Motor dá sempre avisos que está prestes a estourar

O motor não estoura sem avisar, isso é fato. É preciso ficar atento aos sinais e buscar a ajuda de um profissional de confiança o quanto antes

Por Boris Feldman15/05/18 às 19h30

Muitas vezes o dono do carro comenta que o motor estourou sem dar aviso prévio, sem que ele pudesse nem imaginar que iria ter esse problema e essa despesa. Mas, em geral o motor avisa sim, o motorista é que distraído não percebeu os alertas e, com isso, a sua despesa mais que dobra, porque quanto mais tempo demora para levar o motor para retífica, maior despesa para retificá-lo. E um dos sinais emitidos pelo motor é o consumo de óleo. Com elevada quilometragem, beirando os 100 mil quilômetros, é normal um litro a cada mil quilômetros. Passou disso, peça o mecânico para verificar.

Outros sinais são: a temperatura da água subindo mais do que o normal e o desempenho caindo, o motorista percebendo uma redução da potência. E, se além disso tudo, a luzinha do óleo acender no painel quando o carro está em marcha lenta, o que não acontecia antes,e basta pisar no acelerador, subir a rotação para a luz apagar, pode saber que é um indicativo de problema grave no motor.Por via das dúvidas, diante de qualquer uma dessas manifestações, sempre vale apena levar o automóvel para a concessionária ou oficina de confiança para uma avaliação. Quanto mais cedo, menor será o estrago no motor e o prejuízo no bolso.

O motor não estoura sem avisar
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
10 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Jocimar 17 de abril de 2020

    Peguei em uma loja uma Strada Adventure 1.8 2007 com 128 km! Não fumaçava nada, mas estava com um vazamento de óleo. Ontem na Dutra, ouvi um estouro e um vazou todo o óleo….não bateu e nem passou por cima de nada, simplesmente vazou todo o óleo. O mecânico falou que estourou o bloco do motor. Seria possível? Ocorreu ontem e o mecânico nem funcionou o carro ainda.

  • Avatar
    João Carlos paz da silveira 21 de dezembro de 2019

    Não concordo,meu Etios saiu a biela pelo bloco,sendo que sou motorista de aplicativo,cuido do meu ganha pão,tenho 42 de habilitação,tenho por hábito aquecer o motor até chegar na temperatura ideal,verifico água e óleo regularmente,ando com 1litro de óleo,não ando fora de giro, estourou,a menos de 30 km por hora saindo do farol,meu motor tem 136 mil km,ao ligar pela manhã costumo ouvir alguma batidinha,seja ela de válvulas ou qualquer outro ruído,hoje me encontro no prejuízo…

    • Avatar
      Clovis 6 de abril de 2020

      Boa tarde. Aconteceu a mesma coisa com o Etios 2013 do meu pai. Estava com a km passada de 130mil também. O painel do carro não mostrou nada de luzes ou avisos, e nem um tipo de sinal diferente no motor. A biela saiu pelo bloco. Meu pai levou na propria Toyota, que disse que não havia nada a fazer se não a retifica (pediram 11 mil reais na ultima proposta) . Meu pai optou por fazer fora da Toyota e gastar menos. Qual foi a sua solução?

    • Avatar
      Vinicios 6 de maio de 2020

      Aconteceu comigo a mesma coisa com um etios x 2014 1.3, óleo trocado, carro com 27 mil km, tinha rodado 1000 km após a troca do óleo e de repente a surpresa de uma biela sair estragando bloco e carter do motor sem qualquer aviso, meu mecânico ainda não soube afirmar o que aconteceu.

  • Avatar
    Carlos 28 de fevereiro de 2019

    Gostaria de saber qual os cuidados que devo ter ao adquirir um carro a diesel?especificamente com motor?oque devo observar ao abrir o capô?

  • Avatar
    Leocádio Sebastião dos Santos 13 de junho de 2018

    E o que dizer de motor 1.4 flex GM com 341.000
    Que não baixa uma gota de óleo
    Faço as trocas à 10.000kms

  • Avatar
    Rodolfo 17 de maio de 2018

    …. É por essas e outras que eu tenho velho e bom hábito de checar o nível dos fluidos (óleo do motor, água do radiador e fluido de freio) pelo menos uma vez por semana e sempre antes de pegar estrada.
    ….. Graças a isso meu motor nunca superaqueceu porque já percebia o vazamento de água quando o nível da água abaixava no reservatório de expansão, e o óleo também nunca chega ao mínimo porque sempre acompanho o nível.
    ….. E quanto aos freios eu sigo o que o manual do proprietário diz, no meu caso fazer a sangria e troca do fluido de freio a cada 2 anos.
    ….. E o óleo eu trocava a cada 5000 km ou 6 meses, porém só rodo uns 5000 km, então o óleo mal rodava 2000 km na maioria das vezes. Foi então quando resolvi revolucionar e passei a usar óleo semi-sintético (Valvoline Max Life – 20W-50 – API SN – produzido nos E.U.A.) no meu Gol 1.8AP ano 1990 e também decidi fazer a análise do meu óleo em laboratório para acompanhar a vida útil do óleo… já fiz as seguintes análises:
    – óleo novo (sem uso) opicional, serve para aferir a qualidade do óleo aditivos (limpeza e proteção contra desgaste), índice TBN, viscosidade a 40º e 100ºC e etc;
    – óleo com 6 meses de uso (2000 km rodados);
    – óleo com 5.000 km e 8 meses de uso.
    …. Após a análise dos 5000 km o óleo ainda estava apto para uso, então agora só falta a análise final de 1 ano… o que vai dar uns 6.500 km.
    …. Vejam o tópico que eu fiz sobre essas análises no link abaixo do Clube do Gol Quadrado:
    http://www.golquadrado.com.br/forum/viewtopic.php?f=19&t=38966
    …. Faço aqui uma ressalva:
    “Antes de usar esse óleo muito evoluído pesquisei muito todos os riscos e vi que o motor não pode ter borras para usar um óleo evoluído desses, pois ele é API SN e corre o risco de limpar tanto a borra de óleo do motor que pode entupir o pescador da bomba de óleo e fundir o motor. Assim quem quiser usar este óleo deve ir ao mecânico e ver se tem borra, se tiver tirar a borra do motor e então assim não terá problemas”.
    Grato,

  • Avatar
    Andre silva 16 de maio de 2018

    Tenho um veic (Polo sedan) que ta com 218mil km e nunca ate hj abaixou nada…Tive essa semana q trocar o cabeçote que queimou agr com 218mil km…sem probs ate hj

  • Avatar
    Fernando Dilly 16 de maio de 2018

    Bom dia , comprei um Já 98 endura1.0 a 6 meses e fiz uma revisao completa nele só abasteço gasolina aditivada e a troca de óleo estou colocando o melhor , está decisão é a correta? Ou posso abastecer comum ?

  • Avatar
    Wilian 15 de maio de 2018

    “E um dos sinais emitidos pelo motor é o consumo de óleo. Com elevada quilometragem, beirando os 100 mil quilômetros, é normal um litro a cada mil quilômetros.” Depende, ja vi muitos carros acima de 100 mil km não baixar uma gota de oleo. agora me estranha dizer que proximos do 100 mil km rodados é normal baixar 1 litro a cada mil km rodados…o dono do carro deve ficar completando oleo a cada 1000 km rodados ??

Avatar
Deixe um comentário