Honda Fit EXL 2015: 10 pontos para observar na hora da compra

Hatch compacto tem espaço e funcionalidade de monovolume, além de carregar a reputação mecânica da marca japonesa

honda fit 2015 prata frente em movimento rodovia simples
Última geração do Fit chegou ao mercado em (Fotos: Honda | Divulgação)
Por Fernando Miragaya
Publicado em 18/06/2024 às 19h03

Carro que vende por si só. Assim pode ser definido boa parte dos carros da Honda, e o Fit talvez seja o melhor expoente desta premissa. O hatch em forma de monovolume vendido no Brasil por mais de 20 anos como compacto premium sempre se valeu do bom espaço interno e daquela confiança mecânica que a fabricante japonesa passa.

VEJA TAMBÉM:

Neste texto vamos dissecar um pouco deste carro que foi fenômeno de vendas e de valorização no mercado, e que se replica no segmento de usados e seminovos – vide que os preços pedidos costumam ser maiores que os da Tabela Fipe. O foco é o Honda Fit em sua versão EXL ano 2015, da última geração do monovolume e em uma das opções mais equipadas.

  • Preço médio do Honda Fit EXL 2015: entre R$ 61 mil e R$ 70 mil nos principais sites de compra e venda de veículos
  • Preço Tabela Fipe do Honda Fit EXL 2015: R$ 61.059,00

*valores apurados na segunda quinzena de junho de 2024

Breve história

O segundo modelo produzido na fábrica da Honda de Sumaré (SP) foi lançado em abril de 2003. Era o começo da história de sucesso do Fit no Brasil, que passou a fazer companhia ao Civic na planta do interior paulista.

honda fit 2003 vermelho milano frente em movimento rodovia
Lançado em 2003, o Fit foi o segundo produto da Honda no Brasil

O carro foi posicionado para disputar uma categoria “inventada” pelo marketing das montadoras: os compactos premium. Ou seja, automóveis pequenos – responsáveis pelo maior volume de vendas -, mas com nível de equipamentos e acabamento que tentavam distanciá-los dos veículos de entrada.

O Honda Fit começou os trabalhos no Brasil com duas opções de motores: 1.4 e 1.5 16V, com opções de câmbio manual ou automático CVT. Em 2006 teve o primeiro face lift, quase que juntamente com a entrada do carro na era flex – a começar pelo 1.4.

A segunda geração do Honda Fit deu o ar da graça em 2008. A marca japonesa manteve os motores, mas a grande mudança no conjunto mecânico foi a adoção de um câmbio automático de cinco marchas convencional no lugar da transmissão do tipo CVT.

hondafit2013
Segunda geração do Honda Fit chegou ao mercado brasileiro praticamente junto o mercado internacional

Nem mesmo o compacto sobreviveu à febre de versões aventureiras. Em 2012 a Honda lançou uma versão “off-road light” do Fit. Chamada Twist, tinha mais apelo visual do que realmente uso de subterfúgios mecânicos para ser classificado como um aventureiro de fato.

Em 2014 surgiu a terceira e derradeira geração do Honda Fit no Brasil, já como linha 2015. O monovolume ficou maior e adotou motorização única 1.5 flex, agora com sistema de partida a frio – que dispensou o tanquinho de gasolina – e com a volta de uma caixa CVT.

Em 2017, já linha 2018, o Honda Fit deu seu último sopro de vida: atualização no design e controles de estabilidade de série e toda a linha. No ano seguinte, ainda teve a linha de montagem transferida de Sumaré para a fábrica de Itirapina (SP), mas nem esquentou lugar: após mais de 600 mil unidades fabricadas no país, o carro teve a produção encerrada em 2021.

Desempenho e consumo

O desempenho do Honda Fit é e sempre foi com foco no conforto. O motor 1.5 16V tem tocada previsível e pacata para a cidade, com acelerações parcimoniosas, evolução sem trancos e consumo de combustível regular.

Ficha técnica do Honda Fit EXL 2015:

  • Motor: 1.5 flex
  • Cilindros: 4
  • Válvulas por cilindro: 4
  • Comando de válvulas: único no cabeçote e variável na admissão
  • Potência máxima: 116 cv (etanol) e 115 cv (gasolina) a 6.000 rpm
  • Torque máximo: 15,3 kgfm (etanol) e 15,2 kgfm (gasolina) a 4.800 rpm
  • Transmissão: câmbio automático do tipo CVT sem simulação de marchas; tração dianteira
  • Peso: 1.101 kg
  • 0 a 100 km/h: 12 segundos
  • Consumo cidade (PBEV): 8,3 km/l (etanol) e 12,3 km/l (gasolina)
  • Consumo estrada (PBEV): 9,9 km/l (etanol) e 14,1 km/l (gasolina)
  • Tanque: 45 litros

Espaço e conforto

honda fit exl 2018 painel e interior
Bem construído, o Fit agrada bastante pelo pacote de equipamentos e nível de acabamento

Um dos diferenciais do Honda Fit é o Ultra Seat – também chamado ULT (Utility, Long and Tall). O sistema de modularidade de bancos possibilita que o encosto traseiro, quando rebatido, fique quase plano como se fosse uma continuação do porta-malas. Já na frente é possível deitar totalmente os encostos.

Ao mesmo tempo, o monovolume oferece as funcionalidades da carroceria, com espaço bem mais generoso que os compactos rivais contemporâneos. Há uma infinidade de porta-objetos na cabine, mas decepciona no acabamento interno e no isolamento acústico. A suspensão com acerto mais firme e incomoda na hora de passar nos buracos.

Dimensões e capacidades do Honda Fit EXL 2015:

  • Comprimento: 3,99 m
  • Largura: 1,69 m
  • Altura: 1,53 m
  • Entre-eixos: 2,53 m
  • Porta-malas: 363 litros
  • Vão livre do solo: 14,5 cm
  • Carga útil: 419 kg

Dirigibilidade

A posição de dirigir é baixa, ergonômica e prática. A visibilidade funciona bem a maior parte do tempo. A estabilidade é bem satisfatória e o carro parece grudado no chão nas curvas moderadas, enquanto a direção poderia ser um pouco mais direta. Na estrada e em velocidades altas Honda Fit se mostra obediente a maior parte do tempo.

Principais equipamentos

Veja a lista de itens de série do Honda Fit EXL 2015.

  • Itens de segurança: quatro airbags, freios com ABS e EBD, câmera de ré, encostos de cabeça para todos os passageiros, Isofix, repetidores das setas nas capas dos retrovisores e faróis de neblina.
  • Itens de conforto: ar-condicionado, direção elétrica, trio elétrico, central multimídia com tela de 5”, tomada USB e Bluetooth, bancos de couro, volante com ajustes de altura e profundidade, banco do motorista com ajuste de altura, controle de cruzeiro, lavador, limpador e desembaçador do vidro traseiro, abertura interna da tampa do tanque de combustível e encosto do banco traseiro rebatível e bipartido.
  • Itens de aparência: rodas de liga leve aro 16”, detalhes que imitam aço escovado na cabine e também em preto brilhante e maçanetas e capas dos espelhos na cor da carroceria

Desvalorização

Segundo a KBB Brasil, o Honda Fit EXL 2015 comprova sua desvalorização comedida, mesmo usado.De abril de 2022 a abril de 2023 houve perda de 3,6%. De abril de 2023 para abril de 2024 a depreciação ficou em 10,1%. Números do índice B2C da KBB Brasil, ou seja, Loja-Consumidor.

Seguro

Em simulação feita pela Minuto Seguros, veja a menor cotação para o Honda Fit EXL 2015.

  • Masculino: R$ 2.965,64
  • Feminino: R$ 2.466,46

*Perfil: Homem e mulher, 35 anos, casado(a), morador da Vila Mariana, São Paulo (SP)

Revisões do Fit EXL 2015

honda city exl 2015 branco em movimento
Um ponto crítico do Fit é o para-choque traseiro mais recuado que a tampa do porta-malas, que praticamente só enfeita mas não protege

A Honda não tem revisões com preço fixo para veículos que já passaram da garantia ou dos 60 mil km. Confira os valores médios de manutenção para o Fit EXL 2015 apurados pela reportagem.

  • 80.000 km: R$ 1.600,00 – Trocas de óleo do motor, filtro do óleo, bujão, filtro de combustível, filtro de ar (elemento) e filtro do ar-condicionado.
  • 90.000 km: R$ 500,00 – Trocas de óleo do motor, filtro do óleo, bujão e filtro de combustível.
  • 100.000 km: R$ 800,00 – Trocas de óleo do motor, filtro do óleo, bujão, filtro de combustível, filtro de ar (elemento) e filtro do ar-condicionado.

Cesta de peças

  • Jogo com 4 pastilhas de freio: R$ 120 a R$ 200
  • Discos de freio (par): R$ 280 a R$ 450
  • Jogo com 4 velas de ignição: R$ 150 a R$ 260
  • Filtro de ar elemento: R$ 40 a R$ 60
  • Filtro de ar cabine: R$ 40 a R$ 70
  • Filtro de combustível: R$ 15 a R$ 30
  • Bomba de combustível: R$ 230 a R$ 400
  • Fluido da transmissão: R$ 130 a R$ 200
  • Kit troca de óleo – 4 litros (0w20) + filtro: R$ 330 a R$ 420
  • Amortecedores traseiros (par): R$ 270 a R$ 490
  • Farol: R$ 300 a R$ 500
  • Lanterna traseira: R$ 320 a R$ 500
  • Para-lama dianteiro: R$ 160 a R$ 280
  • Para-choque traseiro: R$ 200 a R$ 450

Defeitos comuns do Fit EXL 2015

  • Manchas, bolhas e ferrugem na lataria
  • Motor de arranque
  • Falhas na ignição
  • Trancos no câmbio CVT
  • Recall para troca do tanque de combustível
  • Recall para troca do sensor de combustível
Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify YouTube PodCasts YouTube PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário