Bateria experimental da autonomia de 1000 km para Tesla Model S

Experimento realizado pela Our Next Energy chegou a 1400 km de autonomia e mostra cenário positivo para autonomia do carro elétrico

Com nova bateria, carro elétrico da Tesla ultrapassou os 1000 km de autonomia
Com nova bateria, carro elétrico da Tesla ultrapassou os 1000 km de autonomia (Foto: ONE | Divulgação)
Por Bernardo Castro
07 de janeiro de 2022 18:05

A autonomia das baterias ainda é um fator que deixa muitas pessoas receosas no momento de comprar um carro elétrico. Entretanto, se essas cargas fossem capazes de rodar 1000 km, ou mais, certamente essa pulga atrás da orelha desapareceria.

Mas foi exatamente isso que uma empresa de tecnologia de baterias do Michigan, Estados Unidos, fez. Um teste realizado pela ONE (Our Next Energy) conseguiu elevar a autonomia de um Tesla Model S para 1210 km, um alcance 90% maior do que o padrão do carro elétrico.

VEJA TAMBÉM:

O teste, realizado em dezembro de 2021, consistiu em trocar a bateria do Model S e realizar uma viagem de ida e volta, que partia de Detroit e ia até  ponte Mackinac. Em um trajeto que durou 14 horas, a velocidade média registrada foi de 89 km/h.

A ONE ainda realizou um segundo teste – um pouco menos exigente – e conectou o Model S a um dinamômetro a uma velocidade constante de 89 km/h. Dessa vez o carro elétrico atingiu 1419 km de rodagem. O atrito mínimo, e a falta inclinações contribuíram para o aumento da autonomia.

Carros elétricos podem receber nova bateria em breve

A “primeira bateria química dupla de alcance estendido do mundo” tem uma capacidade de 203,7 kWh e uma alta densidade de energia de 416 Wh / L, enquanto usa inteligência artificial para maximizar o alcance. A título de comparação, o Tesla Model S Long Range Plus possui uma bateria de 103,9 kWh direto de fábrica, oferecendo um alcance de 405 milhas (652 km).

A nova bateria ainda é considerada apenas um protótipo. O próximo passo é que a bateria experimental forneça as bases para um modelo chamado Gemini 001, cuja linha de produção está prevista para depois de 2023.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Luciano Niccioli 8 de janeiro de 2022

Qual será a durabilidade tanto das novas baterias como das já em uso ? Parabéns sempre por estar a frente e acreditar na energia Limpa !
Mas interessante saber essa durabilidade , porque depois dessas baterias terem perdas de rendimento ou armazenamento o que está sendo pensado tanto na substituição ( custo da nova) e destino final ?
Agradeço e parabenizo pela Pro atividade e preocupação com nosso planeta .

Avatar
Luciano Niccioli 8 de janeiro de 2022

Qual será a durabilidade tanto das novas baterias como das já em uso ? Parabéns sempre por estar a frente e acreditar na energia Limpa !
Mas interessante saber essa durabilidade , porque depois dessas baterias terem perdas de rendimento ou armazenamento o que está sendo pensado tanto na substituição ( custo da nova) e destino final ?
Agradeço e parabenizo pela Pro atividade e preocupação com nosso planeta terra 👏👏
Grato
Luciano Niccioli

Avatar
Deixe um comentário