Mão inglesa: porque em alguns países o volante é na direita?

Alguns países ao redor do mundo adotam a mão inglesa no trânsito. A origem desse 'padrão' está diretamente ligada à história da Inglaterra

Ao todo, 55 países adotam a mão inglesa no trânsito
Ao todo, 55 países adotam a mão inglesa no trânsito (Foto: pxhere.com)
Por Bernardo Castro
20 de dezembro de 2021 20:34

Mão inglesa e mão francesa são diferentes sistemas adotados em diversos países no mundo. A mais comum, presente no Brasil, é a francesa e ela consiste em dirigir do lado direito da via que se trafega. Para facilitar a condução, o volante dos veículos está localizado à esquerda no habitáculo.

Contudo, a Inglaterra e outros 55 países no mundo adotam a mão inglesa, onde o lado do condutor é o direito e os veículos trafegam à esquerda das vias.

VEJA TAMBÉM:

Mas você sabe por quê a Inglaterra adotou esse sistema diferente? A resposta está diretamente ligada com a história do país.

Como surgiu a mão inglesa

ford focus st edition 7
Volante direito e câmbio na mão esquerda: 54 países adotam (Foto: Ford | Divulgação)

Segundo os historiadores, os exércitos romanos marcharam do lado esquerdo das estradas porque usavam a mão direita para segurar suas armas. Desta forma, ao passar por alguém, a arma estava sempre do lado que se aproximava um possível inimigo.

Esse costume também foi adotado pelos cavaleiros ingleses, que empunhavam suas lanças e espadas com a mão direita e se mantinham à esquerda para golpear os seus rivais.

O costume se fortaleceu com a chegada das carruagens. Os condutores controlavam a rédea com a mão esquerda e usavam o chicote com a direita. Além disso, eles eram aconselhados a conduzirem sempre pelo lado esquerdo da via para não ferir ou atropelar os pedestres que andavam ao lado da estrada.

Ainda existe um outro fator que contribuiu para o surgimento da mão inglesa. De acordo com os historiadores, os nobres circulavam sempre à esquerda, enquanto os demais utilizavam a direita. Essa era uma espécie de via rápida para as pessoas que pertenciam à alta sociedade.

Como resultado, o mundo estava circulando sempre pela esquerda, mas a França mudou o rumo da história.

Porque não se tornou padrão no mundo inteiro?

Possivelmente a mão inglesa seria ainda a mais comum na maioria dos países se Napoleão Bonaparte não fosse canhoto. O francês determinava que os cavalos fossem guiados à direita em seus domínios pois, em um eventual ataque, ele precisaria utilizar a mão esquerda para manejar bem as armas.

Ademais, com a chegada da Revolução Francesa, muitos nobres começaram a se mover pelo lado direito das vias pois isso os deixavam “camuflados” no meio da multidão. Para completar, em 1794 foi aprovada uma lei que exigia que trafegar à direita em Paris.

Com isso, apenas algumas colônias britânicas e alguns países próximos à Inglaterra mantiveram o costume de circular pela esquerda.

Curiosidade: você sabia que o carro preferido do Hitler tinha nome de menina judia? Boris Feldman explica essa história.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário