Com cara de Saveiro, nova Volkswagen Amarok 2025 é revelada

Enquanto a concorrência se movimenta com modelos novos e mudanças profundas, a marca alemã traz novidades leves para a sua média

volkswagen amarok extreme 2025 cinza frente parada em fabrica
Mudanças são concentradas na dianteira (Foto: Volkswagen | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
Publicado em 04/07/2024 às 13h02

A Volkswagen revelou as primeiras imagens oficiais da Amarok reestilizada. A picape lançada no Brasil em 2010 havia recebido apenas retorques leves, agora ganhou uma dianteira nova inspirada na Saveiro atualizada em 2023.

O teaser divulgado foi apenas para anunciar o início da produção em General Pacheco, na Argentina, do modelo atualizado. Mais informações sobre as mudanças serão reveladas futuramente, mas já podemos notar algumas delas pelas imagens.

volkswagen amarok 2025 teaser central multimidia vw play
A central VW Play aposenta a antiga com CD-player (Foto: Volkswagen | Divulgação)

VEJA TAMBÉM:

O conjunto ótico é interligado por uma barra de LED, solução que a marca vêm adotando nos lançamentos recentes na Europa e só vemos no Brasil com o Taos. No parachoque estão os faróis de neblina também em LED, usando formato idêntico ao adotado no Nivus e no Virtus.

Os novos faróis são em LED com refletores, menos eficientes que os LEDs com projetor usados no Polo GTS e no Taos Highline. Por outro lado, eles aposentam o conjunto bi-xenon que era usado pela Amarok, tecnologia que já foi aposentado pelo resto da indústria.

A versão mostrada na única foto divulgada é a Extreme, que adotou novas rodas e novos adesivos. A Volkswagen também divulgou um vídeo teaser da Amarok atualizada, onde é possível pegar algumas mudanças no interior.

volkswagen amarok 2025 teaser interior volante
Aparentemente, volante e quadro de instrumentos analógico foi mantido (Foto: Volkswagen | Divulgação)

Conseguimos notar que a central multimídia é a VW Play, aposentando a antiga Discover Media com CD-Player. O volante não mudou e o quadro de instrumentos aparenta ser o mesmo analógico usado anteriormente.

A presença de uma câmera no topo do para-brisa pode indicar a chegada do pacote ADAS a o modelo. Se a direção hidráulica for mantida, assistentes como a correção de saída de faixa não estará presente.

A última mudança significativa da Amarok foi em 2017, quando mudaram a grade dianteira e adotaram um painel novo. No ano seguinte foi introduzido o motor V6 turbodiesel. De lá pra cá a única alteração foram rodas novas, a aposentadoria das versões com motor 2.0 no Brasil e a adoção do motor mais forte na versão Comfortline.

A Volkswagen possui hoje os carros mais longevo do mercado brasileiro em sua linha de caminhonetes: a Saveiro estreou em 2009 e a Amarok veio em 2010. As reestilizações promovidas nelas apontam a intenção da marca de mantê-las no mercado por mais um tempo.

Falta saber se a Amarok ganhará equipamentos que já se tornaram padrão nas picapes médias, como os airbags de cortina. O seu maior trunfo era o desempenho do motor V6, algo que deixou de ser exclusividade desde o lançamento da nova Ford Ranger.

Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify YouTube PodCasts YouTube PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Gabriel 7 de julho de 2024

Foi só o pricelift mesmo. A única salvação seria se usassem o motor do delivery em uma versão de entrada.

Avatar
Deixe um comentário