Flush: não confunda alhos com bugalhos…

Tem muita gente confundindo a utilidade do aditivo flush. Afinal, ele serve para descarbonização ou para evitar a formação de borras?

Flush é utilizado para a limpeza do carter
Flush é utilizado para a limpeza do carter (Foto: Shutterstock)
Por Boris Feldman
31 de dezembro de 2021 19:20

Tem gente confundindo alhos com bugalhos e dizendo que o “engine flush”, ou “motor flush”, seria ideal para a descarbonização do motor. Mas não é nada disso.

O aditivo do tipo “flush” é misturado ao óleo usado antes de sua troca, para a limpeza do cárter e todas as partes atingidas pelo óleo lubrificante, principalmente no caso de formação de borra.

O que não tem nada a ver com a descarbonização, que é a limpeza dos depósitos carboníferos provenientes da combustão (carbono presente no combustível) e que em geral se manifesta pela combustão irregular, pois esse carvão fica incandescente dentro da câmara e provoca a queima da mistura antes do momento correto de ignição.

VEJA TAMBÉM:

Além disso, gases carboníferos prejudicam as válvulas, o corpo da borboleta (TBI) e outros componentes internos do motor, mas que exigem outro tipo de limpeza (descarbonização) que nada tem a ver com o “flush”.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Mister Gasosa 2 de janeiro de 2022

A gasolina aditivada limpa as válvulas de admissão dos motores com injeção indireta.
Já a borra de óleo é como o colesterol no nosso corpo, ele vai entupindo as galerias de circulação de óleo e o pescador de óleo.

Avatar
Zé das couves 1 de janeiro de 2022

Quem confunde esses conceitos, realmente não entende nada do motor a combustão interna. Pior que tem tanta gente ensinando errado na internet que quem quer aprender fica confuso.

Avatar
Andre Rocha 1 de janeiro de 2022

Meu amigo, depois que eu li:
1 – um sujeito que aplicou WD-40 no disco de freio, pois o ensinaram que melhoraria a frenagem
2 – o outro colocando óleo diesel no lugar do óleo lubrificante
3 – óleo lubrificante de caminhão no lugar do óleo tradicional para carro
4 – semanalmente alguém perguntando se gasolina aditivada limpa o motor
5 – se pode rodar mais de 50.000km sem trocar o óleo
Eu não duvido mais de nada de que brasileiro não entende absolutamente NADA de carro! Que só sabe comprá-lo e só!

Avatar
Deixe um comentário