Motor 1.0 não é mais coisa de carros populares sem desempenho

Motores de baixa cilindrada sempre agradaram pela economia de combustível; agora, graças á tecnologia, podem convencer também pela performance

montagem automaticos mais baratos
Por Boris Feldman
07 de janeiro de 2020 08:30

Depois do tremendo sucesso que fizeram quando foram lançados, há quase 30 anos, os carros populares, com motor de um litro mas impostos lá embaixo, acabaram caindo em desgraça pelo fraco desempenho. Os motores desenvolviam 50, 60, no máximo 70 cavalos, e ainda por cima tinham que empurrar ar-condicionado, direção hidráulica e uma pilha de equipamentos.

E o mercado foi migrando para modelos com maior cilindrada, de desempenho razoável e um consumo ligeiramente maior. Mas aí veio o conceito do downsizing, da redução da cilindrada dos motores para a redução de consumo de combustível e emissões. Além disso, os impostos do motor de um litro, dos carros populares, foram mantidos lá embaixo.

O resultado é que hoje nós voltamos ao motor de um litro, mas com três cilindros, turbinado, injeção direta e eles já estão chegando a potências de 130 cavalos.

volkswagen virtus motor tsi carros populares

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário