Chery ‘fura bloqueio’ e estará no mercado norueguês

Apesar do 'bloqueio aos carros chineses' em alguns países da Europa, os veículos elétricos da Chery estão à caminho da Noruega

chery arrizo 5
Por Boris Feldman
02 de maio de 2019 19:30

Quando eu estive no Salão do Automóvel de Xangai, questionei alguns diretores da Chery, que tem parceria com o Grupo Caoa no Brasil, porque os carros chineses não aparecem nos Salões de primeiro mundo. Sabe qual foi a resposta?

[TRANSCRIÇÃO]

Numa entrevista para jornalistas brasileiros que estavam no Salão do Automóvel de Xangai, na China, eu perguntei para os diretores da Chery (que tem fábrica no Brasil em parceria com o Grupo Caoa) por que os carros chineses – inclusive os da Chery – não apareciam em Salões de Automóveis dos mercados de primeiro mundo, como Estados Unidos ou Europa?

Pois não é que um diretor da marca chinesa me responde que a pergunta era muito oportuna. Pois, eles tinham acabado de fechar um negócio de exportação de carros elétricos da Chery para a Noruega. E furado, portanto, uma espécie de ‘bloqueio europeu’ contra os carros chineses, justamente por um país super exigente em termos de elétricos, que já representam 60% das vendas do mercado doméstico norueguês.

Chery
Chery Tiggo 8 (Foto Boris Feldman | AutoPapo)

Você sabia que o AutoPapo também está presente em suas redes sociais favoritas? Clique e confira:

TikTok YouTube Facebook Twitter

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário