Carros nacionais pioneiros: conheça o primeiro veículo de 10 fabricantes

Relembre os primeiros produtos brasileiros das 10 multinacionais do setor automotivo mais antigas ainda em atividade no país

primeira unidade da volkswagen kombi fabricada no brasil em 1957
Em 1957, Kombi se tornou o primeiro produto nacional da Volkswagen (foto: Volkswagen | Divulgação)
Por Alexandre Carneiro
03 de outubro de 2021 08:20

Você curte carros nacionais? Sabe quais foram os pioneiros de cada fabricante? Não? Então, vai gostar do listão de hoje: enumerados os primeiros veículos produzidos localmente pelas 10 multinacionais mais antigas ainda em atividade no Brasil.

VEJA TAMBÉM:

Os primeiros carros nacionais de 10 fabricantes

Marcas que foram extintas ao longo dos anos não foram incluídas, uma vez que já tiveram a história relembrada recentemente pelo AutoPapo. Fabricantes legitimamente brasileiros também ficaram de fora desta vez, pois foram tema recente de matéria. Explicados os critérios, eis o listão!

1. Volkswagen

unidades da kombi mantidas no acervo de carros antigos nacionais da volkswagen
Volkswagen nacionalizou a Kombi antes do Fusca

Muita gente acha que o primeiro dos carros nacionais da Volkswagen foi o Fusca, mas isso não é verdade. Esse modelo só ganhou produção brasileira em setembro de 1957, enquanto a fabricação da Kombi já havia começado em janeiro daquele ano. Os dois veículos compartilhavam o motor e uma série de peças e deram origem à história da marca alemã no país.

2. Chevrolet

A GM, detentora da marca Chevrolet, começou a montar veículos no país em 1925. Porém, a operação industrial consistia apenas na montagem dos componentes, que vinham todos do exterior. Só em 1958 a multinacional começou a fabricar, de fato, por aqui, com autopeças locais: a pioneira foi a picape 3100, logo apelidada de “Brasil” devido à origem nacional. Em 1968, veio o Opala, primeiro carro de passeio da marca.

3. Toyota

Embora a Toyota já operasse no Brasil desde 1958, quando começou a montar veículos com peças vindas do exterior, em um esquema conhecido como CKD (Completely Knocked Down), a produção, de fato, nacional, data de 1962, com a linha Bandeirante. Os utilitários seguiram em fabricação por  quase 40 anos, até 2001. Em 1998, a marca japonesa nacionalizou o primeiro carro de passeio: o sedã Corolla.

4. Fiat

fiat 147
Hatch 147 marcou o início das operações locais da Fiat, em 1976

A história da Fiat no Brasil começa em 1976, com o lançamento do 147. Moderno, foi o primeiro entre os carros nacionais com motor transversal e capaz de funcionar com etanol. Ao longo dos anos, o modelo deu origem a uma família, que incluía o sedã Oggi, a perua Panorama e os utilitários Fiorino Pick-Up e Furgão. O hatch saiu de linha em 1986, quando já convivia com o sucessor Uno.

Boris Feldman dirige Fiat 147 a álcool: assista ao vídeo!

5. Honda

honda civic lx 1997 prata de frente
Civic foi o primeiro carro nacional da Honda

Enquanto a produção de motocicletas Honda no Brasil começou em 1976, os primeiros carros nacionais da marca surgiram mais de duas décadas depois, em 1997. O automóvel pioneiro produzido por aqui foi o Civic. Em 2003, o sedã passou a dividir espaço na fábrica com o compacto Fit.

6. Renault

renaullt scenic 1998 de frente
Em 1999, a Renault começou a produzir o Scénic localmente

Em março de 1999, chegava ao mercado o primeiro dos carros nacionais da Renault: o Scénic. Baseado na gama Mégane, o modelo trazia uma novidade para o mercado da época: a carroceria monovolume. Em novembro daquele mesmo ano, o leque de produtos locais da marca francesa crescia com o hatch Clio.

7. Peugeot e Citroën

A produção de veículos das francesas Peugeot e Citroën, então integrantes do Grupo PSA, no Brasil começou em fevereiro de 2001. A primeira optou pela nacionalização do hatch 206, enquanto a segunda iniciou as operações com o monovolume Xsara Picasso. Na sequência, veio o hatch C3, cerca de dois anos depois.

8. Nissan

O primeiro veículo nacional da Nissan foi a Frontier. Isso ocorreu em 2002, quando a marca japonesa não tinha fábrica própria no país: o jeito foi recorrer à unidade industrial da Renault, no Paraná, com a qual a marca japonesa forma uma aliança global. De lá, ainda saíram modelos como X-Terra, em 2003, e Livina, em 2009. Inaugurada em 2014, a planta própria, no Estado do Rio de Janeiro, passou a produzir March e Versa.

9. Mitsubishi e Suzuki (Souza Ramos)

O caso da fabricação dos veículos Mitsubishi e Suzuki no Brasil é peculiar. Ambas as marcas são representadas pelo Grupo Souza Ramos, que opera, desde 1998, uma fábrica em Goiás. A unidade trabalha com nacionalização de determinados componentes, embora ainda dependa de importação de itens mais complexos. A picape L200 foi a primeira a sair das linhas de produção. Em 2013, foi a vez do jipinho Jimny.

10. Hyundai

hyundai hb20
Hyundai desenvolveu o HB20 para o mercado brasileiro

Como fabricante propriamente dita, a Hyundai começou a operar no Brasil em novembro 2012, quando inaugurou uma fábrica própria. Até hoje, a unidade é responsável pelo fornecimento da gama HB20, desenvolvida especificamente para o país, e do Creta. Porém, em 2007, os caminhões HR e o SUV Tucson começaram a ser montados por aqui, com componentes majoritariamente importados, pelo Grupo Caoa.

Bônus: Ford

Como fabricante de automóveis, a trajetória da Ford no Brasil terminou em janeiro último, com o fechamento das fábricas de Taubaté (SP) e Camaçari (BA). Porém, como segue atuando no mercado como importadora, vale lembrar quais foram os primeiros carros nacionais da marca. A picape F-100 foi a pioneira: em 1958, passou a ter a maioria dos componentes fabricados no país. Em 1967, chegou o Galaxie, o primeiro carro de passeio.

Fotos: Divulgação

Você sabia que o AutoPapo também está presente em suas redes sociais favoritas? Clique e confira:

TikTok YouTube Facebook Twitter

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Dojão Dojão 4 de outubro de 2021

Faltou o Gordinni da Renault . Motor traseiro refrigerado a água .

Avatar
Almir Rogério Garcia 3 de outubro de 2021

Entre a Kombi em 1957 e a Chevrolet Brasil não houve a rural wyllis? A jeep/wyllis overland creio produziram nacionalmente em data próxima à Chevrolet.

Avatar
Alfonso Gardini 3 de outubro de 2021

Fusca – janeiro 1957 e Kombi setembro 1957?? Qual data correta para o fusca?

Avatar
Marcus Ferreira 3 de outubro de 2021

A F-100 não era essa da foto, era a de linhas curvs com que tive o prazer de trabalhar quando recém formado

Avatar
Deixe um comentário