Mercedes-Benz 190E Evo II volta à vida em projeto restomod

Oficina cria "novo" 190E Evo II, mas com muito mais performance que o lendário Mercedes preto do final dos anos 1980

mercedes 190e evo ii wha 2024 preto frente
HWA EVO resgata a essência do Mercedes 190E Evo II, criado para combater o BMW M3 (Fotos: HWA | Divulgação)
Por Marcelo Jabulas
Publicado em 20/06/2024 às 19h03

Ao longo de seus 153 anos, a Mercedes-Benz construiu modelos inesquecíveis como o 300 SL (Asa de Gaivota), 300 SLR, CLK GTR, SLR McLaren, dentre outros. Mas poucos foram tão icônicos como o 190E Evo II.

VEJA TAMBÉM:

O Evo II foi a terceira derivação da versão esportiva do sedã alemão, foi lançado em 1990, como 190E 2.5-16 Evolution II. O esportivo rival do BMW M3 entregava nada menos que 245 cv e 25 kgfm de torque.

Ao todo foram produzidas 502 unidades do Evo II. Seus preços giram em torno de US$ 350 mil e US$ 500 mil. O problema é encontrar quem esteja disposto a se desfazer de seu Mercedão.

Mercedes 190 Evo restomod

Para resolver o problema, a HWA Cars, empresa criada pelo engenheiro alemão Hans Werner Aufrecht (um dos fundadores da AMG), acaba de apresentar o HWA EVO. Trata-se de um projeto de restomod inspirado no clássico sedã alemão.

mercedes 190e evo ii wha 2024 preto lateral
Pintura preta, rodas que duplicam a logo da Mercedes e o imenso aerofólio traseiro criaram um design inigualável ao 190E Evo

Para chegar ao carro final, a preparadora seguiu o mesmo princípio da californiana Singer Design (especializada em projetos restomod a partir do Porsche 964). Ou seja, ela utiliza a carroceria original do 190E para recriar o design icônico do Evo II.

Mas toda parte mecânica é descartada. No lugar dos motores quatro cilindros original, a oficina instalou um V6 biturbo 3.0 com potência de 450 cv e cerca de 56 kgfm de torque, acoplado a uma transmissão manual de seis marchas do tipo trans-eixo (unida ao diferencial traseiro).

O motor de origem Mercedes-Benz conta com o mesmo pacote de competição que a HWA utiliza em seus carros de corrida. A suspensão é de competição e utiliza bitolas mais largas que o Evo II, que demandou alargadores de para-lamas ainda maiores. As rodas ostentam o mesmo desenho em estrela do projeto final dos anos 1980.

Na parte frontal, o para-choque recorre ao mesmo desenho do spoiler dianteiro. Os faróis seguem o mesmo formato, mas com novos refletores em LED. Já na traseira, o imenso aerofólio do Evo II foi recriado, inclusive com os ajustes de ângulos superior e inferior.

mercedes 190e evo ii wha 2024 preto traseira
Aerofólio permite ajuste do ângulo de downforce

Por dentro, o HWA EVO é um mistério. O único elemento visível é a gaiola tubular, que garante segurança para uso em pista.

Com tiragem de apenas 100 unidades, a releitura do Evo II não sai barato. Cada exemplar numerado é oferecido por nada menos que 700 mil euros (R$ 4 milhões, em uma conversão direta).

Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify YouTube PodCasts YouTube PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
SOBRE
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário