Mito ou verdade: limpeza de bico injetor preventiva é necessária?

Mecânicos oferecem a limpeza do bico injetor de forma preventiva antes mesmo de verificar o estado da peça, cuidado que isso pode ser picaretagem

bico injetor em funcionamento shutterstock
O bico injetor só deve ser limpo em caso de necessidade (Foto: Shutterstock)
Por Eduardo Rodrigues
04 de outubro de 2021 09:41

Existem mecânicos das mais diferentes índoles, por isso é necessário ter atenção com os serviços recomendados. Mecânicos picaretas tentam se passar como amigo, querendo sugerir procedimentos desnecessários “para o seu bem”, mas isso pode ser a raposa tomando conta do galinheiro. Um serviço muito empurrado nas oficinas é a limpeza dos bicos injetores.

VEJA TAMBÉM:

Os mecânicos oferecem esse serviço até de forma preventiva, com o clássico argumento “mal não vai fazer.” Outros argumentam que a limpeza periódica é necessária por causa da gasolina brasileira e, por isso, as oficinas precisam ter o equipamento de limpeza.

O AutoPapo sempre se posiciona ao lado do consumidor e não tem rabo-preso com mecânicos. Apuramos se limpeza dos bicos injetores realmente é necessária ou se é mais um mito que foi enraizado.

Picaretagem sem fronteiras

A máquina de limpeza de bicos injetores que existe em algumas oficinas brasileiras não é exclusiva do nosso país tropical. Ela tem a funcionalidade de desobstruir os orifícios da peça, mas tem o uso limitado.

Essa prática de oferecer a limpeza preventiva dos bicos também existe nos EUA e a máquina usada é a mesma que encontramos no Brasil. Por lá o posicionamento dos engenheiros e fabricantes é o mesmo que vemos aqui: se fosse necessário, estaria no plano de manutenção oficial.

O que pode sujar ou entupir os bicos injetores

Consultamos o engenheiro de manutenção automotiva Renato Passos para responder as principais dúvidas sobre esse componente. Ele diz que combustível adulterado, filtro de combustível saturado e a falta de estanqueidade do sistema de injeção são os principais causadores de sujeira nos bicos injetores.

A gasolina brasileira, mesmo com sua alta quantidade de etanol e falta de aditivos não é capaz de causar sujeira em curto prazo a ponto de precisar de uma limpeza rotineira. O filtro de combustível saturado faz que mais sujeira passe para o sistema de injeção.

bico injetor
O bico injetor só precisa de ser limpo se estiver sujo, é possível sentir o motor falhando nesse caso

A limpeza periódica não é necessária

O engenheiro afirma que o motorista que usa combustível de qualidade e faz a manutenção correta do veículo, não precisa se preocupar com limpeza dos bicos injetores. A limpeza só é necessária caso haja um acumulo de sujeira.

O motorista pode sentir que o sistema de injeção possui alguma obstrução. Caso exista acumulo de sujeira ou entupimentos o motor irá falhar e perder desempenho. Porém esses sintomas também podem indicar vários outros problemas, confira numa oficina de confiança antes de condenar os bicos.

Mas e o etanol?

O etanol é mais limpo que a gasolina na emissão de carbono. Porém, Renato atenta para uma possível formação de goma nos bicos injetores em veículos que só utilizam esse combustível por muito tempo.

A chance de isso acontecer é baixa, mas não é nula. Ele sugere o uso de gasolina de boa qualidade uma vez por mês ou uma vez a cada dois meses para evitar essa goma.

Cuidados para não ter problemas com os bicos injetores

Renato Passos reforça que os principais cuidados são: usar combustível de boa qualidade e manter a manutenção em dia. O proprietário do veículo precisa ter atenção com o filtro de combustível e trocar apenas por um de especificações semelhantes à recomendada pelo fabricante. No mercado existem filtros com propriedades distintas e aparência semelhante.

Para usuários de gasolina é recomendado usar frequentemente a aditivada, sempre escolhendo um posto de qualidade. Os aditivos são detergentes com a finalidade de manter o sistema de injeção e as partes internas do motor sempre limpas. Na falta da aditivada ou abastecendo em um posto desconhecido, você pode usar um aditivo detergente/dispersante comprado separadamente.

gasolina aditivada shutterstock
A gasolina aditivada é uma aliada para manter seu motor limpo por dentro

Voltando aos EUA. Lá o argumento da limpeza de bicos injetores ser desnecessária é reforçado por toda gasolina vendida no país trazer os aditivos detergentes desde 1995. Obrigatório justamente para redução de consumo e emissões, além de manter os motores mais limpos e duráveis.

Portanto, caro leitor, a tal limpeza preventiva de bico injetor “não faz mal” como os mecânicos dizem. Pois não tem necessidade de ser feita em um motor bem cuidado. O único mal é feito para o seu bolso, já que você irá pagar por um serviço desnecessário.

O aditivo que recomendamos para manter o motor limpo não é de óleo ou que promete potência. O Boris explica:

Você sabia que o AutoPapo também está presente em suas redes sociais favoritas? Clique e confira:

TikTok YouTube Facebook Twitter

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
11 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Laercio 7 de outubro de 2021

Está aprendendo Bóris?
“cuidado que isso pode ser picaretagem”, “Existem mecânicos das mais diferentes índoles”
“Pode ser… diferentes índoles”… aprendeu a não colocar mais todo mundo no mesmo saco? Eu já vi você criticando toda uma classe profissional simplesmente por desconhecimento seu, por achar que todo mundo é picareta apenas porque “VOCÊ” é quem tinha a informação equivocada.
Nunca vou esquecer o tal premio Pinoquio que você deu para a Nissan quando achou que a suspensão traseira da Frontier não era multilink, porque você misturou dois conceitos diferentes, o multilink e o conjunto independente, achando que os dois deveriam estar obrigatoriamente presentes para receber essa nomenclatura. Ou as muitas vezes que você já chamou algo de picaretagem e não era verdade.
Óbvio que os mecânicos tentam vender serviços, vivem disso. Mas, nem tudo é picaretagem.
Aqui mesmo, sobre esta questão de limpeza de bicos, é o caso de exagero e falta de conhecimento.
Já pegamos motores com 100.000km com bicos quase limpos (todos vão sujando com o tempo), mas também pegamos motores idênticos com bicos muito prejudicados. O problema está no uso e no combustível utilizado para o veículo. Combustíveis não são todos iguais.
Hoje, em tese, o óleo do motor dura até 3 vezes mais o prazo recomendado para troca, mas, novamente, depende de uma série de fatores.
Como o mecânico não sabe o uso que foi feito do veículo, a qualidade do combustível utilizado e a manutenção que o veículo recebe, a limpeza do bico de forma preventiva pode até ser algo positivo.
Então o seu “pode ser picaretagem”, acertou no “pode”, parando com a sua mania de generalizar.

Avatar
JUSTMAN 5 de outubro de 2021

Nunca paguei por limpeza de bico, mas na última revisão, a danadinha da atendente me levou no bico e conseguiu a “limpeza do motor”, sem que eu percebesse.
Quando percebi, já era tarde.

Avatar
Dantoim 4 de outubro de 2021

Um Vectra 2011, pouco mais de 400 mil km rodados. Troquei a vedação dos bicos na flauta com 300k km qdo troquei todos os retentores de eixos do motor e a embreagem completa. Já havia trocado o disco de embreagem de fábrica com 200k km e na época coloquei recondicionado. Troquei alguns relés e as lambda tbm, preventivamente.
Quanto aos bicos ainda são de fábrica e estão bons e equalizados. Rodava com gasolina comum de boa qualidade garantida desde 0km. Depois usei álcool por um tempo quando foi economicamente interessante, voltando pra gasolina aditivada que mantenho até hj a uns 5 anos.
O álcool em MG não vende aditivado. Em SP vende. Eu notei bastante diferença entre o álcool aditivado de lá e não aditivado daqui quando usei. Nunca usei aditivo nem pra gasolina, nem pro álcool, nem pra potencia. A tx de compressão deste 2.0 ajuda com o álcool. Meu problema com o álcool mesmo é a goma branca que é gerada no fundo do tanque de combustível. Tem que limpar o tanque e trocar a tela da bomba periodicamente para que a bomba não empurre esta goma para os bicos. É morte na certa. Não tem limpeza de bico que dê jeito!
Este “serviço” de limpar bico nunca usei! Nunca foi necessário em nenhum carro meu. Quando o milagre é grande? Sou devoto de São Tomé!

Avatar
Rodolfo 4 de outubro de 2021

Então o argumento deste site que etanol não precisa de aditivação não é válido.

Avatar
Luiz Gonçalves 6 de outubro de 2021

Alcool não tem hidrocarbonetos.

Avatar
Rodolfo 7 de outubro de 2021

pode não carbonizar o motor, mas forma a goma de reação de etanol com alumínio que entope os bicos injetores, então estamos num impasse.

Avatar
LUIZ GONÇALVES 7 de outubro de 2021

Use um tanque de gasolina a cada 2 meses que dissolve a goma.
Os ursos do polo norte não vão ser extintos por isso.

Avatar
Polvo 4 de outubro de 2021

Limpeza de bicos por prevenção é picaretagem mesmo. A minha experiência pessoal com carros flex (Fiesta, Focus, Corsa e Civic) é que o uso prolongado do etanol começou a causar algumas falhas com o tempo, dificuldades na partida e “tranquinhos” andando na faixa de 2mil rpm. Eu faço o mesmo que esse engenheiro recomendou: utilizo um tanque de gasolina a cada 2 ou 3 meses e depois volto para o etanol. Dessa forma nunca precisei fazer manutenção em bicos.

Avatar
Rodolfo 4 de outubro de 2021

Eu gostaria de saber porque no Brasil ainda existe gasolina sem aditivação detergente e dispersante, pois é sabido que motor limpo polui menos que um sujo e consome menos combustível.

Avatar
Luiz Gonçalves 6 de outubro de 2021

Aposto 10 centavos como vc não descobre.

Avatar
Roberto G cardoso 4 de outubro de 2021

Tenho uma Meriva 2005 Flex, e em 13 anos de uso nunca precisei limpar os bicos injetores, uso somente gasolina aditivada e a manutenção em dia.

Avatar
Deixe um comentário