Câmbio automatizado de dupla embreagem é realmente bom?

Os câmbios automatizados não têm uma troca de marchas suave e davam muitos 'trancos'. Mas, esse tipo de caixa com dupla embreagem a história é outra

Por Boris Feldman 12/04/19 às 06h15
iStock 679356154

O I-Motion, Easy’R, Powershift e Dualogic são nomes de câmbios que não deixaram saudades. Mas, e os câmbios automatizados de dupla embreagem? Será que são bons de verdade?

[TRANSCRIÇÃO]

Eu recebi um puxão de orelha de um leitor, por sinal muito bem dado. Ele tem toda a razão ao criticar o que eu disse num programa a respeito do fim do câmbio automatizado, de que ele já estava indo tarde. Eu me referia aos câmbios automatizados da Fiat, o Dualogic, o da Volkswagen, o I-Motion, o Easytronic da GM e o da Renault, o Easy’R. Todos eles abandonados e substituídos pelo automático convencional.

E o puxão de orelha foi porque eu não mencionei os automatizados de dupla embreagem, que funcionam sem tranco nem soluço. Esse tipo de câmbio, trata-se de um projeto mais moderno, e por isso, ainda melhor que o automático convencional. Entre eles, têm o DSG da Volkswagen, o PDK da Porsche e outros da Hyundai e da Chery. O único dupla embreagem que deu problema, não por um erro conceitual, mas de projeto, foi o Powershift da Ford. Ele vazava óleo, prejudicando seu funcionamento.

câmbio automaizado dsg
câmbio dsg
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
14 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Thiago 6 de março de 2021

Olá, o DSG6 é muito bom mesmo, dá muito prazer ao guiar. Se der problema é sim caro pra arrumar, mas arrisco a dizer que vale a pena pois o prazer de dirigir é incrível. Tenho um pouco de receio dos DSGs de 7 marchas com embreagens a seco, esses há bastante relatos de problemas.

Avatar
jorge mecanico de aviões 13 de março de 2021

melhor cambio é o cvt o resto é merda.

Avatar
Luiz Antonio Ruy 7 de fevereiro de 2021

Bom dia Boris, andei por 10 anos com Sportage ( trocava a cada 3 anos ) e acabei de trocar por um Creta ( que merda de carro – ) Nessa crise mundial fiquei com medo da falta de peças ( pra Sportage ) e comprei o Creta achando que o cambio era igual ao da Sportage. Juro foi muita burrice minha não pesquisar. Esse maldito cambio CVT ( * ) preciso atolar o pé pra ter uma resposta rápida do motor e com isso esta fazendo 5,3 km por litro de gasolina na cidade. Gosto de SUV que responda rápido qdo preciso. o que é esse cambio Automatizado (Dual Clutch ) 7 velocidades da Tucson ? Abcs. Obrigado

AutoPapo
AutoPapo 7 de fevereiro de 2021

Olá, Luiz: o Dual Cluth é o automatizado de dupla embreagem com trocas tão (ou mais) rápidas do que um “automático convencional”.

Avatar
José Marcos Reis 8 de junho de 2019

Prezado Boris, afinal este câmbio do Golf 1.4 DSG 7 é ou não é problemático? Jã tive um Audi A3 Sportback com este câmbio e com cerca de 12.000 Km ele caiu no neutro mas voltou ao normal depois.

Avatar
Eduardo Pereira da Silva 10 de outubro de 2019

TENHO PRA MIM, QUE PODE TER SIDO FALTA DE ÓLEO, OU SEJA: UM POUCO ABAIXO DO MÍNIMO PERMITIDO PARA RODAGEM !

Avatar
Anderson 12 de abril de 2019

Não tenho reclamações do dualogic. É apenas questão de se adaptar. Eu deixo no modo auto e troco na alavanca quando quero, faço intervenções quando acho necessário. Simplesmente é um 3ª via. Há os manuais, os automáticos e os automatizados. É razoável pensar que cada um tem um nicho, um não se sobrepõem ao outro, só dá para comparar um automatico com outro, um manual com outro e um automatizado com outro.

Avatar
Marcelo Simoes 12 de abril de 2019

Vai trocar a embreagem de um câmbio desse e depois volta aqui para dizer se vale a pena? É um assalto!
Não vale se é igual ou pouca coisa melhor que um automático convencional, principalmente os mais novos com 6 marchas

Avatar
Mauro 12 de abril de 2019

Melhor que um automático clássico??? …duvido!!!

Avatar
Fábio 13 de abril de 2019

Anda em um DCT e você vai ter certeza.

Avatar
Josué 13 de abril de 2019

Talvez seja mesmo melhor que um AT convencional ou um CVT, agora, quanto a confiabilidade e durabilidade, será?

Avatar
Rogério Costa 12 de abril de 2019

Bom dia Boris.

Ótima matéria, mas uma informação importante, o DSG 7, da deu e continua dando muito problema.
Já há casos do golf 2013/14 1.4 turbo que estão na 2a troca de mecatrônica…..de 30.000 em 30.000 km, o fato que corrobora essa falha é a troca gratuita efetuada pela VW mesmo após garantia.

Abraços

Avatar
Rogério Costa 12 de abril de 2019

Bom dia Boris.

Ótima matéria, mas uma informação importante, o DSG 7, da deu e continua dando muito problema.
Já há casos do golf 2013/14 1.4 turbo que estão na 2a troca de mecatrônica…..de 30.000 em 30.000 km, o fato que corrobora essa falha é a troca gratuita efetuada pela VW mesmo após garantia.

Abraços

Prof. Rogério Costa

Avatar
VINCE COHEN DE LARA 12 de abril de 2019

BORIS FELDMAN é uma das lembranças mais agradáveis do Caderno de Veículos do Estado de Minas. Todo veículo que comprei primeiro via a opinião do Mestre.’. Há cinco anos não assino o Estado de Minas e foi uma alegria reencontrar o melhor colunista de Veículos do Brasil.

Avatar
Deixe um comentário