Seguro DPVAT está ‘quebrado’!

Susep transferiu administração de R$ 4,5 bilhões do seguro para a Caixa Econômica, mas recursos ‘acabaram’ e vítimas estão se indenização

batida de carro dpvat seguro
Depois de escândalos de fraudes, DPVAT foi transferido da Seguradora Líder para a Caixa Econômica Federal (Foto: Shutterstock | AutoPapo)
Por Boris Feldman
Publicado em 30/01/2024 às 07h02

O DPVAT, seguro obrigatório que indeniza vítimas do trânsito, é uma evidente demonstração do desastre que acontece quando a administração pública assume uma operação do setor privado.

VEJA TAMBÉM:

Depois de muitos anos de fraudes e maracutaias, a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) transferiu a operação do DPVAT da Seguradora Líder para a Caixa Econômica Federal. Ela também transferiu os R$ 4,5 bilhões dos cofres da Líder para a Caixa, que entretanto alega que esses recursos se findaram em 15 de novembro de 2023.

Resultado: as vítimas dos acidentes de trânsito que aconteceram a partir desta data estão sem cobertura e recorrendo à justiça para fazer valer os seus direitos. Uma calamidade resultante da leniência dos poderes Executivo e Legislativo.

Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário