Empresário perde casa, esposa e, após 4 anos, consegue eletrificar Rolls-Royce

O árduo trabalho no Rolls-Royce rendeu experiência para Vincent Yu abrir uma loja especializada em eletrificar carros com motor a combustão

Rolls-Royce elétrico tem 500 km de autonomia
Rolls-Royce elétrico tem 500 km de autonomia (Foto: Richmond News | Reprodução)
Por Bernardo Castro
02 de março de 2022 19:25

Com o carro elétrico se tornando mais popular (no exterior), converter veículos à combustão para à bateria é uma prática que tem se tornado relativamente mais simples.

E o empresário canadense Vincent Yu aderiu à essa prática e, com um projeto que se transformou em um novo negócio, ele eletrificou o seu Rolls-Royce Ghost 2015. Com isso, Yu ‘furou’ a fabricante ao produzir o primeiro elétrico da marca, visto que o primeiro veículo a bateria da Rolls-Royce, o Spectre, está previsto para 2024.

À Richmond News, Vincent relatou que o feito levou quatro anos para ser concluído e exigiu alguns sacrifícios, como a venda de sua casa para pagar o projeto além da relação com sua esposa, que o deixou após se frustrar com a situação. A ideia do trabalho surgiu após sua filha mais velha lhe cobrar uma atitude sobre hábitos de direção.

“Você não deve agir como um babaca rico dirigindo um carro fedorento pela cidade e poluindo o ar.” Então comecei a pensar, por que não faço a conversão do carro por conta própria?”

VEJA TAMBÉM:

Para executar o trabalho, o canadense contou com uma pequena equipe de mecânicos e maquinistas que estavam ao seu lado quase todos os dias durante os últimos quatro anos. Além das incontáveis horas trabalhando na garagem de casa, Yu precisou fazer inúmeras viagens para os Estados Unidos, Japão, e Alemanha para comprar peças especializadas.

“Removemos todos os componentes do veículo, desde o tanque de combustível até o motor e o escapamento do carro. Nosso objetivo era construir um motor elétrico, carregador e bateria para o carro”.

O Rolls-Royce elétrico recém convertido tem autonomia de 500 km com carga total e possui uma unidade de acionamento Tesla no lugar do motor turbo V12 original de 6,6 litros. O custo em eletricidade para recarregar a bateria é de apenas U$ 8 (R$ 40 na cotação atual), em contrapartida, se o mesmo modelo fosse abastecido com gasolina, encher o tanque sairia pela bagatela de U$ 120 (R$ 613).

Além de um Rolls-Royce Elétrico, Vincent abriu um novo negócio em sua cidade, onde aplica tudo o que aprendeu na Mars Power, loja especializada em conversão de veículos à gasolina para elétricos. Yu fez questão de contratar todos os engenheiros e maquinistas que trabalharam ao seu lado no Ghost 2015.

“Agora, eu posso ser a primeira pessoa em Richmond a converter um carro de luxo em um veículo elétrico.”

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Sir.Alves 2 de março de 2022

Não era mais fácil comprar um Tesla?

Avatar
Leandro 3 de março de 2022

Vai ver vender a casa e adaptar o carro ficou mais barato que comprar um Tesla. De quebra ainda ficou solteiro.

Avatar
Gabriel 4 de março de 2022

Papo reto.. ele ganhou na loteria e deu um shut na Rolls Royce

Avatar
Deixe um comentário