Bugatti Chiron é o novo carro mais caro do Brasil, conheça seu dono

Colecionador anônimo colocou o hipercarro francês junto de outros modelos icônicos e únicos no país, como a Ferrari LaFerrari

bugatti chiron paito motors brasil
O valor é estimado em R$ 50 milhões (Foto: Instagram | Reprodução)
Por Eduardo Rodrigues
Publicado em 03/07/2024 às 17h10

As páginas de carros exóticos do Brasil pararam no último domingo (30) com a chegada do primeiro Bugatti Chiron no país. O hipercarro foi flagrado rodando pelas ruas de São Paulo (SP) e pertence a um colecionado que prefere não revelar sua identidade.

Ele é conhecido nas redes sociais apenas como Junior e só aparece publicamente usando um capacete com viseira escurecida. O Bugatti Chiron estará ao lado de outros supercarros icônicos.

VEJA TAMBÉM:

Durante seu passeio por São Paulo, com a tradicional parada em um posto da Avenida Europa, o colecionador saiu do carro para tirar fotos com os car spotters. Vídeos nas redes sociais mostram o verdadeiro rebuliço causado pela presença do Bugatti Chiron.

Junior foi agradecer pelo carinho em um publicação e publicou algumas das fotos feitas no passeio.

A coleção de Junior é a única no mundo a reunir o trio Ferrari LaFerrari, McLaren P1 e Porsche 918 Spyder. Esses modelos marcaram o início da atual era de superesportivos híbridos, cada um trazendo uma forma diferente de usar a eletrificação para dar mais desempenho.

Sua garagem também conta com modelos icônicos como o Porsche Carrera GT, McLaren Senna e o novo 911 Dakar. O Chiron entra para ser o carro mais caro já vendido no Brasil, com valor estimado em R$ 50 milhões.

Conheça o Bugatti Chiron, o carro mais caro do Brasil

O Bugatti Chiron foi lançado em 2016 para suceder o Veyron — primeiro carro de produção seriada a passar de 400 km/h. Sua produção foi limitada em 500 unidades, que terminaram de ser entregues em 2024 antes da estreia do Tourbillon.

Ele utiliza uma versão ainda mais forte do W16 quadriturbo, que produz 1.500 cv. O Chiron tem velocidade máxima limitada em 420 km/h para preservar os pneus.

A versão Super Sport 300+, que rende 1.600 cv e possui melhorias aerodinâmicas, conseguiu atingir 490,48 km/h sem as limitações eletrônicas.

Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify YouTube PodCasts YouTube PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Sua mãe é gay 6 de julho de 2024

Calabreso fala “oi”

Avatar
alecs 3 de julho de 2024

A realidade de uns poucos pode realmente chocar …

Avatar
Ruan 4 de julho de 2024

Verdade.

Avatar
alecs 3 de julho de 2024

Não só tem um Bugatti como Laferrari e outros carros ditos colecionáveis,é mole ? Quem é ele? Dono de algum banco ou algo assim ,ou multi negócios bilionários?

Avatar
Deixe um comentário