Jovem bate em Lamborghini, resolve roubá-la e acaba a destruindo

Série de eventos bizarros aconteceu em Manhattan, Nova Iorque; após fugir da polícia, homem abandonou o esportivo no MC Donald's

Por AutoPapo 16/11/20 às 14h44
lamborghini preta com frente batida em frente a placa do mc donalds foto ekim kaya
Lamborghini Huracán conversível ano modelo/2016 foi roubada em Nova York (Foto: Ekim Kaya | Divulgação)
Clique para ouvir
Voiced by Amazon Polly

Um jovem acertou, em Manhattan, Nova Iorque, o retrovisor de uma Lamborghini Huracán conversível ano modelo/2016 avaliada em R$ 1 milhão e, assustado com o valor do reparo, acabou roubando-a de seu dono. Quatro horas depois, a polícia encontrou o esportivo com a lateral completamente destruída. A história foi publicada pelo New York Post.

LEIA MAIS

De acordo com o empresário de tecnologia Ekim Kaya, proprietário da Lamborghini, ele viajava na West Side Highway quando dois jovens de aproximadamente 20 anos – em uma motocicleta – bateram e arrancaram seu retrovisor. Assim que o empresário pediu as identidades dos garotos para acionar o seguro, os infratores entrara em pânico e pediram para que Kaya os liberasse.

“O cara estava dizendo: ‘Minha mãe vai me matar, eu vou para a cadeia ’”, lembrou Kaya, que também contou à polícia que os jovens ofereceram cerca de R$ 500 pelo conserto – que custaria cerca de R$13 mil, fora a mão de obra.

lamborghini preta com frente batida em frente a placa do mc donalds foto ekim kaya
Lamborghini Huracán conversível ano modelo/2016 roubada foi encontrada no MC Donald’s (Foto: Ekim Kaya | Divulgação)

“De repente, ele [o jovem] me bateu com o cotovelo e eu caí, e os dois começaram a me chutar e me bater”, completou Kaya. No momento seguinte, um dos homens entrou na Lamborghini Huracán, trancou as portas e ficou alguns minutos tentando sair com o conversível. O outro jovem fugiu de moto.

A polícia tentou deter a Lamborghini, mas a disputa com o esportivo foi completamente injusta. Quatro horas depois e a cerca de 16 quilômetros de distância, o carro foi encontrado “destruído” perto da entrada de um McDonald’s na Webster Avenue no Bronx.

A polícia ainda está procurando os suspeitos com capuz. Kaya lamentou os danos devastadores em seu carro, comprado há dois meses e meio.

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário