Entenda por que Elon Musk, fundador da Tesla, está no trending topics

Sempre polêmico, Musk ameaçou, em julho, apoiar golpe para tirar o ex-presidente Evo Morales do poder; intervenção facilitaria a importação de lítio

Por AutoPapo 19/10/20 às 12h23
mão masculina segura bateria de litio da Tesla, empresa dirigida por Elon Musk
Lítio é uma das principais substâncias utilizadas na produção das baterias da Tesla (Foto: Shutterstock)

As eleições bolivianas recolocaram o nome do fundador da Tesla, Elon Musk, no trending topics do Twitter. Conhecido por suas declarações “excêntricas”, o empresário afirmou, em julho, que poderia apoiar o golpe contra o ex-presidente Evo Morales para facilitar a importação de lítio.

LEIA MAIS

mão masculina segura bateria de litio da Tesla, empresa dirigida por Elon Musk
Lítio é uma das principais substâncias utilizadas na produção das baterias da Tesla (Foto: Shutterstock)

O tuíte, que dizia “Vamos dar golpe em quem quisermos! Lide com isso”, foi uma resposta à seguinte provocação:

Você sabe o que não interessa às pessoas? O governo dos EUA organizando um golpe contra Evo Morales na Bolívia para que você possa obter lítio lá.

A discussão foi levantada após Elon Musk demonstrar desejo pelo lítio sul-americano. O minério essencial às baterias dos veículos produzidos pela Tesla é encontrado em abundância na Bolívia. O país, junto de Chile e Argentina, contém mais de 50% dos depósitos de lítio do mundo.

Na época, o presidente Jair Bolsonaro até tentou se reunir com o bilionário, que especulou construir uma fábrica da Tesla no Brasil.

Eleições bolivianas

As primeiras projeções da contagem de votos das eleições presidenciais da Bolívia apontam uma vitória do ex-ministro Luis Arce, candidato do partido do ex-presidente Evo Morales, o Movimiento al Socialismo (MAS).

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário