Fuja do tanquinho de partida a frio: quais seminovos ainda usam?

O obsoleto reservatório de gasolina no cofre do motor não existe mais nos carros novos, sendo substituído pelo eficiente sistema de aquecimento dos bicos

toyota etios hatch e sedan
Para muitos, o tanquinho é mais um incoveniente (Foto: Toyota | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
Publicado em 25/06/2024 às 19h02
Atualizado em 27/06/2024 às 10h50

O tanquinho de partida a frio já foi abolido dos carros novos em 2022 devido às normas de emissões evaporativas. Se você prefere não ter que preocupar em abastecer esse reservatório e quer comprar um carro usado, é preciso estudar as opções.

Para ajudar, vamos listar aqui alguns modelos usados comuns no mercado que usam o tanquinho de partida a frio. Confira a lista.

VEJA TAMBÉM:

1. Carros Fiat com motor Fire

fiat grand siena 2020
O Fire é um dos motores mais antigos no mercado (Foto: Fiat | Divulgação)

O motor Fire da Fiat é famoso por dar pouca manutenção, mas ele manteve o tanquinho de partida a frio até o final de 2021. Na virada do ano ele foi mantido na Strada, no Fiorino e no Mobicom a adição do aquecimento dos bicos injetores.

Ou seja, se você está de olho em um Palio, Grand Siena, Punto, Idea ou outros carros da marca italiana com essa mecânica, lembre-se que o tanquinho estará no cofre.

2. Carros Volkswagen com motor EA111

volkswagen gol power
O tradicional 1.0 e 1.6 com 8 válvulas nunca recebeu aquecimento de bicos (Foto: Volkswagen | Divulgação)

Outra mecânica que é popular no mercado é a EA111 da Volkswagen, família que engloba os 1.0 de quatro cilindros, 1.6 8 válvulas e o 1.4 da Kombi. Esse motor possui sua cota de problemas e também conta com o tanquinho de partida a frio.

Se você quer um carro da VW, é mais garantido de ter menos problemas com o sucesso desse motor, o EA211. É a família que traz o 1.0 de três cilindros e o 1.6 16v MSI .

3. Chevrolet Família 1

chevrolet onix 2012 vermelho
O Família 1 só recebeu aquecimento dos bicos na Spin 2022 (Foto: Chevrolet | Divulgação)

a Chevrolet só foi abandonar o tanquinho de partida a frio quando começou a trazer motores turbinados ao Brasil, com o Cruze 1.4 e mais tarde com a família de motores de três cilindros do Onix atual. O tradicional motor Família 1 seguiu com o famigerado tanquinho da partida a frio.

A única variante desse confiável propulsor sem esse sistema é a usada a partir de 2022 no Spin. O modelo ganhou aquecimento dos bicos injetores para se adequar ao Proconve L7.

4. Motor 1.6 Peugeot

Peugeot 208
Esse 1.6 foi usado por quase toda a linha Peugeot e Citroën (Foto: Peugeot | Divulgação)

Apesar da fama ruim informalmente, o 1.6 16 válvulas é bastante confiável. Por ser um projeto mais antigo, ele possui o tanquinho de partida a frio.

Esse sistema auxiliar para baixas temperaturas foi eliminado no 1.6 com a mudança para 2022, para ter uma sobrevida.

5. Toyota Etios

toyota etios hatch branco de frente
A Toyota foi rápida ao eliminar o tanquinho no Corolla, já o Etios ficou sem (Foto: Toyota | Divulgação)

A Toyota foi rápida em abandonar o tanquinho de partida a frio no Corolla, porém manteve o equipamento no compacto Etios até ele sair de linha. Hoje, o motor 1.5 que foi usado no hatch usa o aquecimento de bicos, mas fica sob o capô do Yaris. Essa mudança veio na linha 2017.

Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify YouTube PodCasts YouTube PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário