Sinal: o sistema de alerta instantâneo de roubos da PRF

Só neste ano, mais de 460 mil veículos foram roubados no Brasil; PRF passa a utilizar alarme para aumentar chances de recuperação dos automóveis

Por AutoPapo 14/12/17 às 09h14
mcjr policia rodoviaria intensifica fiscalizacao estradas 06032015002

De janeiro a outubro de 2017, 462.461 veículos foram furtados ou roubados no país. Cerca de 54% deles, 251.855, foram recuperados, de acordo com o balanço do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Para facilitar a localização dos automóveis que caem nas mãos de assaltantes, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) colocou em atividade, na semana passada, o Sistema Nacional de Alarmes (Sinal).

COMO FUNCIONA  Quem tiver o carro roubado, furtado, sequestrado ou clonado deve entrar no site da PRF e fazer um registro. Assim que esse estiver finalizado, o sistema emite, imediatamente, um alerta enviado por mensagem para todos os agentes num raio de 100 quilômetros da ocorrência.

De janeiro a outubro de 2017, mais de 460 mil carros foram roubados ou furtados no brasil
Auto thief in black balaclava trying to break into car with crowbar.

Para fazer a solicitação, são necessárias as seguintes informações: placa ou chassi, cor e marca/modelo do automóvel. Nome, documento, e-mail, telefone e endereço do notificante. Além, claro, dos dados da ocorrência.

Na falta de acesso à internet, as vítimas podem fazer o cadastro pelo telefone 191.
Se a denúncia for falsa, os policiais podem rejeitá-la. Isso porque eles têm acesso aos dados lançados na base de dados.

IMPORTANTE!

O registro no Sinal não substitui o boletim de ocorrência na Polícia Civil. Segundo a PRF,  a probabilidade de recuperação de um veículo é maior nas primeiras horas após a ocorrência. Portanto, o ideal e fazer o cadastro rapidamente.

Polícia Federal lança sistema de mensagens instantâneo para carros roubados
Foto: Marcello Casal Jr | Agência Brasil

O Rio Grande do Sul é o estado com maior índice de recuperação de carros roubados e furtados, aproximadamente 75% (22.398). Na contramão está o Maranhão, com 39,4% (1.698). As informações são do Denatran, em compilado de janeiro a outubro deste ano.

Dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública apontam que, em 2016, 557 mil carros foram roubados ou furtados no Brasil. O número alarmante explica o índice veículos adeptos aos seguros privados. De acordo com a Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg), hoje, 15,5 milhões de veículos brasileiros são assegurados.

EFETIVIDADE A Assessoria Nacional de Comunicação Social da PRF afirmou que, desde o seu seu lançamento, o SINAL registra, em média, 40 lançamentos. “Já existem casos de recuperação de veículos acionados por pop-up do SINAL, mas ainda estamos em consolidação das estatísticas para uma divulgação mais consistente sobre as recuperações de veículos”, completaram.

Antes do Sinal, a PRF recuperava aproximadamente 6.500 veículos roubados por ano.

4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
antonio romeiro vieira miranda 25 de janeiro de 2019

golpe banco brasil placa3927 cidade arroio grande golpe banco brasil cheques frutado ainda carro cidade pode andar carro

Avatar
ernani vieira miranda 3 de setembro de 2018

esta ´pessoa teu golpe teu golpe banco brasil agora esta vendeu golpe muito droga casa sair roubo banco brasil matou idoso matou dava muito drogo roubo banco brasil cheques frutado em fundo

Avatar
ERNANI MIRANDA VIEIRA 4 de março de 2018

ESTA PESSOA ROUBO BANCO BRASIL FOI COMPRA CARRO ANO 212 CHEQUES FRUTADO CARRO ANDA REGULAR CARRO ANDA REGULAR CIDADE ARROIO GRANDE TEU GOLPE PELO BANCO BRASIL CHEQUES FRUTADO CARRO ANDA REGULAR CIDADE PESSOA SUSPEITA COMPRANDO PELO BANCO BRASIL CHEQUES FUNDO PLACA 1801 VALOR 10 MIL 15 MIL 30 MIL TEU GOLPE TODO CARRO EM REGULAR ANO 212

Avatar
Franco Vieira 15 de dezembro de 2017

Toda ajuda é importante nesses momentos. Valeu pela divulgação.

Avatar
Deixe um comentário