Toyota SW4 SRV 4×4 AT 2015: 10 pontos para observar

SUV grandalhão da marca japonesa se vale da base da Hilux para ser usado valorizado no mercado, com preços de utilitário compacto zero

toyota sw4 srv 2015 prata frente lateral
Geração anterior da Toyota SW4 ainda chama atenção pelo porte e visual (Fotos: Toyota | Divulgação)
Por Fernando Miragaya
Publicado em 09/07/2024 às 08h03

No segmento de picapes a Hilux é referência e, de certa maneira, o SW4, SUV derivado da líder da categoria, se vale dessa fama. Com jeito de jipão e configuração de 7 lugares, o modelo é uma boa opção para quem quer um carro diesel, com muito espaço a bordo e pegada robusta.

VEJA TAMBÉM:

Dentro deste cenário, destacamos o Toyota SW4 SRV 4×4 AT com motor 3.0 e do último ano da geração passada do utilitário esportivo. Veja agora as qualidades e os defeitos do SUV raiz feito sobre longarinas em 10 pontos principais a se observar antes de comprar um no mercado de usados.

toyota sw4 srv 2015 prata perfil lateral
Linha 2015 ostenta o visual da reestilização de 2012, com destaque para a coluna C em diagonal
  • Preço médio do Toyota SW4 SRV 4×4 AT 2015: entre R$ 148 mil e R$ 162 mil nos principais sites de compra e venda de veículos
  • Preço Tabela Fipe do Toyota SW4 SRV 4×4 AT 2015: R$ 152.723,00

*valores apurados na segunda semana de julho de 2024

Breve história

O Toyota SW4 foi um dos primeiros modelos importados pela Toyota para o Brasil logo após a abertura do mercado. Foi lançado em 1992, em sua quinta geração, trazida do Japão com motor 2.8 diesel de tímidos 77 cv e variantes V6 a gasolina, com 170 cv.

toyota 4runner sw4 1992 verde frente e lateral
Primeira geração da SW4, era chamada de 4Runner no mercado norte-americano, e chegou junto com a abertura das importações

A primeira leva produzida na fábrica de Zárate, na Argentina, foi da geração 6, a partir de 1995, que sofreu uma reestilização em 1999. Seis anos depois um novíssimo SW4 foi lançado pela Toyota com motor 3.0 turbodiesel (TD) de 163 cv.

Foi nesta fase na qual o Toyota SW4 ganhou opção de 7 lugares no embalo da reestilização de 2008. Ainda estreou motor flex, calibrou o diesel para atender ao Proconve L6 e passou por uma outra atualização, em 2011. Esta geração, sobre a qual nos debruçaremos, durou mais de 10 anos no mercado.

Isso mesmo. Só em 2016 que a Toyota lançou a oitava geração do SW4, com propulsores 2.8 TD de 177 e um vigoroso 4.0 V6 a gasolina de 238 cv de potência. Depois surgiram as versões com o 2.7 flex de quatro cilindros, mas hoje a linha do utilitário grandão só é vendida com motor turbodiesel.

Desempenho e consumo

O desempenho do Toyota SW4 3.0 evoluiu bastante na sétima geração do jipão. No ano 2015, o conjunto mecânico já tinha sido retrabalhado para receber diesel S50 e para atender às normas da legislação brasileira (Proconve L6) três anos antes.

toyota sw4 srv 2015 prata traseira lateral
SUV compartilha chassi e conjunto mecânico com a Hilux, o que desperta o interesse da bandidagem

A potência foi elevada em 8 cv e como todo motor turbodiesel tem aquela baita força em baixos giros. O câmbio automático de cinco marchas não é o primor de precisão em situações de retomadas, mas garante o conforto.

Ficha técnica do Toyota SW4 SRV 4×4 AT 2015:

  • Motor: 3.0 diesel com turbo e injeção direta
  • Cilindros: 4
  • Válvulas por cilindro: 4
  • Comando de válvulas: duplo no cabeçote
  • Potência máxima: 171 cv a 3.600 rpm
  • Torque máximo: 36,7 kgfm a 1.400 rpm
  • Transmissão: automático de cinco marchas; tração 4×4 permanente com bloqueio do diferencial central e reduzida
  • Peso: 2.020 kg
  • 0 a 100 km/h: 11,8 segundos
  • Consumo cidade (PBEV): 9,5 km/l
  • Consumo estrada (PBEV): 11,2 km/l
  • Tanque: 80 litros

Espaço e conforto

Não dá para reclamar de espaço na cabine do Toyota SW4. São 7 lugares bem confortáveis para adultos – mesmo nos bancos extras. Só não conte com muito espaço para bagagens com a ocupação completa do SUV.

toyota sw4 srv 2015 interior painel
Acabamento é esperado, assim como o pacote de equipamentos para a sua época

O acabamento interno é apenas regular e o isolamento acústico funciona até os 80 km/h. Lembre-se que é uma estrutura feita sobre longarinas, quase uma picape com caçamba fechada, portanto, quica bastante nos buracos e quebra-molas. além de ser levemente desengonçada.

Dimensões e capacidades do Toyota SW4 SRV 4×4 AT 2015:

  • Comprimento: 4,70 m
  • Largura: 1,84 m
  • Altura: 1,85 m
  • Entre-eixos: 2,75 m
  • Porta-malas: 500 litros (180 litros com 7 lugares)
  • Vão livre do solo: 22 cm
  • Carga útil: 580 kg
  • Ângulo de ataque: 30 graus
  • Ângulo de saída: 25 graus

Dirigibilidade

A posição de dirigir é reta e alta, bem típica de um utilitário esportivo deste porte e com aptidão para o fora de estrada. A dinâmica, como dito, não é lá essas coisas pela altura do veículo e sua proposta, mas existem controles de estabilidade para segurar o bicho – mesmo assim, não pense que está em um hatch ao entrar em curvas. A direção pede correções em velocidades mais altas permitidas na estrada.

Principais equipamentos

Veja a lista de itens de série do Toyota SW4 SRV 4×4 AT 2015.

  • Itens de segurança: controles de estabilidade e de tração, seis airbags, freios com ABS e EBD, câmera de ré, retrovisor eletrocrômico, faróis com regulagem de altura, repetidores das setas nas capas dos retrovisores e faróis de neblina.
  • Itens de conforto: ar-condicionado automático, direção hidráulica, banco do motorista com ajustes elétricos, trio elétrico, central multimídia com tela de 5”, GPS, TV digital, DVD player, tomada USB e Bluetooth, retrovisores rebatíveis eletricamente, bancos de couro, volante com ajuste de altura, controle de cruzeiro, lavador, limpador e desembaçador do vidro traseiro, abertura interna da tampa do tanque de combustível e encosto do banco traseiro rebatível e bipartido.
  • Itens de aparência/funcionais: rodas de liga leve aro 17”, acabamento interno em dois tons, maçanetas e capas dos espelhos na cor da carroceria, estribos laterais e para-barro nas rodas traseiras.

Desvalorização

Segundo a KBB Brasil, o Toyota SW4 SRV 4×4 AT 2015 teve desvalorização de 4,88% de abril de 2022 a abril de 2023. Já de 2023 para abril de 2024 a depreciação foi maior: -12,2%. Números do índice B2C da KBB Brasil, ou seja, Loja-Consumidor.

Seguro

Em simulação feita pela Minuto Seguros, se a motorista for mulher leva vantagem. Veja as menores cotações para o Toyota SW4 SRV 4×4 AT 2015.

  • Masculino: R$ 8.293,95
  • Feminino: R$ 3.264,55

*Perfil: Homem e mulher, 35 anos, casado(a), morador da Vila Mariana, São Paulo (SP)

Revisões do Toyota SW4 SRV 4×4 AT 2015

A Toyota não tem mais revisões com preço fixo para esta geração do Toyota SW4. Confira os valores médios de manutenção para o modelo apurados pela reportagem em concessionárias e oficinas independentes. Não se esqueça que, devido ao seu porte e mecânica, os serviços e peças costumam ser mais caros.

  • 80.000 km: R$ 2.400,00 – Trocas de óleo do motor, filtro do óleo, bujão, filtro de combustível, óleo do diferencial dianteiro e óleo do diferencial traseiro
  • 90.000 km: R$ 1.600,00 – Trocas de óleo do motor, filtro do óleo, bujão, filtro de combustível e filtro de ar (elemento).
  • 100.000 km: R$ 1.300,00 – Trocas de óleo do motor, filtro do óleo, bujão e filtro de combustível.

Cesta de peças

  • Jogo com 4 pastilhas de freio: R$ 260 a R$ 400
  • Discos de freio (par): R$ 380 a R$ 570
  • Filtro de ar elemento: R$ 100 a R$ 180
  • Filtro de ar cabine: R$ 50 a R$ 100
  • Filtro de combustível: R$ 30 a R$ 50
  • Bomba de combustível: R$ 280 a R$ 420
  • Kit troca de óleo do diferencial (6 litros 80w90): R$ 340 a R$ 550
  • Fluido da transmissão: R$ 100 a R$ 200
  • Kit troca de óleo – 7 litros (5w30) + filtro: R$ 520 a R$ 700
  • Amortecedores traseiros (par): R$ 390 a R$ 560
  • Farol: R$ 1.400 a R$ 2.000
  • Lanterna traseira: R$ 300 a R$ 500
  • Para-lama dianteiro: R$ 450 a R$ 800
  • Para-choque traseiro: R$ 1.000 a R$ 1.500

Defeitos comuns da Toyota SW4 SRV

  • Desgaste precoce de pastilhas e discos de freio
  • Folgas na direção
  • Falhas na turbina
  • Defeitos nos bicos injetores
  • Infiltração na cabine
  • Travamento da central multimídia
  • Recall para troca do airbag do motorista
  • Recall para troca do sensor e do cabo dos airbags
Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify YouTube PodCasts YouTube PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Ellenthamiresmarques@gel.com 13 de julho de 2024

Oi

Avatar
PAULO HALLAK 11 de julho de 2024

A minha SW4, tem 9 anos e não apresentou nenhum dos possíveis problemas apontados por essa reportagem. Aliás, não apresentou nenhum tipo de problema.

Avatar
Waslon 11 de julho de 2024

Qual a quilometragem dela atualmente?

Avatar
Waslon 10 de julho de 2024

Caríssima!

Avatar
Deixe um comentário