Veja 5 marcas de carros que tinham má fama, mas deram a volta por cima

Fabricantes que, hoje, desfrutam de boa imagem no mercado já sofreram bastante com a rejeição dos consumidores

fiat 147 c branco de frente
Trajetória da Fiat no Brasil começou com o 147, que não agradou a todos (Fiat | Divulgação)
Por Alexandre Carneiro
04 de julho de 2021 07:55

Conseguir reverter uma imagem ruim no mercado é uma tarefa árdua para qualquer empresa. Para marcas que produzem bens de maior valor agregado, como carros, o desafio é ainda maior. Porém, o caso é que algumas delas conseguem alcançar esse objetivo.

VEJA TAMBÉM:

5 marcas de carros que reverteram má fama

O listão de hoje é exatamente sobre essas marcas, que já ofereceram carros rejeitados, mas paulatinamente conseguiram conquistar o próprio espaço no mercado brasileiro. Confira quais são elas!

1. Fiat

logotipo fiat na grade dianteira de picape strada
Fiat permaneceu na lanterna do mercado brasileiro por mais de uma década

Quem é mais velho deve se lembrar da rejeição que os primeiros carros da Fiat sofreram no Brasil. A fabricante, que começou a operar no país em 1976, passou mais de uma década na lanterna do mercado nacional, muito atrás de Volkswagen, Chevrolet e Ford: vale lembrar que, na época, apenas essas quatro gigantes, além de algumas empresas locais, disputavam os consumidores.

Entre os motivos para a rejeição, estavam, além da falta de tradição diante das marcas concorrentes, queixas de mecânicos quanto à manutenção dos carros e problemas com o sistema de câmbio, em especial da gama 147. Mas o jogo começou a virar em 1990, com a criação de uma faixa de IPI reduzida para veículos com motores até 1.0, os ditos populares.

A Fiat foi a primeira a explorar esse filão com o Uno Mille. Na virada do século, a fabricante de origem italiana assumiu pela primeira vez a liderança do mercado nacional, feito que repetiria várias outras vezes. Atualmente, a multinacional ocupa novamente o posto mais alto do ranking.

2. Hyundai

dianteira grade carro logo hyundai
Há cerca de 20 anos, Hyundai chegou a ficar sem representação no Brasil

A Hyundai era uma ilustre desconhecida no Brasil até meados dos anos de 1990, quando o mercado foi aberto às importações. Então, a empresa chegou ao país por meio de um representante: a gama incluía modelos como os sedãs Excel e Elantra, além das vans H100. Mas deu tudo errado, começando pela rede assistencial, que era precária e ineficiente.

Para piorar, os carros da Hyundai, assim como de outras marcas sul-coreanas, ainda careciam de evolução. A indústria automobilística do país era incipiente e dependente de know-how japonês. No fim daquela década, após uma súbita alta do dólar, a empresa ficou sem representação no país, deixando os proprietários sem qualquer tipo de assistência.

Ninguém queria os carros da Hyundai, literalmente! Mas situação começou a mudar na década seguinte, quando o Grupo Caoa tornou-se importador da empresa. As primeiras gerações de Tucson e i30 fizeram tanto sucesso que o representante instalou uma linha de montagem própria em Anápolis (GO). A multinacional acabou assumindo diretamente parte das operações e, desde 2011, tem fábrica própria em Piracicaba (SP).

3. Kia

kia logo
Marcas coreanas, incluindo a Kia, já tiveram imagem negativa no Brasil

A história da Kia no Brasil é bem parecida com a da Hyundai: ela também chegou durante a abertura às importações, nos anos de 1990. A van Besta foi o produto mais icônico daquele período, mas outros modelos, como os sedãs Sephia e Clarus, também chegaram ao país.

Tal qual a conterrânea Hyundai, a Kia sofreu com instabilidades cambiais e problemas de assistência nos primeiros anos de mercado. Também pesou a falta de maturidade dos produtos. Na década seguinte, entretanto, pelas mãos do Grupo Gandini, a empresa conseguiu conquistar espaço no mercado graças ao Soul e às antigas gerações de Cerato e Sportage.

É verdade que nos últimos anos a marca voltou a perder espaço, devido, principalmente, à desvalorização do Real frente ao Dólar. Ademais, o fato de a Kia não ter fábrica no Brasil é um grande obstáculo para adentrar nos segmentos de entrada, que concentram os maiores volumes de vendas. Mas o caso é que ninguém diz que os carros da Kia estão em um patamar inferior ao das marcas japonesas, como ocorria no passado.

4. Caoa-Chery

caoa chery tiggo 3x detalhes 13
Sob a chancela da Caoa, Chery mudou estratégia comercial

As marcas chinesas começaram a chegar ao Brasil há pouco mais de uma década, majoritariamente com carros de entrada. Muita gente achou que elas logo dominariam o mercado, mas não foi isso que ocorreu: a maioria ainda tem baixos números de vendas e má-fama, com exceção da Caoa-Chery.

Inicialmente, a marca caminhou com as próprias pernas – era apenas Chery – e foi a única de origem chinesa a construir uma fábrica no país, mais precisamente em Jacareí (SP), inaugurada em 2014. Mas o caso é que nem por isso as vendas decolaram, pelo contrário: produtos como Celer e QQ nunca emplacaram.

A crise econômica daquele ano foi o golpe de misericórdia nas operações nacionais. A luz do fim do túnel veio com o Grupo Caoa, que assumiu as operações em 2017. Desde então, a empresa mudou a estratégia de mercado e, em vez de apostar em modelos de entrada, tem investido em SUVs e sedãs de maior valor agregado. Parece estar funcionando: a Caoa-Chery terminou 2020 na 11ª posição entre as marcas mais vendidas do país.

5. Renault

renault logo
Renault conseguiu atingir participação bem maior que a das conterrâneas Peugeot e Citroën no mercado

Tudo bem, a Renault ainda enfrenta resistência de parte dos consumidores, que desconfiam dos carros franceses, apesar de a gama nacional da marca ser composta por produtos de origem romena, da subsidiária Dacia. Mas o caso é que a empresa construiu uma participação sólida no mercado, coisa que as conterrâneas Peugeot e Citroën ainda não conseguiram.

No início, as operações da Renault no Brasil foram turbulentas. A empresa é mais uma que chegou nos anos de 1990, durante a abertura às importações, pelas mãos de um representante. Mas essa situação durou pouco: a multinacional logo assumiu os negócios locais e, já em 1998, inaugurou uma fábrica própria em São José dos Pinhais (PR).

Ainda assim, as vendas não embalaram. Os primeiros produtos nacionais, o compacto Clio e o monovolume Scénic, não caíram no gosto do consumidor local. Foi só cerca de uma década depois, com o lançamento de produtos como Logan, Sandero e Duster, que a Renault conseguiu crescer no mercado. A marca já chegou a ser a quarta maior empresa do setor no Brasil, mas terminou o ano passado na sétima posição.

101 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Danilo Oliveira 29 de agosto de 2021

A VW é bom o Passat Pointer 86 a 88. Santana. Apollo.

Parati 92. Golf 98 . Voyage 92 a 94 . Passat Village 86 87.

Variant 1. Variant 2. TL. Os melhores da Volks Wagen

Avatar
Danilo Oliveira 29 de agosto de 2021

A Renault é a melhor marca de carros francesa.

Fiat São bons Mille. Punto. A FORD são bons Corcel. Verona. Belina. Versailles. New Fiesta. Ka.

A GM Chevrolet recomendo Corsa Super. Astra. Monza. Corsa Max.

A Hyundai e Nissan é dez vez mais boa que carrinhos chinês Chery e chana.

Avatar
Mauro 12 de julho de 2021

Pois eu tenho um Gurgel X12 que me leva e trás onde quero, instalei uma ar condicionado nele. Econômico, manutenção barata e IPVA barato.conclusao se vc tiver cuidado qualquer marca pode ser boa.

Avatar
Jonas Vieira Toledo 11 de julho de 2021

O meu ponto de vista eo seguinte o carro (não importa a marca )sai de fábrica todo original aí vem maus profissionais e mexe tanto no carro que vc compra e não sabe mas tá com vários problemas!

Avatar
Erly tardivo de castro 11 de julho de 2021

Eu ja tive vários caros várias marcas ? I que tem de ser feito e uma boa manutenção periódica ok

Avatar
José Roberto 11 de julho de 2021

Os melhores Nissan Livina xgear um excelente carro. Jeep também ,Fiat, Toyota,Honda a Cherry. Chevrolet. Estão num patamar ótimos. Não gosto do acabamento da Renault. Mais São bons carros. De todas essas marcas nunca tive arrependimento.

Avatar
CARLOS EDUARDO DOS SANTOS 11 de julho de 2021

Bom, já possui Volkswagen (02),fiat(01), Chevrolet(01), Ford(02) e Renault(01)!!!!
O Renault até o momento é o que mais agrada, tenho um Duster 1.6 mecânico, comprei peças (kit embreagem, kit troca de óleo com 04 filtros, kit completo de amortecedores…) na concessionária, ou seja, originais, com valor cerca de 30% mais barato que peças paralelas!!!!
Veículo é excelente para família, um bom custo de manutenção, foi bem recomendado pelos mecânicos com quem conversei. E também já trabalhei com outros veículos Renault, são ótimos!

Avatar
Nivaldo lima de Souza 12 de julho de 2021

Olá tenho um Gran Siena 1.6 14/15 mas agora tô namorando uma Duster cvt 2018)2019 se Deus quiser

Avatar
Edison Pereira 11 de julho de 2021

Carro tem que fazer manutenção não é só muntar e chega o aço não eu tenho um fiat uno para mim tá ótimo eu sou pobre

Avatar
Leandro 11 de julho de 2021

Comprei um Kia cerato zero em 2011 e tenho ele até hj. Nunca precisei trocar nem mesmo uma peça que que seja de desgaste. Nunca deu um problema e nunca me deixou na mão. Carro que não quebra é aquele que o dono cuida. Se não cuidar, qualquer um vai dar problema. O problema é que o brasileiro não dá manutenção preventiva e depois fica chorando por morrer na nota.

Avatar
Rafael 11 de julho de 2021

A fiat tem os carros mais porcos do mercado, aquele cambio é um lixo completo, nao sei como alguem consegue comprar essas porcarias.

Avatar
Junior 11 de julho de 2021

A Fiat tinha nomeado seu compacto de “Fiat 143” mas ae descobriram mais quatro defeitos.

Avatar
E Silva 11 de julho de 2021

Meu 147 1984 está bem aqui paradinho na garagem esperando eu dar partida pra saída dominical …carro e dono…abraços

Avatar
Marcos António Rodrigues Pimenta 10 de julho de 2021

tenho uma dele Rey mas não vendo

Avatar
Celso Alves de Oliveira 10 de julho de 2021

uma vez perguntei pra um mecânico,qual caminhão era melhor Scania, volvo ou Mercedes? ele me respondeu, todos são bons, ruim são os motoristas!

Avatar
João Carlos Mendes 10 de julho de 2021

Os carros chineses da marca Tiggo2,3,5 e o 7 lugares Tiggo8 não perde pra nenhum outra marca da mesma linha principalmente no acabamento que é de primeira.Adoro estes modelos.E ainda tem o modelo sedan Arizzo 5 e 6 que tb é um lindo carro.

Avatar
Sérgio de oliveira 11 de julho de 2021

Carro bom é aquele que, quando da problema( todos darão um dia), tenha mecânico que saiba arrumar, e peças fáceis de comprar em lojas de bairro!! Nesse quesito, o único que passa desses 5 é os FIATs….

Avatar
Victor 11 de julho de 2021

Falou tudo.

Avatar
Rafael 11 de julho de 2021

Nossa nada a ver kkkk

Avatar
JULIO CESAR RABELO 11 de julho de 2021

Vdd. Eu sempre falo que carro de pobre hoje é Fiat. Não tem outra marca que supera facilidade e valor de reparabilidade. E os carros ainda são quase indestrutíveis. Até por isso até hoje, as Strada e Uno são unanimidade nas estradas de terra e terrenos acidentados.

Avatar
Marcondes Cezar leite 10 de julho de 2021

Tenho uma Siena 09/10
Recomendo a todos motor fare 100/ por cento .
Nunca me deixou na mão carro somente com manutenção normais ,muito macio etc .

Avatar
Otacílio Lourenço 10 de julho de 2021

Faltou à Peugeot. Mas, ela ainda está lá embaixo.

Avatar
Leandro 10 de julho de 2021

Pra mim a marca Renault é uma grata surpresa, já tive um pegeot e não me decepcionou, acredito que o preconceito as marcas francesas, são o maior impedimento a compra. Até aqui me sinto satisfeito.

Avatar
Edson 9 de julho de 2021

A qualidade dos veículos japoneses, alemães, italianos, ingleses, suecos e estadunidense, são fantásticos.Principalmente os veículos de luxo.Bugatti é um exemplo poderoso.

Avatar
MP 10 de julho de 2021

não é preciso ser de luxo para ser melhor equipado com o que o Brasil, jornalistas e eteceteras, chamavam de opcionais. por isso os carros europeus já tinham o básico em segurança e conforto, estou falando dos vendidos no Brasil:{transmissão automática, cinco ‘encostos’ de cabeça}, enquanto as quatro primeiras “brasileiras” esperam até o último segundo para a lei de itens essenciais, passassem a vigorar.

dá pra comprar hoje um Peugeot ou um Clio 2003 “básico” (veja bem: nascidos há uns 20 anos), com airbag, som, abs, e outros vários eteceteras, já equipados assim de fábrica.

é a tal cultura automobilística, que no Brasil ainda se arrasta, ou paga-se caro pelos opcionais alternativos. a história foi essa mas não finda aqui.os carros das quatro primeiras, desculpa a expressão lide: ainda deixam muito a desejar.

— por incongruência, incoerência ou vício, são as marcas que mais vendem
que vai explicar esse fenômeno: Boris Feldman?!? (MP)

Avatar
EDUARDO 9 de julho de 2021

Carro bom tem que começar com uma das seguintes letras : A, B, M : Audi, BMW ou Mercedes… Já tive das três, todas compradas usadas. E nunca tive grandes problemas…
O segredo é ficar de olho em qualquer coisa estranha que apareça no carro, ter um mecânico particular de confiança e “fugir” de concessionária…
Meu “recorde” foi uma Audi A6 1995 que eu comprei com 130.000 km. Rodei 3 anos com ela e nunca quebrou um parafuso…

Avatar
Glau 10 de julho de 2021

Pra mim.vc tem é um fusquinha

Avatar
Lux 11 de julho de 2021

Kkk

Avatar
Antônio Carlos Silva da 9 de julho de 2021

Eu gosto muito da marca Fiat já possui cinco carros da marca atualmente tenho dois

Avatar
Jacson Guimarães 10 de julho de 2021

Sempre tive carro Fiat e por sinal tenho dois.nao troco por outras marcas. Estou satisfeitíssimo.

Avatar
José 11 de julho de 2021

Já tive 3 unos,um Voyage,dois gols e um Sentra Nissan e um pálio 98 ,esta comigo a 12 anos e nunca me deixou na mão,como muitos já disseram tem que fazer sempre as manutenções em dia.

Avatar
Luis Carlos Velazquez Pereda 9 de julho de 2021

Gosto e uso uma blazer 2.4 2010, segurança, bom desempenho, espaço, Belo porta malas, confiável, pouca frescura eletrônica, manutenções baratas, peças que duram uma eternidade, 10,6 km/litro na estrada com gasolina, só alegria se comparada com as porcarias eletrônicas de plástico atuais.

Avatar
Rafael 11 de julho de 2021

Também tenho uma “Bleizona” 2010 e é só alegria, pois fica super econômica no GNV, sem contar o IPVA, que no Paraná fica em 1% (devido ao kit gás)!
Fora SUV’s Nutella!!!

Avatar
Fabiano Silva 12 de julho de 2021

Bom desempenho é sacanagem… Tive uma e é um perigo na estrada para ultrapassagens…O consumo tbm é péssimo…Motor 2.4 em carro grande nunca mais…

Avatar
Clames F. Reis 9 de julho de 2021

Desses eu fico com hyundai e kia pois são robustos ou seja coreanos e Japoneses são os melhores em durabilidade.

Avatar
André 9 de julho de 2021

Ficou com um Fit ou City usado e bem conservado, pois, novo é muito caro, mas é carro que não dá dor de cabeça, são carros que tem em países de primeiro mundo, não troco um Honda conservado por nenhum nacional 0km…
Honda ou Toyota é outra história…

Avatar
Ricardo Mello 9 de julho de 2021

Carro bom é aquele que te serve e não dá problema. Tem muita matéria paga para detonar os concorrentes. O Onix é uma bomba, está como líder faz anos. Nenhum carro no Brasil vale o preço que é vendido, tira os impostos e veja o preço real dos nossos carros.

Avatar
Michel Ataide 10 de julho de 2021

Como informação, tive um Onix por cinco anos e nunca tive problema algum, só troquei a correia dentada com 93mil e a manutenção normal, óleo, pastilha de freio e pneu… Hj tenho um prisma com dois anos de uso e só troquei óleo.. e tenho que trocar o pneu… O termo “bomba” é muito pesado para um carro de excelente desempenho e baixo consumo..

Avatar
Valter 10 de julho de 2021

Troquei neu onix ltz 2015 automático 1.4 por um FLUENCE 2013 fipexfipe e digo dos meus 100 CARROS o MELHOR e FLUENCE da RENO top de LINHA. Ônix NAO TEM MARCADO DE TEMPERATURAS. UM LIXO NAO TER ISSO

Avatar
Felipe Oliveira 9 de julho de 2021

Renault é fumo; compro não ; carro excelente é Volkswagen; Chevrolet; Ford e por último Fiat kkkkk

Avatar
Valter 10 de julho de 2021

Meu 100° carro foi o PRIMEIRO RENO..um FLUENCE TOP de LINHA e troquei fipexfipe por eke um ônix uma bomba QUE nao tem marcadir de temperatura. FLUENCE tem CAIXA 6marchas cvt e MOTOR JAPONÊS. Um luxo de carro..nave tem TUDO q possa imaginar.

Avatar
Garibaldi 11 de julho de 2021

TENHO UM CLIO DA RENAULT E NAO ME DA DORCDE CABECA

Avatar
Alan Pereira 11 de julho de 2021

Tive carros da Ford 10 anos, mudei para Renault devido uma avaliação ruim na hora da troca pelo 4 carro da Ford, na Renault me deram o dobro, comprei meu primeiro Sandero. Estou no segundo e os carros são muito bons e confiáveis. Estou avaliando a compra do logan. São 7 anos sem problema nos carros.

Avatar
MARCO AURÉLIO 9 de julho de 2021

Tenho um Renault Sandero 17/18. Já estou com ele a 4 anos e nunca tive dor de cabeça. Tenho amigos que também tem carros da marca e estão super satisfeitos.

Avatar
Antonio Carlos de Assis 9 de julho de 2021

Lembro-me dos 147 sendo os carros da polícia rodoviária federal, e que cheguei a “guincha-los” com a corda de premarcação, com a qual trabalhava nas rodovias,no ramo de sinalização!

Avatar
Elizeu da costa 7 de julho de 2021

Os carros fabricados aqui no Brasil são bem inferiores,que nos países de primeiro mundo.
Aqui são caros e não são equipados como os lá de fora.
Compramos carros de segunda.

Avatar
Shielei Rodrigues 8 de julho de 2021

Vc quis dizer sucatas né?
Que é isso que vendem no Brasil, tudo de terceira, o lixo importado.

Avatar
Italiano 7 de julho de 2021

Tenho Fiat ha mais de 20 anos. Atualmente tenho 3 carros da marca e muito satisfeito!!!

Avatar
Joca 7 de julho de 2021

Compra uma Toro com câmbio aisin pra vc ver… vai mudar de ideia rapidinho….

Avatar
Douglas 6 de julho de 2021

KIA ?? Peugeot e Citroen vendem o dobro de carros do que da Kia.

Avatar
Marcos Jordão 10 de julho de 2021

Verdade com a saída do onix a peugeot está dando a volta por cima igualmente a citroën

Avatar
NOEMI MARIZ KAZAN 6 de julho de 2021

Meu Renault Kwid tem 2anos e meio e 28000 km rodados, com 9000a Renault trocou os amortecedor dianteiros que vazavam óleo e para minha surpresa agora na revisão a Leaulto me comunicou que tenho que arcar com a troca dos 4 amortecedores o que não aceitei e pretendo levar a Justiça caso a Renault não o faça.

Avatar
Cleber 6 de julho de 2021

Eu tive só dor de cabeça com a Renault TB. O melhor que fiz foi vender e nunca mais compro um Renault na vida.

Avatar
Cláudio 10 de julho de 2021

Tenho um Renault Clio 2011 e é só alegria.

Avatar
Cleber 7 de julho de 2021

Renault tem duas alegrias… uma quando compra e uma quando vende….

Avatar
Kleber de Carvalho 9 de julho de 2021

Aconteceu com meu Sandero. Fiz uma reclamação no 0800 saco da Renault e eles pagaram. Uma dica. Não troca nada antes de conferir se o problema existe mesmo. Leva em a mecânica conhecida e confere. Se realmente estiver vazando, reclama no SAC. Chora, esperneia e dúvido que eles não cobrem.

Avatar
Marcio 6 de julho de 2021

Caoa Chery não deu volta por cima! Pelo contrário! Está há 11 anos no mercado e não consegue vender carros! altíssima rejeição no mercado tanto de novos quanto de usados!

Avatar
Harley r 5 de julho de 2021

Tive varios volks mais antigos a bomba foi o gol quadrado alcool 89 so desgosto alegria qdo comprei maior qdo vendi, varios fiat PALIO 15 ZERO TIRADO NA LOJA 2 anos estragou coisas q carros de 40 anos nunca estragaram (tanto sensor pra estragar e estragam todos detalhe carro de polular so o nome caríssimos)
Hyunday hb20 ate bom so nao acha um parafuso por menos de 100,00,se achar!
Concluindo marca boa e carro zero 2 anos e sai fora. ACHA UMA BOA CONSESSIONARIA Q TENHA UM BOM POS VENDA NAO CONHECO!

Avatar
Victor 11 de julho de 2021

Concessionária não pode ter um bom pós venda, faz mal para a venda de carros novos. O dono tem que se aborrecer com o carro e trocar.

Avatar
Teles 5 de julho de 2021

Até o onde sei Fiar / JEEP tem uma péssima reputação…é só dar uma pesquisada no youtube….acorda pessoal ! Em especial o caixa de sapato que já vem com água no cambio….

Avatar
Gargamel 5 de julho de 2021

Os carros da Fiat na Europa tem qualidade similar aos feitos no BR, embora sejam mais refinados por lá. Já a Renault realmente goza na cara do brasileiro, fabricando carros ruins, praticamente de segunda categoria, enquanto na Europa fazem carros muito belos e modernos. Quando comparamos preços, são equivalentes lá e cá, mas aqui os carros são notadamente menos requintados. Pobre brasileiro…

Avatar
Cleber 5 de julho de 2021

Tive um Renault pra nunca mais ter…. e com 2 anos de uso desvalorizou 50%… Isso porque consegui trocar em um outro carro porque ninguém queria ele. O carro tinha 18.000km nem um arranhão e mesmo assim ninguém queria.

Avatar
MP 10 de julho de 2021

tive um Renault que se eu mesmo não tivesse acabado com ele por experiência: até quanto dura seu relegá-lo ‘a própria sorte, nunca mais largava o pequeno ativo chamado de Clio. (MP)

Avatar
Guilherme 6 de julho de 2021

Os carros da Renault o Brasil não são da Renault, mas da subsidiária Dácia que é uma marca mais popular. Por isso quando comparamos os nossos Reanult com os Renaults europeus vemos essa diferença de projetos.

Avatar
Cleber 5 de julho de 2021

Renault bom???? nem em sonho, em 2016 comprei para minha esposa um Stepway Easy-r com todos os opcionais… O carro é um lixo, motor lixo, bebe igual Maverick 1970 anda igual Fait 147…. E nas revisões so empurroterapia… na primeira revião o carrop tinha 4.000km e a Renaut queria fazer descarbonização no motor e ainda falaram que se não fazer perde a garantia…. Não fiz e vendi esse carro pessimo…

Avatar
Polvo 5 de julho de 2021

Acho que a maior infelicidade foi comprar um carro com câmbio automatizado. Sobre consumo é muito relativo, quantos km roda por dia? Como é o relevo da região onde mora? Qual combustível utiliza? Como é sua maneira de dirigir? Ou seja, são muitas variáveis. Sobre os serviços de concessionária, realmente vão sempre querer empurrar coisa que não precisa, então a dica é: pegue o manual do carro e veja quais são os itens que precisam ser verificados e só autorize tais serviços.

Avatar
Cleber 5 de julho de 2021

RENAULT É LIXO… Hoje tenho MIT, Toyota e GM e as 3 em todas as revisões não empurram nada so o que esta no manual… Comsumo do Sandero nunca passou de 8km/l na gasolina no etanol era 4/km, no corola ja fiz 18 km/l na estrada. No GM faõ 10km/l no etanol dentro de BH. Manutenção do sandero era mais caro que da minha TR4 4X4. Tive muito problema com essa Renault e nunca mais piso em um nem de carona. Carrom com 2.500km trapidava igual mula manca… Lixo de carro.

Avatar
Gildo 7 de julho de 2021

Amigo, discordo da sua avaliação, tenho um Renault Clio sedã 2008 já rodei 226.000 km e não tenho problemas faço 13kml na cidade e 15/16kml na estrada, só vou na oficina para manutenção preventiva e troca de peças normais por desgaste como velas, cabos, pastilhas, óleos, correias,etc. Coloco sempre peças originais e troco óleo e filtro a cada 8.000km
Gasto muito menos em manutenção do que gastava com outros veículos que já tive como Corsa,Voyage, passar, Suzuki grand Vitara a diesel

Avatar
Valter 10 de julho de 2021

Meu 100° carro foi o PRIMEIRO RENO..um FLUENCE TOP de LINHA e troquei fipexfipe por eke um ônix uma bomba QUE nao tem marcadir de temperatura. FLUENCE tem CAIXA 6marchas cvt e MOTOR JAPONÊS. Um luxo de carro..nave tem TUDO q possa imaginar.

Avatar
Cleber 5 de julho de 2021

Tive um Renault pra nunca mais ter…. e com 2 anos de uso desvalorizou 50%… Isso porque consegui trocar em um outro carro porque ninguém queria ele. O carro tinha 18.000km nem um arranhão e mesmo assim ninguém queria.

Avatar
Wesliene 10 de julho de 2021

Pegou pesado comparar Renault com fiat 147 , tenho 5 fiat147 uma Strada e 1 Gran Siena sublime (nave), carro Frances nem de graça.

Avatar
Fernando 5 de julho de 2021

Ridiculo incluir Cherry neste papo, colosando no mesmo patamar da Fiat e Renaut. Olha o Boris empurrando os chineses guela a baixo do público.

Avatar
Teles 5 de julho de 2021

O nome disso é CACHÊ !

Avatar
Jucilande da Silva queiroz 6 de julho de 2021

Boa tarde Fernando,,rapaz eu trabalho aqui na caoa em Anápolis,ela fábrica 80 Chery por dia,p lo nós esses novos agora são carros top,o Tigo 8,vem com 6 câmera muito bonito e bom o pátio tá cheio pelo alto sai umas 50 cegonha carrega pra entrega e exportação,,a caoa aqui fábrica a marca Hyundai e a chinesa Chery,,mas resumindo carro q comprei e amei o JAC 6 anos de garantia,motor vvt,o mesmo do corola e suspensão inteira do Vectra,,a tô gostando muito econômico,só as peças q é caro.

Avatar
Teles 8 de julho de 2021

Quando encontra as peças né…..

Avatar
Fernando Alves 10 de julho de 2021

A única coisa da China que dura é o COVID-19.

Avatar
Fernando Alves 10 de julho de 2021

Ele tá recebendo um arrego, normal.

Avatar
Franklin 5 de julho de 2021

Acho que 75% dos carros que eu já dirigi foram Fiat. Minha família sempre compra carros da marca. Na vez que minha irmã comprou um gol, foi pra mais nunca querer saber de Volkswagen. Acho que carros hj em dia está num nível que é puro questão de gosto. Eu não troco a alavanca da marcha de um Argo por nenhum GOL. Mas a maioria crítica isso. Entrei num Ford fiesta e detestei a posição de dirigir “deitado”. Há quem goste de Hilux, não faz o menor sentido no asfalto e os banco traseiro são ridículo de baixo. Agora tenha o azar que minha irmã teve com o gol, e mais nunca queira um VW

Avatar
Sérgio de Andrade 5 de julho de 2021

Eu também tive um gol 2010 que paguei caro e na hora de vender em 2013 não valia nem 50% do valor pago. Tive problemas demais com esse carro nunca mais quero um vw.

Avatar
Blamtime 7 de julho de 2021

Cara, minha familia

Avatar
BlamTime 7 de julho de 2021

Cara, minha familia também ama fiat, a grande maioria tem e os que nao tinham começaram a ter kkkk

Avatar
Polvo 4 de julho de 2021

Realmente o 147 e derivados tinham um câmbio ruim, mas eu tive um Mille I.E. 96 tirado zero km pelo meu pai. Foi meu primeiro carro e esmirilhava o coitado. Vendi depois de 4 anos e 80 mil km, sem nenhum problema. Depois troquei por um Palio 97 que também era bom. Sobre a Renault nunca tive, mas conheço algumas pessoas que tiveram Clio e Sandero e falaram bem dos carros, especialmente o Cliozinho.

Avatar
Johnatan R. Dionizio 11 de julho de 2021

Fiat é carro pra macho! Eu tenho um Mille Brio 91 e já carregou colchão, mudanças da minha irmã (até botijão de gás foi junto), ferragens, materiais de infra e tambor de cabo de rede e nunca arriou! E ainda pega estrada e sobe a Imigrantes dando risada e nunca ferveu na subida da serra (só parei na subida porque eu estava apertado mesmo,rs). Comprem Uno e não se arrependerão!

Avatar
Roni oliver 4 de julho de 2021

Meu irmão teve um Fiat uno q ia em cada buraco de estrada e não quebrava,há vários vídeos mostrando isso no YouTube, eu tive um stilo também excelente carro, a pick-up strada e líder absoluto do segmento por ser mais robusta q saveiro e Montana, ouvi de um taxista q só usava siena 1.4 pq era o único q rodava 400.mil km sem fundir e a praça está cheia de fiat e os caras detona o carro, si ruim não comprariam. em fim o preconceito de repetir igual papagaio sem ter o carro é o mau de muitos. não tive pegeout mas o 208 é um dos mais vendidos da Europa e não deve ser atoa, ou seja papagaio muita vezes paga caro e anda mal em carro sem conforto e caro e acha q tá bem na fita. Não atoa a stellantis só cresce.

Avatar
Elias Santiaggo 8 de julho de 2021

Verdade colega
Eu sempre tive Fiat e é com mt orgulho que digo : tenho um Peugeot 106 de estimaçao à 14 anos , nunca me deixou na mão , moro no interior de SP e vou sempre pra BH vou e volto de boa , as peças custam um pouco mais caro , mas também não quebram à toa !!!

Avatar
luizclaudiostefani@gmail.com 4 de julho de 2021

Stellands vai ficar em primeiro lugar em vendas brevemente!

Avatar
Joseph Normais 4 de julho de 2021

Quem não se lembra de seu avô dizer “Fiat não é carro; Bradesco não é banco e o terceiro eu não lembro …”
Lá se vão mais de 40 anos e isso continua valendo.
Vovô sabia das coisas.

Avatar
Alidio 9 de julho de 2021

Vc é tão atualizado quando seu avô.

Avatar
Tiago 10 de julho de 2021

Era FIAT não é carro, Bradesco não é banco e Corinthians não é time.
Nesse meio tempo a Fiat comprou a Ferrari, a Alfa Romeo, a Chrysler, a Opel, a Citroen e a Peugeot; o Bradesco comprou vários bancos e se tornou o um dos maiores bancos múltiplos do Brasil e o Corinthians ganhou vários campeonatos brasileiros, libertadores e mundial. Que coisa, né!

Avatar
JOABE BERNARDES VIEIRA 4 de julho de 2021

Eu gosto de FIAT…..bem longe de mim…

Avatar
Teles 5 de julho de 2021

kkkkkkkkkkk de mim tb …. e JEEP também….

Avatar
Joelson Jose C. Dantas 5 de julho de 2021

A Fiat já está no Brasil há mais de 40 anos e até os dias de hoje eu não gosto dessa marca. Também não gosto de Renault e muito menos de Chery. Pra mim dessas marcas citadas nesse listao as únicas que são boas são a Kia e a Hyundai

Avatar
Joelson Jose C. Dantas 5 de julho de 2021

Pra mim, dessas marcas tradicionais as melhores são a VW e a Chevrolet. Meu carro atual é um Fox Connect ano 2019, um carro excelente e eu posso dizer que sem dúvidas esse meu Fox atual é o melhor carro que eu já possuí. Ahh, eu já tive carros da Ford, da Fiat e da Chevrolet tbm. Mas esse meu Fox é o melhor de todos os carros que eu já tive

Avatar
Comentarista 4 de julho de 2021

Até hoje ainda tem motorista ignorante que nunca teve carro da FIAT e acha que essa marca não é boa. 🤣

Avatar
Osmael 10 de julho de 2021

Acho muito bom!

Avatar
José Roberto Frederick 4 de julho de 2021

Todas as marcas apresentam em algum momento um produto ou serviço ruim,nos meus 147 trocava o óleo de câmbio por um de classificação superior ao indicado e as marchas deslizavam melhor.

Avatar
Teles 4 de julho de 2021

Tirando Hyundai e Kia (5 anos.de.garantia e boa mecânica), o resto não vale nada….a kia tem um pos venda ruim…

Avatar
Calatrava 1410 4 de julho de 2021

Tive mais de 20 carros e apenas um Fiat, que foi adquirido em 2013. Era um Palio Essence de 1,6-l.
A Fiat até pode ser confiável para algumas pessoas, mas eu não a recomendo para ninguém.
Fiat, nunca mais

Avatar
Mag 11 de julho de 2021

Comprei um pálio atractive zero km, nos primeiros dias de uso a coifa da alavanca quebrou, o painel enrugou, a alavanca debaixo do banco do passageiro quebrou, quando chovia entrava água dentro de uma das portas traseira.
Se fiat é bom…eu não tive sorte.
Porque sou extremamente cuidadosa, não foi falta de cuidado.
Não pretendo voltar para a fiat

Avatar
Cakatrava1410 4 de julho de 2021

Kia Picanto 1,2-l com duplo comando de válvulas variável, tipo Dual VVTi do Etios e câmbio manual, seria o meu sonho de consumo.
Ah, desde que não seja vendido por preço estratosférico.

Avatar
José Luiz Picelli 5 de julho de 2021

Por isso não, tenho um Corolla xei 2014, eletrônico péssimo, perto dos alemães, mecânica ótimo
Fui fazer recall do ar bag, na semana passada
Devolveram o carro sem trocar peça, pois nem a poeira do painel tinha sinal de mexido, o carro quente de sol
Nem sempre são os produtos e sim os envolvidos
Vamos ver se a justiça presta

Avatar
Deixe um comentário