Atenção ao manômetro: pressão demais na bomba de GNV causa explosão

A ANP determina uma pressão máxima do compressor ao abastecer o cilindro de GNV, para evitar a possibilidade de explosão

gnvi gas veicular shutterstock 410511208
Por Boris Feldman
04 de novembro de 2019 06:15

Pessoal que abastece com GNV, Gás Natural Veicular, principalmente nossos amigos taxistas e motoristas de aplicativos, perceberam que alguns postos enchem mais o cilindro de gás que outros. E se o cilindro recebe mais gás, o carro fica com maior autonomia, ele roda mais quilômetros até reabastecer.

E o problema é que, para se injetar uma quantidade maior de gás, o compressor tem que trabalhar com maior pressão, e a máxima autorizada pela ANP (Agência Nacional do Petróleo) é de 220 Bar. Então, tem dono de posto irresponsável que, para faturar mais algum em cada abastecimento, aumenta essa pressão.

Eu consultei a ANP, que me confirmou já ter encontrado pressão perto de 300 Bar. E o risco é de simplesmente explodir (o cilindro) e voar tudo pelos ares. Fique então de olho: o manômetro pode ir, no máximo, até 220 Bar.

gnv 2620
Manômetro de pressão de GNV foto Alexandre Carneiro | AutoPapo
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Carlos Eduardo Gomes 18 de março de 2020

Já houve caso desse manômetro explodir no abastecimento?

Avatar
Deixe um comentário