Fiat Toro e os Jeep Renegade e Compass terão nova motorização baseada no Firefly

"A Toro vai ser a primeira picape da Fiat a receber essa nova motorização, que já equipa os compactos da marca lançados recentemente"

fiat toro fca divulgacao capa
Por Boris Feldman
31 de março de 2019 07:30

Fiat Toro e os Jeep Renegade e Compass em breve serão equipados com uma nova motorização. A potência será um dos pontos fortes dessa nova geração de motores.

[TRANSCRIÇÃO]

Eu comentei aqui, no final do ano passado, que a FCA, Fiat Chrysler Automobiles, iria trazer para o Brasil uma nova linha de motores baseada nesse lançamento recente, o Firefly 1.0 três cilindros e 1.3 quatro cilindros que equipam os seus compactos lançados a pouco tempo.

Esses motores irão substituir no Renegade, na Toro e no Compass, os velhos motores 1.8 e 2.4 litros flex. Serão baseados no Firefly 1.3 quatro cilindros, porém com turbo e injeção direta de combustível, o que vai elevar a sua potência para 150, 180 ou 22o cavalos. O primeiro deles chega na picape Fiat Toro, e também no Jeep Renegade, acompanhando algumas pequenas modificações estéticas até 2020.

Fiat Toro
Foto Jeep | Divulgação
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
44 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Luis Claudio 5 de fevereiro de 2021

Já estamos em 2021 e nada dos novos motores que vcs falaram na matéria ai.

Avatar
Geraldo Jasinski 6 de abril de 2019

Renegade modelo 2020 chega no primeiro semestre deste ano?

Avatar
RAIMUNDO G. MACHADO 24 de agosto de 2019

Gostaria de saber quais dos JEEP tem como combustível o DIESEL, é que preciso trocar de carro e tenho interesse em carro a diesel que pode ser jeep e touro.
obrigado
Raimundo

Avatar
Mecanico 4 de abril de 2019

Muito bom seu artigo parabéns pelas dicas

Avatar
Diogo 2 de abril de 2019

Huuummmmm
Renegade com 220 cv?
Interessante…

Avatar
Carlos Andrade 1 de abril de 2019

Por favor as mudanças começam já no segundo semestre quando começam a chegar os 2020? Por favor será que os motores a diesel no compass também serão alterados, pois comprei um a poucos meses. obrigado

AutoPapo
AutoPapo 2 de abril de 2019

Olá, Carlos Andrade. Não há previsão de mexerem no motor diesel a médio prazo.

Obrigado e abraço

Avatar
JpFixa 1 de abril de 2019

Qual pickup é melhor para eu comprar? FIAT STRADA,FIAT TORO,TOYOTA HILUX ou NISSAN FRONTIER?

Avatar
Bruno 1 de abril de 2019

Agora eu compro meu renegade

Avatar
JpFixa 1 de abril de 2019

É eu já compro meu Celta kkkkkk

Avatar
JpFixa 1 de abril de 2019

Qual pickup é melhor para eu comprar? FIAT STRADA,FIAT TORO,TOYOTA HILUX ou NISSAN FRONTIER?

Avatar
Rodrigo 1 de abril de 2019

E quanto vai ser o torque desses motores?

Avatar
André pilsko 1 de abril de 2019

Me impressionei com a qualidade da matéria…sqn

Avatar
Ney 1 de abril de 2019

Bom mesmo seria o desenvolvimento de motores híbridos, são potentes e econômicos. Mas o lobby da Petrobrás é um.empecilho.

Avatar
Elvis de Castro 1 de abril de 2019

Creio que a Fiat já deve um bom motor a tempos .
Pois os atuais além de mancos fere autonomia dos carros que equipam.
Mas só aguardar para ver se os novos motores vão corresponder ao propósito a qual foram produzidos.

Avatar
Artilheiro 1 de abril de 2019

A Fiat já de longa data, do meu ponto de vista, vem perdendo mercado por conta desses motores “beberrões”. A chegada dessas novas tecnologias, será fundamental para a marca.

Avatar
Eduardo 1 de abril de 2019

2.4 desde quando? Se não época que comprei o meu existisse esse motor eu teria comprado

Avatar
Waslon 1 de abril de 2019

A Toro tem versão 2.4

Avatar
EMILSON DE MOURA RIBEIRO JUNIOR 1 de abril de 2019

Bom dia a todos. Possui uma toro freedon 1.8 automática que andava pouco e bebia muito. Em i meses eu perdi 15 mil reais pra me ver livre do carro. Agora vem motor 1.0 e 1.3. Quero mais não. Nós temos que deixar de sermos otário. Qualquer merda que vem pra cá a gente compra e paga muito caro. Chega.

Avatar
Elton Bragança dos Santos 1 de abril de 2019

A Fiat lançou a Toro 1.8 Flex,e no ano seguinte mudou o motor para 2.4.Bastante tempo depois de lançado,descobriu que o motor 1.8 era frouxo.Coisas da Fiat,que “queimam” o próprio carro.

Avatar
José Ricardo 1 de abril de 2019

Bom dia aos colaboradores.
Tenho interesse este ano comprar um novo SUV.a dúvida é um tigo5x ou um captur1.6 usado.

Avatar
Carlos Eduardo 1 de abril de 2019

É MELHOR O HRV, DA HONDA.

Avatar
HRD 1 de abril de 2019

Acho que vai gastar muito combustível, esses carros tem que ser todos motorizados a diesel.

Avatar
Moe 1 de abril de 2019

Todas as matérias falam a mesma coisa. Eu quero saber o dia, mês e ano que isso vai acontecer.(KKK) Estou esperando pra comprar o meu com essa motorização,mas tá complicado. Estou aguardando pra esse ano ainda. Ao que parece só pra ano que vem e olhe lá, né? Mesmo assim agradeço muito o empenho pela matéria.

Avatar
Lucas 21 de maio de 2019

Investe seu dinheiro numa Diesel. Comprar pick up independente do porte com motor flex é jogar dinheiro fora. Consumo muito alto. Uma Toro com motor 2.0 diesel com câmbio automático de 9 marchas faz uma média de 9-10 km/l na cidade. A Toro 1.8 flex por nunca ter andado em uma, nao posso opinar e afirmar com exatidão sobre consumo mas meu pai tinha um Cronos 1.8 flex at6 (que presumo ser o mesmo motor que equipa a Toro) e na cidade a média era de 6.5 km/l. E todos que compraram Toro flex se arrependeram. Pode parar e conversar com todo proprietário de Toro Flex que a reclamação sobre o consumo vêm de todos. Talvez o consumo seja até maior que o do Cronos.
Motor à diesel é mais caro, porém mais eficiente, a durabilidade de um motor à diesel é infinitamente superior e se vc rodar mais de 10k km por ano, pode ser bem mais vantajoso pois a economia anual com combustível paga em poucos anos a diferença de preço de uma motorização para outra. Vai ter um motor mais robusto, mais potente e mais econômico do que qualquer motor flex que possa equipar a Toro nos anos à frente.

Avatar
AMYRES LENCIONI JUNIOR 1 de abril de 2019

A Fiat tem essa prática em mudar c frequência os motores. Não havia dúvida que esse etorq é uma porcaria e o 2.4 beberrão. Pq ainda comercializaram nos carros novos motores tão antigos? E o pior é que vendeu, sinal que os compradores não fazem uma avaliação técnica.

Avatar
AUGUSTO LUIZ SOUZA TAVARES 1 de abril de 2019

Quem comprou perdeu dinheiro,já vai para terceira geração de motores e a cada motor novo os custos se eleva

Avatar
Walter R piacsek 1 de abril de 2019

Falou bem mas o problema maior é que não existe nenhuma cultura aqui no Brasil sobre termodinâmica e motores de combustão interna porque quase não existe escola para isto então é o achismo que impera

Avatar
Jorge Jr 1 de abril de 2019

Parabéns pela matéria. Só espero que não fique tão caro. Obs.: para a próxima matéria, sugiro, nos explique por que um veículo no Brasil seja tão caro.

AutoPapo
Felipe Boutros 1 de abril de 2019

Olá, Jorge. Obrigado por nos prestigiar.

Já falamos sobre o preço dos carros nessa matéria:

Impostos e lucro duplicam preços de carros no Brasil

Abraço

Avatar
Jarabe de palo 31 de março de 2019

Que demora neh..já deveria ter vindo esse ano ..pois os motores atuais são ruins demais
Mas como aqui é.Brasil.vende QQ coisa .neh..e caro!!

Avatar
Erinho eri 31 de março de 2019

Qual a quantidade de litro por quilômetro 1.3 vai ser muito bom

Avatar
Erinho eri 31 de março de 2019

Qual a quantidade de litro por quilômetro

Avatar
Mario Rilfet 1 de abril de 2019

Realmente boa pergunta: quantos litros por km e nao quantos km por litro…

Avatar
Júnior 31 de março de 2019

Eu acredito que você boris precisa se aposentar, abraços.

Avatar
tsilvabrasil@hotmail.com 31 de março de 2019

Porque?

Avatar
FABRICIO BORTONE 31 de março de 2019

Eu acredito qe o Brasil precisa de mais jornalistas como ele…… Vida longa ao nosso qerido Boris.

Avatar
Munyr 1 de abril de 2019

Concordo.

Avatar
Christian Mattos 1 de abril de 2019

Que comentário mais ridículo. O Boris é um dos mais isentos jornalistas automobilísticos e um dos que detém maior conhecimento.

Avatar
Alek 1 de abril de 2019

Relaxa Christian, o Bóris tem.50 anos de experiência em engenharia, mas a internet e redes sociais da voz a especialistas em todas as áreas, a falta de argumento baseada em dados e fatos produz.esse tipo de babaquice. Na câmara do que dizer, apenas diz ainda que seja uma excrescência.

Avatar
Alek 1 de abril de 2019

Relaxa Christian, o Bóris tem 50 anos de experiência em engenharia, mas a internet e redes sociais da voz a especialistas em todas as áreas, a falta de argumento baseada em dados e fatos produz esse tipo de babaquice. Na falta do que dizer, apenas diz ainda que seja uma excrescência.

Avatar
Renato caldeira 1 de abril de 2019

Com certeza o Bóris é o melhor de todos, o Júnior é apenas um juvenil ainda não sabe nada.

Avatar
Eddie 1 de abril de 2019

A idiotia campeia por estas plagas.

Avatar
Jonas Novaes 1 de abril de 2019

Junior estagiário, melhor ficar na sua e respeitar os experientes.

Avatar
Deixe um comentário