Ford alerta sobre o perigo de deixar bebês e cachorros trancados no carro

O braço europeu da Ford usou esculturas de gelo para mostrar graficamente o quanto que o interior de um carro esquenta quando estacionado

Por Eduardo Rodrigues 24/06/21 às 11h07
escultura de gelo bebe ford cadeirinha infantil
O interior de um carro pode chegar a 50°C e isso é um risco enorme para a vida de crianças (Foto: Ford | Divulgação)

Uma imagem vale mais que mil palavras. Foi seguindo esse ditado que a Ford europeia criou uma campanha para conscientizar as pessoas a não deixar seus filhos ou animais de estimação trancados dentro de um carro.

Para mostrar os efeitos do calor dentro de um carro, a Ford usou esculturas de gelo em forma de um bebê e de um cachorro. Essas esculturas foram colocadas dentro de um Focus em um laboratório de testes da Ford em Colônia, Alemanha.

VEJA TAMBÉM:

Temperatura pode chegar a 50°C

A temperatura no laboratório foi colocada em 35°C para simular o verão que a Europa está passando. Em 19 minutos o interior do carro fechado chegou a 50°C, derretendo a criança e o cachorro que estavam em seu interior.

O risco para bebês e animais é ainda maior. O corpo de uma criança se aquece mais rápido que o de um adulto e isso aumenta as chances de morrer de insolação. Já cachorros regulam sua temperatura através da respiração, em um carro fechado e esquentando a umidade aumenta rapidamente e o cão pode vir a falecer de insolação em seis minutos.

Para evitar essas tragédias a Ford europeia instala em todos seus carros um alerta para o motorista checar o banco traseiro antes de sair. Esse tipo de alerta só será obrigatório no velho continente a partir de 2025.

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário