiros do carro autônomo da Cruise estavam no banco de trás, e o Bolt transportava duas pessoas no total.

De acordo com o relatório que a empresa apresentou ao Departamento de Veículos Automotores (DMV) da Califórnia, o táxi autônomo convergia a esquerda, vindo do Geary Boulevard para a Spruce Street, no centro de San Francisco. Durante a manobra o veículo parou no meio do cruzamento pois percebeu que o Prius estava indo em sua direção. Com isso, o modelo da Toyota acabou acertando a traseira do Chevrolet Bolt.

A empresa ainda afirmou que “os ocupantes de ambos os veículos receberam tratamento médico por ferimentos supostamente leves”. O documento ainda relata que o Prius estava em alta velocidade.

O SFPD disse ao The Drive que “nenhuma prisão ou citação foi emitida no momento da investigação inicial”, que ainda está em andamento.

Táxi autônomo ainda em fase de testes na Califórnia

Antes de receber o sinal verde para operar de forma remunerada na cidade de São Francisco, o projeto passou por uma fase de testes que, em um primeiro momento, contava com a presença de motoristas humanos e, posteriormente, sem a presença de um condutor.

Após receber a autorização para cobrar pelo serviço, a Cruis colocou 30 Chevrolet Bolts nas ruas de São Francisco cobrando por um trabalho similar ao de um táxi ou de motoristas de aplicativo.

Mesmo com a liberação, o funcionamento ainda tem algumas restrições, a começar pela velocidade que é limitada a 50 km/h. Além disso, eles podem circular apenas nas vias que foram georreferenciadas e nas áreas que evtiam o centro da cidade, e estão proibidos de circular em condições climáticas adversas como chuva ou neblina e seu funcionamento é apenas das 22h às 06h.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário