Escaparam alguns cavalinhos do Mobi…

A perda de potência resultou em uma considerável redução no consumo do Fiat Mobi. No fim das contas, o consumidor saiu ganhando

Redução na potência do Fiat Mobi fez o modelo ficar mais econômico
Redução na potência do Fiat Mobi fez o modelo ficar mais econômico (Foto: Fiat | Divulgação)
Por Boris Feldman
28 de janeiro de 2022 21:32

Alguém abriu a porteira e escaparam uns cavalos do motor 1.0 (quatro cilindros) Fire do Fiat Mobi.

O sub-compacto da Fiat entrou em 2022 com potência ligeiramente reduzida, para se adequar às exigências da nova legislação, a fase L7 do PROCONVE, o Programa de Controle Ambiental.

Então a potência, com gasolina, caiu de 73 cv para 71 cv. Com etanol, de 75 cv para 74 cv. Em compensação, a Fiat diz que a nova calibragem do motor reduziu o consumo.

O Fiat Mobi passa a fazer, com gasolina, 13,5 km/l na cidade e 15 km/l na estrada. Com etanol, 9,6 km/l na cidade, 10,4 km/l na rodovia.

VEJA TAMBÉM:

Uma razoável redução no consumo para compensar uma quase imperceptível diferença de potência. A rigor, o consumidor saiu ganhando…

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Polvo 31 de janeiro de 2022

Tirar potência de carro 1.0 aspirado é sofrível. Motor 1.0 aspirado deveria ser banido ou limitado a carros que pesassem no máximo 800kg. Quando carregam passageiros e bagagem essa economia vai toda pro espaço.

Avatar
cleverson 30 de janeiro de 2022

Onix muito melhor e mais econômico

Avatar
Zé maria 30 de janeiro de 2022

Credo. Fiat Mobi já é fraco, ainda tira dois pôneis

Avatar
Deixe um comentário