Elétrico: o que ninguém contou

Existem questões que não são esclarecidas nas análises sobre o carro elétrico; este, que vai dominar o mercado dentro de alguns anos

Por Boris Feldman 23/04/21 às 07h30
carro eletrico visao traseira carregando
Com o aumento da demanda, a tendência é que os componentes do carro elétrico encareçam (Foto: Shutterstock)

O carro elétrico tem problemas conhecidos como preço, pontos e tempo de recarga, autonomia, duração e custo da bateria. Mas existem problemas não divulgados, muito bem colocados pelo jornalista Zeca Chaves em coluna no nosso portal AutoPapo

Zeca lembra que, em 2030, alguns países vão proibir a venda dos carros a combustão. E muitas fábricas não terão capacidade para atender a esta monumental demanda, por ser necessário adequar suas linhas de montagem.

Tem também o desemprego: serão criados novos empregos, mas o balanço será desfavorável. As baterias caríssimas estão reduzindo o seu preço, porém, com o grande aumento na demanda, elas voltarão a encarecer.

VEJA TAMBÉM: 

E, finalmente, carro elétrico por enquanto é viável em função dos subsídios do governo. Mas quando forem maioria, os governos manterão os subsídios?

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
195 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Vinícius Alexandre 2 de maio de 2021

Pergunto: a bateria do seu celular tem tempo de uso? Pois é o carro elétrico vai ter que trocar a bateria também. Sem falar que aos pouco ela não pegará carga completa e sua autonomia será comprometida.

Avatar
Marlon reis 1 de maio de 2021

Elétrico: o que ninguém contou…
Nem o próprio que escreveu essa matéria contou,me desculpe mais que matéria mais chula…sem conteúdo nem informações

Avatar
Eduardo J F Carriel 1 de maio de 2021

Não acredito na eliminação do carro a combustão. O carro elétrico já tem gente fazendo de modo caseiro, o que eu acho que será uma tendência. O lobby não deixará isso acontecer, o preço também hj não é viável….200 mil num carro elétrico popular é uma imbecilidade de quem compra. Há muito combustível fóssil pra ser queimado ainda…. é só baratear…O gás hj acho o menos poluente e dá pra baratear muito…

Avatar
Gilson 1 de maio de 2021

Sentirei saudades dos roncos dos motores. Principalmente dos 8 cilindros.

Avatar
Eduardo 1 de maio de 2021

Meus caros amigos isso aqui tá parecendo aqueles sites para coletar dados pessoais. Mas vamos lá, como todo brasileiro é esperto, sobre a questão das baterias, sabe se que as baterias vêem em média com 16 módulos. Daí o brasileiro como somos vamos trocando módulos de um por um, é só não trocar todos de uma vez.

Avatar
Marcelo 1 de maio de 2021

Matéria mais tosca, parece até feita por um amador tá de sacanagem tinha vergonha de fazer uma publicação dessas, disse nada com nada. Não citou a fonte ou dado científico, meu deus onde o jornalismo chegou q decadência.

Avatar
José Alexandre Golemo 1 de maio de 2021

Todo início de projetos tendem a criar desconfianças e é normal críticas, o debate é válido, mas não esqueçamos que tecnologia e inovação estão aí para buscar as soluções, hoje estamos engatinhando em termos de carros elétricos, mas daqui algum tempo iremos olhar para trás e dizer “nossa como era ultrapassada esta tecnologia”, da mesmo forma que hoje falamos dos carros que usamos nas décadas de 60, 70, 80 etc… o futuro está nos biocombustíveis e na energia limpa.

Avatar
jonatan 1 de maio de 2021

como fica minha d2otona😎😎😎😎
presisa de disel.kkkk

Avatar
Marcelo da silva 1 de maio de 2021

Pütz !! Pensei q fosse me informar de algo para o futuro próximo e o cara não diz nada demais , quer se aparecer , mete o pé e desiste do seu trabalho , ou então leve o assunto à diante explicando mais sobre o assunto , dei isso propositalmente pro meu filho de 12 anos ler q já tem uma certa cultura e ele riu do conteúdo ..

Avatar
Carlos 1 de maio de 2021

Que matéria mais lixo! Não informou nada. Quem foi a criança que escreveu a matéria?

Avatar
Carlos Yaiti 1 de maio de 2021

Realmente, não acrescentou nada de novo…

Avatar
CARLOS ROBERTO DE SOUZA MARQUES 30 de abril de 2021

Isso não vai dar certo. O custo das baterias vai tornar o custo proibido. Quando tiver que trocar a bateria será mais caro que um carro novo.

Avatar
Inaldo José Raimundo 1 de maio de 2021

Como acontece com os celulares. Vê se compensa comprar bateria pro celular!

Avatar
Gilberto pinheiro rodrigues 1 de maio de 2021

O mundo anda pra frente to vendo motos eletricas circulando inclusive uma fabrica (Voltz) brasileira em Pernambuco produzindo muito

Avatar
Jorge 30 de abril de 2021

Como fica a questão das baterias? As mesmas tem um tempo de vida útil e depois disso, como será o descarte?

Avatar
Rodrigo 30 de abril de 2021

Nunca li tanta bobagem. Uma desinformação tão grande que não vale o debate. Se informe.

Avatar
Cláudio 1 de maio de 2021

Nossa, quanto mimimi…
Criticou, mas ñ falou nada que preste.
O comentarista está certo: o carro elétrico é uma enorme FARSA.
O carro elétrico só é limpo se a energia elétrica que consome for limpa.
Os EUA, Europa e China produzem energia queimando CARVÃO. Com carros elétricos, vão queimar ainda MAIS.
E quem acha que a energia solar é a solução, fica a pergunta: depois de 30 anos, quando os painéis solares precisam ser substituídos, o que você faz com os painéis velhos, feitos de metais raros e tóxicos? Vai reciclar? É o custo do painel NOVO. Quem vai pagar para resolver essa nova – e enorme- fonte de poluição?

Avatar
Sidnei Dos Santos 1 de maio de 2021

Bom dia.
Os painéis com 30 anos não necessitam ser trocados, eles geraram 80% do que a potência referida quando novo, esses dados podem ser verificados nós data sheet dos mesmos.

Avatar
jefferson.z 30 de abril de 2021

Alguém poderia fazer a conta …se 100% dos carros no Brasil sendo elétricos. Acho q nossa capacidade geradora não ia dar conta de recarregar todos esses carros..!!!! Fora o lixo gerado com as baterias..

Avatar
Ami m do nascimento 1 de maio de 2021

Acho que devem fazer baterias de longa duração e colocar sistema de energia do sol para que se o carro ficar na rodovia em um tempo de uma hora regarregara em parte que dará para chegar em ponto de abastecimentos e se deixar em casa no sol ECONOMIZARA A RECARCA

Avatar
CARLOS JOSE DE OLIVEIRA 30 de abril de 2021

A era de combustivel fossil esta chegsndo so fim. Tecnologias como a eletrica, celuas de hidrogenio e tantss outras que aparecerão dominarão o mercado. O nosso planeta nao suporta msis tanto CO2.

Avatar
Cláudio 1 de maio de 2021

Célula de hidrogênio?
Você gasta dois litros de combustível para produzir UM LITRO.
Imagine que você queira substituir os combustíveis fósseis: vai ter que gastar o DOBRO de energia para produzir o equivalente em hidrogênio a toda a gasolina e diesel do Mundo.
Célula de hidrogênio é LOROTA inventada por europeus espertalhões.

Avatar
Samuel Mathias roza 30 de abril de 2021

Tudo comessa muito caro depois vai si adequando fica normal ok

Avatar
Cláudio nunes 1 de maio de 2021

Sabia resposta

Avatar
Adenilton 30 de abril de 2021

Graças a Deus esse momento chegou todos nós teremos que nos adaptar ao silêncio maravilhoso a natureza agradece .

A questão e será que as hidroelétricas vão suportar a demanda no início tudo são flores quem vai pagar essa conta lá ponta ?

Avatar
ADINILSON ROZANTE 30 de abril de 2021

Em cima da cegonha né? kkkkkkk

Avatar
GERSON NALEPA 30 de abril de 2021

Isso para mim, deve ser tão chato dirigir um carro elétrico. Sem graça. Porém é lógico não tem volta, o futuro vai ser assim.

Avatar
Joel Segala Robinson 30 de abril de 2021

Na medida do aumento do uso do CE como ficará a Petrobrás nezte cenário. Vai pro vinagre?

Avatar
Marcelo 30 de abril de 2021

Não só a Petrobrás como tbm os árabes donos do petróleo.

Avatar
Antonio jurcovich 30 de abril de 2021

Os árabes já estão preparando o futuro deles com turismo sabedores desta situação dos combustíveis

Avatar
Joel Segala Robinson 30 de abril de 2021

Como fica a demanda de energia elétrica? Países europeus que dependem da energia não hidráulica? Aí baixam violentamente o preço do petróleo?

Avatar
Cláudio 1 de maio de 2021

O carro elétrico deles é abastecido com termoelétricas à CARVÃO. Então, na verdade, são carros movidos a carvão.
Só estão varrendo a sujeira deles para debaixo do tapete…

Avatar
Paulo Carvalho 1 de maio de 2021

Vamos usar o petróleo ocioso para gerar energia elétrica. O petróleo deixará de ser consumido pela população diretamente, mas será isso pelos grandes fornecedores de energia. As termoelétricas!!!

Avatar
Sandro Silva 30 de abril de 2021

O planeta agradece pelos veículos elétricos. Se subsídios do governo ficarão excassos e as baterias serão caras, então q andemos a pé ou d bicicleta!

Avatar
Nelson da Costa Pedro 30 de abril de 2021

Este jornalista parece ser controlado pelas petrolheiras, é só comparar um celular e sua evolução para saber que o futuro é do carro elétrico o resto é conversa afiada .

Avatar
Geraldo Sebastião de oliveira 30 de abril de 2021

Os carros elétricos, abrirão espaço, para os carros magnéticos, movidos com máquinas de energia infinita. Não precisarão de estrutura de recarga, baixa manutenção, sem riscos de explosão e insendios. Em 2021, nasce a motocontinuidade, já temos o pedido de patente brasileira, ainternacional está em andamento.

Avatar
Seu Geraldo tá atrasado 30 de abril de 2021

Já inventaram.
Se chama usina hidrelétrica.
Painel solar.
E usina eólica.

Avatar
Cláudio 1 de maio de 2021

Painel solar não.
Tem um custo absurdo de reciclagem. Quem está instalando no telhado nem desconfia que vai ter que gastar i mesmo dinheiro que investiu, só para reciclar corretamente os painéis.

Avatar
Cláudio 1 de maio de 2021

Tipo um moto-perpétuo…

Avatar
Gabriela 27 de abril de 2021

Sinceramente, que matéria mal feita. Esse jornalista nunca estudou sobre nenhuma evolução antes?

Avatar
Rafael Duarte 29 de abril de 2021

Os carros elétricos estão aí pra quem gosta de viver este é o caminho só os elétricos 💋🤙💗💗

Avatar
Demilson Lima 30 de abril de 2021

Concordo, Perfeitamente!

Avatar
Conconco 30 de abril de 2021

Também concordo Tio

Avatar
Carlos 30 de abril de 2021

Que papo furado. Fez uma matéria com um título e três palavras sem utilidade.

Avatar
Conconco 30 de abril de 2021

Calma Tio Carlinhos, muita calma, o senhor precisa de ajuda? Informações? Para quaisquer esclarecimentos coloco-me a disposição.

Avatar
Cláudio 1 de maio de 2021

Ele falou pouco, mas botou o dedo na ferida: o carro elétrico é tão sujo com o a fonte de energia usada para abastece-lo. Como nosso mundo é movido petróleo e carvão, então…
Estude mais é critique menos.

Avatar
Helton Ferreira 27 de abril de 2021

A EVOLUÇÃO NÃO PARA .
TEMOS QUE ADEQUAR .
EX MACHADO E MOTO SERRA .
CARRO DE BOI E TRATOR .
E VARIAS MÁQUINA QUE VEM MUDANDO .
CARRO ELÉTRICO E TELEVISÃO OU CELULAR .
NA VERDADE O CARRO ELÉTRICO ESTÁ ATRAZADO .
BORA GASOLINA TÁ MUITO CARA .

Avatar
Fernando 27 de abril de 2021

Bom dia, a minha dúvida de leigo é a seguinte, se pequenas pilhas tem que ter o descarte de maneira correta, o que fazer com milhões de baterias, daqui a 50 anos?
Qual tempo de duração de uma bateria?

Avatar
Marcus 27 de abril de 2021

Essa é uma questão que deve ser debatida sempre. Acho também que ainda tem muito o que se discutir com o uso desses carros e a questão do custo.

Avatar
Cláudio 29 de abril de 2021

O mesmo que se faz hoje com as baterias dos carros a combustão! Reciclagem…

Avatar
Geonilton 29 de abril de 2021

É verdade

Avatar
Bruno Carettoni 27 de abril de 2021

É tudo muito novo, mas vamos ter que nos adequar

Os países que vão proibir carros a combustão até 2030 estão investindo ainda mais em transporte público, transporte compartilhado e transporte por demanda.

A tecnologia avança muito rápido. As baterias vão ficar mais baratas e mais eficientes, mesmo produzidas em larga escala.

Os empregos vao ter que ser readequados, redirecionados. O mercado é assim em todos os setores. Porque não vai ser no automobilístico?

Avatar
Bruno Reis 28 de abril de 2021

A questão em discussão é exatamente o oposto que tu falou.
-Não existe a necessidade de nos adequarmos.
-Os países que definiram 2030 como limite, vão adiar essa data várias vezes por ser impossível o mercado se adequar a uma data pré definida.
-Independente de qualquer investimento em transporte de massas, os custos é quem ditam o mercado e o retorno a curto prazo destes investimentos.
-E assim como os motores a combustão super avançados que temos hoje, ficam a cada dia mais caros, assim também será com os baterias que equiparão os elétricos.

Avatar
Marivaldo Alves Vieira 27 de abril de 2021

Apregoam que o carro elétrico é ecologicamente correto. Engano. Estão só retirando a combustão de dentro do veículo e tranaferindo para o lado externo nas usinas térmicas (que queimam hidrocarbonetos) e nucleares, por exemplo. Pra energia chegar aos pontos de recarga das baterias, grande parte da energia elétrica gerada se perderá na forma de aquecimento (perda ôhmica nas redes de transmissão e distribuição). As captações energia solar e eólica para transformação em elétrica também causam distúrbios ao meio ambiente. Em menor grau, mas causam.

Avatar
Lucidio Marcus 27 de abril de 2021

Boris, todo país sério segue a lógica capitalista de vender barato produtos e serviços para o mercado nacional e caro para o estrangeiro. Já o Brasil e outros países colônias tecnológicas vendem caro para o mercado interno produtos manufaturados da indústria e frutos da terra, mas para o estrangeiro vendem baratos tudo que nós temos. Tudo isso que vem de fora caro não ajudará em nada nossa economia doméstica.

Avatar
Akira 27 de abril de 2021

Concordo plenamente com vc.

Avatar
PAULO E SILVA 27 de abril de 2021

Correto

Avatar
Jose cicero dos santos Cicero 27 de abril de 2021

Verdade ,o brasil não valoriza os seus ,e sim os estrangeiros,estamos sofrendo muito com isso e pagando muito caro pelo nosso próprio produto,isso é patriotismo?????????????????????

Avatar
Amarildo Abade da Silva 27 de abril de 2021

Patriotismo subalternos
.
Patriotismo colonial .
É patético o conceito de patriotismo desse povo refém da elite do atraso .

Avatar
FRANCISCO JOSE SOARES 26 de abril de 2021

Outras coisas graves e preocupantes: como será o descarte destas baterias?

Se estamos pagando a conta de luz residencial em bandeiras amarela e vermelha, será conveniente transformar a frota em elétrica?

Avatar
Elias Freire 26 de abril de 2021

A questões levantadas pelo jornalistas são muito primárias. Todos sabem que qualquer componente tecnológico se inicia com preço elevado e a tendência e baixar a medida em que são popularizados. Essa e uma tendência sem retorno, estás questões levantadas não sai suficientes para que não tenham sucesso.

Avatar
Edson 26 de abril de 2021

No momento,o veículo elétrico é muito caro no Brasil.

Avatar
Germino 26 de abril de 2021

Os carros elétricos, são tendências inevitáveis em todo o mundo e isso é ótimo, pois precisamos ancontrar alternativas para não usar combustíveis fósseis, pois além de poluir muito, sofre constantes variações e especulações.
E necessário e inevitável que os carros elétricos venham cada vez fazer parte da vida de todos em todos os lugares do Mundo.

Avatar
Leonardo 26 de abril de 2021

Está é uma tendência sem retorno amigos. Podem até surgir novas ideias mas, motor a combustão como conhecemos está com os seus dias contados. Sem chance de continuar…

Avatar
Jose luiz de Moraes 26 de abril de 2021

Eu não vejo a hora de os carros ser elétrico, ,,,,, só para não escutar os barulho dos motores dos carros a combustível. .

Avatar
Rafael 26 de abril de 2021

Boris, com todo respeito discordo da sua opinião. Todas as invenções tecnológicas, ou quase isto, foram caras no início de suas comercializacoes, exemplo: celular, microcomputadores, etc… Israel já circula praticamente 100% de carros elétricos, e a Europa vai na mesma tendência. Peças idem ao q já falei, ex. um mouse de computador antigamente não se achava por menos de 100 contos um ruim, hj por 15 já encontra um razoável.
O carro elétrico vejo com alguns volta, ainda bem, precisamos viver mais sustentáveis.

Avatar
Paulo 25 de abril de 2021

Carro elétrico não tem problema nenhum.como esta dizendo nosso amigo aí. Pelo contrário. Vai gerar muitos empregos. E Novas gerações de carros vão surgir que o tempo de recarga vão ser mais breves. E num futuro bem próximo o próprio carro vai se carregar sozinho.

Avatar
Andre Fatudo 26 de abril de 2021

Vão gerar muitos empregos. Vão tirar muitos empregos. As baterias serão feitas de quê …

Avatar
Antônio Azevedo 25 de abril de 2021

Senhores
Vejo com entusiasmo o advento dos veículos elétricos.
Os mais informados, com certeza, lembrarão das exclamativas por ocasião do surgimento das primeiras “carruagens sem cavalos”.
As manifestações são veementes, de acordo com a época e os prejuízos financeiros para aqueles,cujos negócios são voltados exclusivamente para tecnologia que, provavelmente será superada.
Como ficaram os fabricantes de máquinas de escrever com o surgimento dos computadores.
Quantos desempregos gerou a criação e o aprimoramento dos celulares. Quantos segmentos de mercado ele extinguiu?
A verdade é que muitas pessoas, mesmo em diversos níveis intectuais e/mercadológicos, em vez de encararem as evoluções como oportunidades de crescimento, entram em pânico.
Desde que o mundo é mundo, as transformações em todos os setores da vida humana, estarão sujeitas as mudanças.
Quem embarcar no trem da história evoluirá junto, já os que ficarem na estação…

Avatar
Emanuel 25 de abril de 2021

Carros elétricos serão o futuro isso é fato mas ainda não é a realidade e para 2030 é piada é só um bando de parasita escrevendo um papelzinho e achando que vai mudar a realidade, tecnologia de bateria e geração de energia é algo que demanda tempo pq precisa ser certificado que é eficiente e seguro, por motivos óbvios.

Como diria Bastiat existe “O que se vê e o que não se vê” é muito lindo ver um carro que não tem emissão de poluentes.
Mas o que não se vê é que a fabricação de um carro elétrico é mais poluente que de um carro a combustão ou híbrido.
A energia mundial em sua maioria vem de fontes poluentes, e não adianta falar de sistema com placas solares pq isso é realidade pra países como o Brasil que tem alta incidência de sol o ano todo, mas não é a regra em boa parte do mundo.

Avatar
Junior 25 de abril de 2021

Percebam que toda “boa tecnologia”, cada vez mais, vai nos prendendo e nos deixando cada vez mais dependente do sistema.
Corram ..!

Avatar
Jesus Te Ama 25 de abril de 2021

Até o começo da década de 90 os carros no Brasil usavam carburador. Em muito pouco tempo não foram mais usados em carros novos. Semelhantemente acontecerá com os motores de combustão interna. No Brasil há uma turma na política que tentará segurar isso ao máximo, pois o dinheiro que retiram do combustível fóssil é muito alto. São interesses pessoais de pessoas que foram elegidas no poder. Uma hora não terá como segurar mais.

Avatar
José Geraldo da Silva Moreira 24 de abril de 2021

Quando existe propósito real e os esforços são direcionados na solução dos problemas, eles não são capazes de impedir a implantação de uma nova tecnologia. De certa forma, o que alguns vêm como problemas, outros vêm como oportunidades. As baterias não devem aumentar de preço, pois, com o aumento da escala haverá direcionamento de linhas de produção para a fabricaçâo das mesmas e a concorrência se encarregará de reduzir os preços. Mudanças no mercado de trabalho acontecem o tempo todo e cabe aos profissionais se atualizarem para manter sua empregabilidade no mesmo setor ou onde houver demanda. Negócios ligados ao abastecimento rápido, com assinaturas para trocas imediatas de bateria em postos já estão surgindo na Europa. A hora é de aguardarmos com ansiedade o momento em que todos poderemos desfrutar a um custo acessível às enormes vantagens que um carro elétrico apresenta em relação aos carros acionados por motores a combustão.

Avatar
Antônio de Pádua Pereira Alvim 24 de abril de 2021

E quando estiver viajando quanto vai custar uma recarga da bateria na estrada

Avatar
Rafael 26 de abril de 2021

Leve bateria de reserva, sem contar q autonomia já melhorou muito, e ficará bem melhor

Avatar
Amarildo Cruz 24 de abril de 2021

Ainda não ouvi nem li sobre como o mundo vai suportar o aumento da demanda de energia? Será que existe capacidade energética pra suprir a demanda ou teremos usina a carvão ou óleo pra gerar energia? De que adianta usar carro elétrico e gerar energia de forma poluente?
Pior. Como será a destinação das baterias usadas? Onde seria destinados esses resíduos tão perigosos só meio ambiente?
Enfim. Esperar para ver, mas os desafios são ainda maiores do que até age-se ouviu falar…

Avatar
Egon Friedrich 24 de abril de 2021

Senhor Amarildo Cruz!
Eu com 20 placas fotovoltaicas e um Inverssor, gero uma média de 900 Kwh mês de energia solar 100% pura, sem poluição nenhuma.
Para o senhor entender melhor o que quero dizer, num ano e oito meses que o sistema está ativo, gerei todo o meu consumo e já possuo um crédito de 5.234 Kwh junto a concessionária de energia.
Mesmo, eu tendo um consumo bastante expressiva na minha residência ou seja, em torno de 700 Kwh mês, se tivesse dois carros elétricos e fizesse as recargas em cada, eu não gastaria eu não gastaria todos os meus créditos.
Então, é perfeitamente viável a implantação desses sistemas em grande escala.
Um abraço e um bom final de semana.
Egon Friedrich

Avatar
carlos perkoski 24 de abril de 2021

Pois é, pensam só em gastar no que se tem. Evoluir não se pensa.

Avatar
Joel do Prado Jr 24 de abril de 2021

Muito boa a troca de experiências aqui, especialmente a do Sr. Egon. Estou caminhando para colocar placas solares em minha casa e poder ler sobre a experiência do Sr. Egon me animo mais ainda. Moro em São Paulo, capital e mesmo aqui a pesquisa tem que ser intensa até compreender e poder adquirir um bom sistema…

Avatar
José Scalassara 27 de abril de 2021

E quem mora em apartamento põe placas aonde? E os países com inverno rigoroso com pouca luz solar? Com certeza haverá, no futuro, preço de “KW.h residencial” e “KW.h automotivo” e o custo do Km rodado elétrico será similar ao Km rodado a gasolina. E assim vai…

Avatar
Fabio Monteiro Letter 24 de abril de 2021

Pelo visto não ouviu falar em energia solar e eolica. Quanto às baterias, até as já usadas atualmente em carros a combustão são recicladas. Se for argumentar contra, fale dos empregos que esses sim serão prejudicados.

Avatar
Wanderson 26 de abril de 2021

Sem falar que na extração do lítio, componente das baterias, há uma enorme demanda de água, e o uso de produtos químicos na separação que degradam o meio ambiente… Não há nada de energia limpa, preservação, blá blá… Tudo tem interesse econômico por detrás…

Avatar
Vancleves Cerqueira de Almeida 24 de abril de 2021

Não acredito que aqui no Brasil a substituição vai ser rápida, vamos ter carros a combustão e elétricos rodando juntos, acho bom pois como sou gerador de energia solar só vou precisar aumentar algumas placas a mais para abastecer o carro,o carro elétrico vai ser bom até para quem tem carros a combustão, o preço da gasolina, do diesel e do etanol vão recuar.

Avatar
ENAX 24 de abril de 2021

Já existem táxis na Índia rodando com ar comprimido. Não polui, é barato e tem em qualquer posto, tem facilidade de reabastecimento e os cilindros são de ferro, metal de baixo custo e muito presente na natureza. Não utiliza cobre ou outros metais caros e só utiliza a energia elétrica para o compressor do posto que provavelmente terá que ser de maior tamanho e de maior potencia para carregar os cilindros do carro mais rapidamente.

Avatar
Mauro junior 24 de abril de 2021

A produção de energia elétrica só é “limpa” se for eólica ou solar, levando em conta os materiais altamente contaminantes utilizados na fabricação dos equipamentos.Não estou dizendo que deve continuar a matriz no petróleo, mas o nosso etanol, além de gerar milhões de postos de trabalhos, é totalmente viável e renovável.

Avatar
Elias 24 de abril de 2021

Fazer etanoll com óleo dieeselkkkkk

Avatar
Antonio Huffell 24 de abril de 2021

Para vabilizar, as baterias quando descarregadas deveriam serem trocadas no postos de troca, sem a necessidade do motorista esperar.

Avatar
Rolando Alvarez 24 de abril de 2021

Perfeito, como é feito nós veículos elétricos das fábricas.
Baterias padronizadas e troca rápida

Avatar
APOLO KEIPPER PAZ 24 de abril de 2021

Assim nos aqui talvez teremos por um tempo gasolina barata,difícil!

Avatar
UBIRAJARA CHAVES 24 de abril de 2021

Todos falando de não poluição do ar, ok mas ninguém fala da poluição com os descartes das baterias.
Também os desgaste do solo para a mineração para extração dos insumos pra produção, ou vcs acham que no todo interesse do mundo pelo Brasil é pra que?

O Brasil será o país que mais vai sofrer com as extrações de suas riquezas.

Avatar
CIRILO MENDES FERREIRA NETO 24 de abril de 2021

Para o Brasil que tem dimensões continental era ideal o etanol, o etanol e renovável e resolveria a maioria dos problemas dos carros eletricos

Avatar
Luis Carlos 24 de abril de 2021

Se as baterias de celulares já são um de um prejuízo enorme para a natureza, imaginem o que será com o destino dessas baterias ?

Avatar
Roberto de Oliveira 24 de abril de 2021

Assim como bairros e cidades que não tem desenvolvimento atrasos e postos de saúde os políticos roubam todo esse dinheiro e fica esse atraso na nossa vida e assim e o carro elétrico o Brasil movimenta milhões bilhões em combustível e o governo vai atrasar o máximo para q isso comece a funcionar no Brasil,simples assim !

Avatar
Ronaldo 24 de abril de 2021

Uma pobreza de reportagem!
Ainda bem que os comentários melhoraram o nível de informações sobre o assunto. Parabéns!
Carro elétrico é igual a Uber: dói mas acostuma!
Vai chegar o momento em que escolher vai valer a pena… e não demora!

Avatar
Mario Cesar 24 de abril de 2021

E vai ter energia elétrica para abastecer esse monte de carros elétricos ou vamos ter que ligar as termoelétricas para suprir o aumento da demanda?

Avatar
Francisco Rivaldo 24 de abril de 2021

Energia solar uma boa ssida

Avatar
Vilson Lopes De Oliveira 24 de abril de 2021

Cara, energia solar é uma realidade, instalação barata, (se paga em 2 anos) não polui, gera energia para sua casa e seu automóvel.

Avatar
Jone Ávila Vasconcelos 24 de abril de 2021

Bom acho que o mercado está bem aparado hoje temos o álcool que não polui o ambiente e os que abastecem a gasolina tem o catalisador então essa cadeia e bem administrada para quem vive de trabalhar com o carro existe o GNV que também não polui !!!Acho que não a necessidade de carros elétricos no Brasil a Europa e outro continue então o que cabe lá às vezes não cabe aqui vamos ver como as norte americanos vão se comporta afinal aqui é América!!!!

Avatar
Fernando H Sousa 27 de abril de 2021

Etanol não polui? Cara, se tá tendo queima, tem emissão de poluentes, sem falar que a produção de cana de açúcar, a base do etanol, empobrece o solo e deixa ele inutilizável por anos. Após um ciclo de cana, é necessário a terra ficar improdutiva por cerca de 2 a 4 anos. Isso gera inúmeros problemas, desmatamento entre outros. GNV também polui, menos que a gasolina, claro, mas é muito ineficiente do ponto de vista energético, sem falar que é um sistema que mesmo depois de décadas ainda costuma ser problemático e causar falhas constantes e desgastes prematuros de peças.

Avatar
Alberto 24 de abril de 2021

Vai dar certo .

Avatar
Rilson 24 de abril de 2021

Aí a solução pode ser migrar pra energia solar ou outra de geração própria, mas até isso o governo sinalizou tarifar

Avatar
Javan de Oliveira kendrick 24 de abril de 2021

É verdade. Filma fez a legislação dobre energia solar. É a mais moderna do mundo e obriga as distribuidoras são obrigadas a receber a energia de dia fornecer a noite ao usuário. Os preços dos equipamentos têm caído deste então. Mas o governo atual já fala em retirar esses benefícios, inclusivé cobrar impostos . Tudo imposições de especuladores das bolsas que possuem ações das hidrelétricas e distribuidoras. Isso ja ocorre na Petrobrás com os combustíveis que o governo já dolarisou. No passado recente , nos tempos do PT os combustíveis passavam anos sem reajustes. Mas como brasileiros recebem salários em dólar, tufo bem né.

Avatar
Luiz Sérgio Mendes 24 de abril de 2021

Na realidade seja á combustíveis ou elétricos!
No Brasil tudo se torna o mais caro do mundo!
Então de que vale se sentar diante desta realidade e discutir sobre o que compensa e o que não compensa na mudança dos Carros em um país como o Brasil.

Avatar
Rilson 24 de abril de 2021

Vemos como vantajosa a questão da redução gritante dos sistemas do veículo elétrico. Não há risco de superaquecimento, não precisa mais de lubrificantes, redução total de ruídos principalmente das descargas livres das motos, entre outros

Avatar
José Scalassara 27 de abril de 2021

Já viu o sofisticado sistema de refrigeração das baterias de lítio?

Avatar
Arckthur 24 de abril de 2021

Vai ser como o carro a álcool. Problemad: 3 km/litro, álcool adulterado, dificuldade qdo desejar sair depressa no inverno; e outras queixas .Lembrar que já tive muitos carros a álcool, 4 flex (agora só uso gasolina) e 3 diesel
Álcool só destilado e purificados. Envelhecidos 12 anos em coquetéis de amigos.

Avatar
Paulo de castro dias 24 de abril de 2021

O carro elétrico vem e vamos continuar gastando com ele isso é certo. Mas emcontrapartida vamos deixar de gastar com muitos tipos de remédios para combater doenças geradas pela queima de combustíveis nestes tempos presente e querer um veículo seja qual for e não ter dispensas com ele, só tem um jeito: é não adquiri-lo.

Avatar
Wagner L Costa Jr 24 de abril de 2021

Não é uma afirmação, e sim uma dúvida, será que assim como as baterias de celular que geram radiação que pode desenvolver problemas na saúde, as baterias automotivas também não emitirão essa radiação? Por serem maiores elas não emitem radiação maior lembrando que hoje ambas as baterias são de íons de litium

Avatar
Gustavo De Martini 24 de abril de 2021

O pessoal acha que é só fazer uma extensão e ligar o carro na tomada. Existem vários poluidores antes de chegar nos carros, pesquisem e saberão que isto de virar a chave para 100% elétricos é modismo. Quantos empregos se perderão? Aonde serão jogados os metais pesados das baterias? Estes carros são e continuarão mais caros que os atuais mas ninguém fala disto. Não temos hoje energia suficiente nem para abaster os ar condicionados aqui no Brasil. A Europa que se diz pronta para está troca dependo da Rússia para não morrerem de frio no inverno. Onde está a melhoria? Fizemos o etanol totalmente renovável e vegetal e agora por no lixo? O hidrogênio para uso veicular foi engavetado pela turma do magnífico elétrico? Verificando as fontes poluentes do planeta com certeza poderíamos rodar muitos e muitos km ainda com os nossos motores a combustão que tanto nos serviram.

Avatar
Arckthur 24 de abril de 2021

Correto amigo!

Avatar
Lauro Henriques da Rocha 24 de abril de 2021

O carro elétrico eh uma realidade, isto é realidade,e esses problemas serão resolvidos na medida que surgirem,mas temos já outras alternativas, que em momento certo serão apresentadas.

Avatar
Waldiney 24 de abril de 2021

Eu não vendo o meu. Cou esperar o elétrico disparar e a gasolina ficar de graça.
Afinal, onde vao enfiar todo esse mercado de extração do óleo que usamos atualmente!?!!?…
Sempre teremos carros a gasolina. Até a humanidade passar dessa pra outra.
E os aviões de 100; 200 passageiros… vão usar eletricidade também!?!?!…

Avatar
Marcos 24 de abril de 2021

Já tem aviões elétricos amigão ..tá ultrapassado enh

Avatar
jedielson 25 de abril de 2021

Ressaltando que o pessoal só comenta sobre a poluição de carros, e os aviões e navios ninguém fala de mudar. Essa conta nunca fecha, é sempre os pequenos que não incomoda que querem mudar…..

Avatar
Clodoaldo 24 de abril de 2021

Dentre todos os pontos que vc colocou eu destaco só um; o Brasil vive no risco de apagão de onde vai tirar energia pra toda essa demanda?

Avatar
Vilson Lopes De Oliveira 24 de abril de 2021

Energia Solar, acorda Brasil, o sol é de graça, o investimento se paga em 2 anos, depois é só usufruir. Certo

Avatar
Marcos 24 de abril de 2021

Meu amigo ..meu irmão já usa carro elétrico nós EUA a mais de 1 ano e tem tomada nós supermercados e em outros pontos dos EUA ..o Brasil e o cu do mundo e o brasileiro pior ainda ..tu acha que os carros normais não tem bateria não e ? Coisas boas pra gente civilizada e coisa ruim pro 3 mundo

Avatar
HEMERSON CLAVEJO 24 de abril de 2021

Dessa vez a Petrobras quebra de vez

Avatar
Romão Miranda Vidal 24 de abril de 2021

Vai ser pessimista lá nos inferno. Já pensou você ter uns painéis fotovoltaicos na sua residência e usa-los para abastecer seu carro? E a transformação nos postos de abastecimento de combustíveis

Avatar
Leonardo Machado 24 de abril de 2021

Claramente nem o autor e nem os leitores estão cientes de que a eficiência de um motor de combustão. Apenas metade do que você paga de energia do combustível é realmente convertida em movimento do veículo. Essa eficiência é muito maior para motores elétricos e potencialmente ilimitada, fisicamente falando.
Fora isso a energia elétrica é muito mais fácil de se produzir do que perfurar poços de petróleo. A única razão pelo qual estamos atrasados nessas tecnologias é porque as gigantes petrolíferas preferem que o mundo seja movido por combustíveis.

Avatar
Mauricio 24 de abril de 2021

Verdade! Eles tao nem aí para a saúde das pessos e do planeta.

Avatar
Ricardo Lobo 24 de abril de 2021

Será que nosso país está preparado para receber uma frota gigantesca de carros elétricos? Se já temos sérios problemas de abastecimento elétrico em diversos estados do Brasil, represas com níveis de água sempre nos níveis mais baixos possíveis, imagina uma frota de milhões de veículos elétricos.

Avatar
Cesar Valmor Stallivieri 24 de abril de 2021

Seis bem melhor usar o sol e os ventos, fica a dica, att

Avatar
Élcio Zicardi 24 de abril de 2021

Essa e a assertiva correta. Alguém já pensou na demanda futura de energia elétrica ?

Avatar
DalterLS 24 de abril de 2021

A matéria tem mais perguntas do que respostas.

Avatar
Celso 24 de abril de 2021

O pessoal acha que a eletricidade vem da tomada…kkkk. Parece que ninguém pensa no custo ou no impacto ecológico da geração dessa. No Brasil onde a matriz é basicamente hidroelétrica, já é bastante complicado e temos que lançar mão de termoelétrica, ou seja queima de combustível e poluição. Fora a demanda descomunal. Em outros países termoelétrica e nuclear. Soma-se a isso o problema do descarte das baterias…. então carro elétrico ser ecológico é falácia, mentira, Papinho para enganar trouxa e suprir interesses econômicos.

Avatar
Doulivan.Silva Ferreira 24 de abril de 2021

Amigo existe uma forte tendência voltada a energia solar com capacidade de armazenamento.Combustiveis fósseis podem sofrer forte queda na demanda para a próxima década.Não deixará de existir mas cairá drasticamente.

Avatar
Lavozier Estevao Dos Santos 24 de abril de 2021

Zeca certamente o setor automobilístico terá superado ou absorvido muitas das questões q vc levantou ….porem subsídios nunca vai deixar de existir por parte dos governos ….principalmente pelo EU que tem sem seu bojo as maiores fábricas e um interesse por energia limpa , que é o maior problema futuro dos americanos.

Avatar
Abelardo Santos 24 de abril de 2021

Qual é a vida útil dessas baterias? Sabemos que toda bateria recarregável tem uma vida útil em ciclos de recarga e em um carro de serviço este ciclo é bem alto.

Avatar
Luiz Romani 24 de abril de 2021

Uma pergunta, quanto custa para fazer a recarga da bateria? Lembrando que, o consumo, não deve ser pouco, e comparando com um chuveiro ou ar condicionado, pode se tornar mais caro que a gasolina ou etanol.

Avatar
Marcos dos Santos 24 de abril de 2021

O que não e viável o consumidor ficar refém de um combustível caro , e poluente , afinal que venha os carros elétricos e Adeus a exploração dos combustíveis, afinal energias eletricas biosustentaveis irão surgir em longa escalas pra abastecer essa demanda

Avatar
eeber de oliveira 24 de abril de 2021

mande-Me algo que eu esteja procurando. E neste caso é :relógio tecnos automático

Avatar
Érlon Santos 24 de abril de 2021

Baterias de todos os tipos já são descartadas ou recicladas hoje em dia, inclusive dos veículos que já não duram 2 anos… e a economia de lubrificantes do motor é câmbio? Pastilhas de freios, pneus terão vida mais longa, e o montão de peças s menos que terão que ser produzidas e recicladas? Os carros elétricos são menores e mais espaços… impacto menor em tudo!
Falta só aprimorar placas solares no teto e capô… no Brasil onde tem tanto sol e carro fica ao relento, os veículos podem até gerar energia limpa.

Avatar
geeovanelino@gmail.com 24 de abril de 2021

Isso mesmo falou tudo. Essa reportagem pra mim foi umas das piores só falou besteira, superficial. Teremos grandes vantagens e sem contar na diminuicao dos cartéis dos combustíveis.

Avatar
Celso 24 de abril de 2021

Aí vai cair nos cartéis dos mineiros das baterias….kkkk.

Avatar
Mauricio 24 de abril de 2021

Novos mervsdos abrirão, principalmente no que ainda somos ruins, reciclagem!

Avatar
Antônio Carlos Rodrigues Chaves 24 de abril de 2021

Esse senhor chega ser patético com esse comentário ridículo!

Avatar
Fabio 24 de abril de 2021

E a reciclagem das baterias não existe, será e é um poluidor em potencial que estão encobrindo, existem outras formas mais baratas de diminuir a poluição, os europeus que parem de contrabandear a madeira extraída ilegalmente do país, isso eles não falam, que tal também os grandes poluidores pagarem um sobretaxa para nós, acho que seria justo. Mas tem outro ponto, que é o interesse em ter que pagar o abastecimento para as geradoras e distribuidoras de energia, como no carro a combustão, porque não criam um sistema autômato para carregar as baterias enquanto ele está em funcionamento. Esqueceram também de dizer o quanto essas baterias são instáveis, podendo vir a entrar em combustão aleatoriamente. Pois é, viva aos governos que gostam desculpem a expressão de tirar da reta ou melhor se vendem ou são precionados pelas grandes corporações.

Avatar
CARLOS ROBERTO DA SILVA 24 de abril de 2021

Bom Dia!
Tudo q foi falado,todos sabem. Eu quero saber ,o que ninguém contou.
Falou,falou e não disse nada! É o que achei!

Avatar
Reginaldo Renzon 24 de abril de 2021

Ao invés de se criar uma indústria paralela para a mesma ir se adaptando e evoluindo para resolver as demandas, preferem impor a proibição dos veículos a combustão de uma vez só,sem espaço para soluções alternativas ou híbridas,o que seria o mais lógico a se fazer.

Avatar
Marcelo Arruda 24 de abril de 2021

A ideia de que o carro elétrico é ecologicamente correto é uma falácia. Ao final da vida útil dos carros ou das baterias, elas se tornarão um lixo tóxico muito difícil de ser resolvido. A reciclagem será muito cara. O outro aspecto é que, nos EUA e na Europa a energia elétrica que ‘abastecerá’ esses carros é gerada a partir de uma matriz energética suja e nada ecológica: usinas elétricas movidas a carvão mineral, que contribui demais para as emissões de poluentes na atmosfera.

Avatar
Celso 24 de abril de 2021

Finalmente alguém com clareza de opinião… O pessoal está cego pensando que os carros elétricos são só vantagens…achando que a energia nasce na tomada…kkkk.

Avatar
Marcos 24 de abril de 2021

Existem painéis fotovoltaicos

Avatar
Geraldo 24 de abril de 2021

Não concordo com essa abordagem. Ficou muito vago. Aqui no nosso país não temos esse subsídio. O governo mais atrapalha do que ajuda. A tendência são os preços caírem com a adesão em massa e a concorrência, como fez a China com os eletro eletrônicos no mundo. E o bom é que vem a discussão da energia renovável com o este advento.

Avatar
JCeno 24 de abril de 2021

Sem contar que já estamos pagando bandeiras de tudo o que é cor agora. Imaginem quando milhões de carros estiverem consumindo a nossa eletricidade! Vamos pagar absurdos nas tarifas de energia elétrica. Fica mais fácil pro governo, lascar a gente, do que invertir em outras fontes de energia!

Avatar
Sergio Ten Cate. 24 de abril de 2021

Verdade. As concessionárias de energia estão se preparando para nos esfolar.

Avatar
Francisco Buba Neto 24 de abril de 2021

Gostaria de saber sobre descarga elėtrica em caso de enchente e colisões. Para os internos tem a gaiola de Faraday , mas para os extremos?

Avatar
João Mude Hoga 24 de abril de 2021

E esta gaiola de Faraday descarrega o surto atmosférico aonde se o veículo está isolado com pneus de borracha.

Avatar
Carlos luiz 24 de abril de 2021

Os combustíveis que usamos atualmente, que são esgotaveis, nós trazem mais problemas que todos os argumentos levantados até agora.

Avatar
Fabio Zamboni 24 de abril de 2021

álcool pode ser mais limitado mas é tão esgotável quanto a eletricidade

Avatar
Samuel mathias roza 24 de abril de 2021

O futuro do mundo e inovasao isto chama nova orden mundial ate 2030 tudo vai mudar ate a amazonia pr o futuro ok samuel mathias roza

Avatar
Romero 24 de abril de 2021

Não gostaria de perder o prazer de dirigir um carro a combustão, aquela vibração dos pistões do motor, aquele ronco quando acelera. O carro elétrico deve parecer aqueles carrinhos bate e volta dos parques de diversões: diverte mas não emociona um adulto.

Avatar
Marcos 24 de abril de 2021

Ama ficar doente né seu

Avatar
Eloir 24 de abril de 2021

Neu amigo. Porque falam tanto em subsidios??.por acasi o giverno esta pagando parte desses veiculos??. É claro que não. Pelo contrario. Quando se produz um carro desses. Se paga impostos para o governo . e quando vc compra um carro desses o governo tambem recolhe impostos. O que acontece é que vcs querem almentar mais os impostos desses veiculos pensando no dinheiro que deixarão de receber nas bombas de conbustível das quais a população é refem hije.. Duga não à impostos e supostos subsídios!!!

Avatar
Paulo 24 de abril de 2021

Muito bem colocada a sua opinião que é exatamente a minha

Avatar
Celso 24 de abril de 2021

Kkkk… Vc não paga imposta na eletricidade? Dá uma olhada na sua conta de energia. Pqp… é cada uma!!? Afff

Avatar
Marcos 24 de abril de 2021

Vários estado brasileiros não cobram ipva em carros elétricos

Avatar
Wilson 24 de abril de 2021

Ótimo conhecer sobre carros!

Avatar
Clodoaldo Ronda Machado 24 de abril de 2021

Sem dizer que a energia elétrica não pode ser criada e nem destruída. Apenas tranaformada. Portanto da mesma forma que essa energia vai ser tranaformada em energia cinética nos veículos automotivos, será preciso de recursos para transformar outras fontes em energia elétrica.
Com o advento de veículos elétricos cada vez mais constantes, como será afetada a reserva energética no país e no mundo? Está sendo planejado infraestrutura para suprir o aumento da demanda? Isso não vai criar uma crise energética nos países que adotarem esses tipos deveículos de forma contundente? Lembrando que existe várias formas de se “gerar” energia. O importante é que o processo seja de forma limpa e sustentável, tendo em vista que é esse o conceito dos veículos elétricos…

Avatar
Jorel Robinson 24 de abril de 2021

O que será da Petrobrás? A matriz de energia elétrica suportará a demanda?

Avatar
Fred Tomás 24 de abril de 2021

Onde é que vão tirar tanto cobalto para a fabricação das baterias depois que a demanda aumentar? Nem quero pensar no que vai acontecer com a RDC República Democrática do Congo e a África em geral…

Avatar
Eloir 24 de abril de 2021

Porque acha que estão explorando outros planetas ??? Beeeeeee!!!!!!

Avatar
Fred Tomás 24 de abril de 2021

Tem ideia de quando começam a chegar resultados da exploração especial? E enquanto não chegam cá os minérios de outros plantas o que vai acontecer com os escassos recursos disponíveis?

Avatar
Roberto Martinelli 24 de abril de 2021

Você não imagina o preço para levar uma meia da Terra até Marte. Imagine trazer mineral de lá.

Avatar
Mauricio 24 de abril de 2021

Haverá várias tecnologias envolvidas e em desenvolvimento como, nano alinhamentos dos compostos, diferentes tipos de regentes, supercapacitores e etc…

Avatar
sidnei da Silva 24 de abril de 2021

Olá , acredito que um dos meus maiores sonhos e mais importante da minha vida e ter um carro verde, não estarei a tempo de ver o mundo só de carros elétricos, é muita emoção só em pensar nisso,mas já fico feliz de ver um grande começo, parabéns aos homens de boa vontade o planeta agradece com um sorriso verde.

Avatar
joão marcos jorge 24 de abril de 2021

Para os ambientalista de plantão me respondam aí, qual o custo ambiental para se produzir um veículo desses comparado a um convencional?
Outro ponto também é que, aqui no Brasil 80% da energia elétrica produzida é limpa, mais vale lembrar que o Brasil é exceção e que maioria dos países do mundo , principalmente os desenvolvidos que são os que mais consomem usam e produzem a dita energia elétrica suja, será que o custo ambiental realmente existe?

Avatar
Celso 24 de abril de 2021

Quer um carro verde? Pinte o seu de verde. Pq dizer que carros elétricos são ecológicos, limpos e maravilhoso… É falácia…como acha que geream energia hoje? Hidroelétrica, destruindo areas verdes, termoelétrica queimando cambustivel ou nuclear gerando lixo radioativo. Fora o descarte das baterias

Avatar
Marcos 24 de abril de 2021

Conhece paineis solares?

Avatar
Marcos 24 de abril de 2021

Todos esses problemas serão resolvidos ao longo do tempo

Avatar
Carlos Lopes de Abreu 23 de abril de 2021

Não se deve preocupar com destruição de empregos. Ao longo das dezenas de séculos de evolução do homem no planeta inúmeras atividades profissionais desapareceram e outras foram criadas. Quando o processo ocorre muito rápido pode ocorrer algum sofrimento, mas a evolução da humanidade é inevitável e, se no curto prazo, podemos enxergar problemas, no longo prazo as mudanças são sempre para o bem de todos.

Avatar
Robson goncalves da mota 24 de abril de 2021

Na minha opiniao e rudo balela isso fe carro eletrico vide celular usado com bateria. Viciada nao tem valor de revenda o mesmo acontecera com os carros eltricos carrisimo e nao terao valor de revenda
Hoje em dia vc ja encontra muitos carros udados que nao valem nada

Avatar
Hugo 23 de abril de 2021

A matriz energética envolvida na produção de baterias, assim como o petróleo, não é renovável. Me preocupa o impacto ambiental a ser gerado pelos resíduos oriundos da disposição destas baterias… afinal, no jogo econômico envolvido quem serão os vencedores?

Avatar
jack fernandes 23 de abril de 2021

Adequar a linha de produção é uma prática constate nas montadoras. A robotização na linha de montagem já eliminou milhares de postos de trabalho.
Quanto ao custo das baterias, ainda tem poucos fabricantes, com o aumento da demanda a concorrência também alimenta e novas baterias estão surgindo no mercado.
As inovações são par um bem maior.

Avatar
Júlio Corrêa 23 de abril de 2021

A economia é sempre a desculpa para a falta de evolução

Avatar
Marcelo Muniz 23 de abril de 2021

Sem falar na durabilidade das baterias, que é em torno de 10 anos. Melhor híbrido movido a combustíveis renováveis, energia solar e baterias.

Avatar
Mendel Guimaraes Bernardes 23 de abril de 2021

Esse comentarista não entende nada de economia. Vai acontecer tudo ao contrário do que ele disse.

Avatar
Leonardo cecere 23 de abril de 2021

A bateria vai poluir muito se não tiver um descarte correto é as fornecedoras de e energia continuará queimando combustível para fornecer mais energia o correto é fazer carro a hidrogenio.

Avatar
Joseph Medina 23 de abril de 2021

Ninguém descarta bateria. Mesmo as de chumbo, com pouco densidade de energia, têm valor de mercado, no Br, em torno de 100 a 150,00 BRL na base de troca. As de Ion-Lítio, com muito mais densidade energética, têm muito mais valor e servem mesmo usadas para diversos propósitos. E deverão ser todas recicladas, voltando ao mercado e ajudando a baixar o preço da mobilidade elétrica.

Avatar
Djalma 23 de abril de 2021

Show!!!

Avatar
Luiz Fernando 23 de abril de 2021

Quero saber se eles realmente estão de fato preocupados com meio ambiente, visto que as baterias são tóxicas e não podem ser descartadas em qualquer lugar. A demanda por energia, será que os governos vão dar conta com a estrutura atual?
Será que deverão acionar as termoelétricas e queimar mais combustível fóssil? Mas se acionarem as termoelétricas é trocar seis por meia dúzia. A hipocrisia dos governos europeus e da elite mundial chega dar nojo, querem impor as vontades deles no mundo inteiro sem sacrificar o ganho ou melhorar a estrutura mundial para suportar de maneira inteligente e balanceada a questão das emissões.

Avatar
Leonardo 23 de abril de 2021

Mas oi carros elétricos são viáveis pode ser carregados por hidrelétricas, eólicas e celulas fotovoltaica. Agora tem que ter investimentos

Avatar
Luiz Fernando 24 de abril de 2021

Isso eu escuto desde o ensino médio, porque nunca descartaram as usinas termoelétricas? A resposta é simples, porque não há tecnologia hoje no mundo eficiente na produção de energia. Vamos para questão das hidrelétricas, se houver uma estiagem prolongada por uma década, será que não teremos que recorrer as termoelétricas? No caso da energia eólica será que haverá sempre um clima favorável para geração? Para questão fotovoltaica, será que também teremos luminosidade suficiente para absorção, o material é suficiente para fazer mais placas? Por exemplo no caso da europa, falam tanto em redução em emissões, mas quando o frio aperta partem logo para as termoelétricas. Então meus amigos, não sejam ingênuos, não adianta limpar de um lado da sujar do outro. O dia que eles resolverem a questão da fusão nuclear e as questões das baterias poderemos falar em elétricos, mas c a tecnologia atual é apenas hipocrisia de um grupo tentando lucrar com narrativas totalmente sem base científica.

Avatar
Djalma 23 de abril de 2021

Boa!!!

Avatar
Fabio Zamboni 24 de abril de 2021

eu tb desconfio bastante da “real” preocupação com o meio ambiente. Com avanço da digitalização para evitar deslocamentos, maior oferta de transportes alternativos(uber e etc) com custoxbeneficio as vezes melhor q possuir um carro e aviação tb com melhor custoxbeneficio para longas distancias a compra de um carro volta a ser um luxo. Carros usados são suficientes bons pra maioria atualmente nem justifica pagar o preço de um novo. O que as montadoras precisam para continuar vendendo? Não seria mais verde apenas vender um kit de adaptação eletrico? ou investir em hidrogenio que mesmo mais caro para produzir se for feito com fontes renovaveis como solar, eólica, hidro ou até mesmo nuclear seriam mto mais verdes q o monte de baterias por aí? Para mim no final tudo se resume a dinheiro

Avatar
Sir.Alves 23 de abril de 2021

Oras, quem pode atualmente comprar um veiculo elétrico nesse pais? Os mais baratos custam mais de R$ 200.000,00… daqui a 10 anos será que vão baratear? Estarão pela metade do preço? Acho que não… e com o custo Brasil, é mais fácil dobrarem de preço nos próximos anos… então não há o que se preocupar com a demanda de energia elétrica… por que vai demorar bastante… bastante mesmo… acho que até que nunca vão se popularizar por aqui.. veículos a combustão vão sempre coexistir com elétricos nesse Brasilzão.

Avatar
Érlon Santos 24 de abril de 2021

Só o que gasto hoje de revisão é manutenção já paga uma bateria nova a cada 5 anos…. ressalto que depois de 4 anos ele perde eficiência, mas pode ser usada por uns 10 anos.

Avatar
Sérgio 23 de abril de 2021

O carro elétrico está vindo para ficar mas no futuro será um problema a questão da bateria, haverá desgaste. Nada dura para sempre! Provavelmente será inviável a troca da bateria para maioria dos condutores classe média (quando se popularizar).

Avatar
João Carlos Ávila 23 de abril de 2021

Os amantes da poluição,sempre resmungando contra os carros elétricos? Toca o barco!quer dizer toca carro elétrico! depois a gente corrige possíveis incovenientes? E chega de queimar petróleo…

Avatar
Djalma 23 de abril de 2021

Analisa Melhor as suas colocações!!

Avatar
Mister Gasosa 23 de abril de 2021

Em resumo… da lei da oferta e procura nunca se pode fugir!

Avatar
Carlos Alberto Meirelles 23 de abril de 2021

Discordo. Essa é uma visão de hoje, 2021. A evolução do carro elétrico no mundo (no Brasil jogue 30 anos para frente) não vai ser assim tão abrupta, quando chegar 2030 haverá ajustes nas normas, leis etc de acordo com a evolução e dificuldades tecnológicas e econômicas. Quanto aos empregos é ridículo falar que uma nova tecnologia que dispensa cuidados/manutenção é ruim por causar desemprego, se fosse assim ainda teríamos milhares de telefonistas, ajudantes para jogar carvão/lenha nos trens a vapor, milhares de guardas de trânsito que foram substituídos pelos semáforos etc etc.

Avatar
Paulo c Cabral 24 de abril de 2021

Amigos
Toda evoluçãonos dias atuais e claro trazem consequências graves e vinda só carro elétrico não fica pra traz.
As empresas e a sociedade tem q se adaptar ao NOVO/MODERNO e pra isso tem q ter planejamento de longo prazo onde várias empresas teeam q se reestruturarem ao NOVO pois os carros elétricos possuem 1/3 das peças dos carros a combustão. Isso significa 2/3 das empresas fecharam e milhões de pessoas desempregadas.
O q passamos hoje com os aumentos de combustível vamos passar também com a energia elétrica a menos q as empresas privadas possam instalar POSTOS GETADORES DE ENERGIA a gás ou hidrogênio ou alguma coisa q não seja DIESEL NEM GASOLINA para não voltarmos a estaca ZERO.

Avatar
Vinícius Alexandre 30 de abril de 2021

Vinícius
Enquanto não houver uma união nacional do povo a revindicar respeito aos verdadeiros donos desta terra, (o povo) e a consciência dos políticos que não serão reeleitos se não lutarem e trabalhar por está nação os brasileiros não teriam futuro.

Avatar
Carlos Rodrigues 30 de abril de 2021

Será que não está na hora de o governo se livrar da Petrobrás, daqui a 20anos ela não valerá nada aí quem sabe a gasolina não abaixa de preço

Avatar
Deixe um comentário