Gás Natural Veicular poderá passar a ser vendido no quilo

Essa mudança no método da venda do GNV é só questão de marketing ou poderá fazer diferença no bolso do consumidor?

Por Boris Feldman 31/12/19 às 08h30
gnv 2626

O Inmetro estabeleceu uma consulta pública no último dia 13 de dezembro para receber sugestões e opiniões a respeito de sua ideia de mudar o sistema de comercialização do GNV, o Gás Natural Veicular, que sempre foi vendido nos postos em metros cúbicos.

E ele agora quer mudar de volume para peso, de metro cúbicos para quilos. Diz o Inmetro, que num mesmo volume, pode haver mais ou menos gás, dependendo de sua densidade. Um problema que deixa de existir se o GNV passar a ser vendido em quilos.

A relação é: de 1 kg do GNV igual a 1,3 metro cúbico. Se você quiser sugerir ou opinar, acesse este link. O prazo é até 13 de fevereiro de 2020.

gnv 2620
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário