Cuidado com as lojas picaretas que vendem óleo antigo para o motor

O óleo para o motor está cada vez mais moderno, mas é preciso ficar atento às especificações para não levar gato por lebre

oleo motor viscoso moderno carter shutterstock
Por Boris Feldman
12 de setembro de 2019 08:30

Ao comprar o óleo para o motor, a marca importa menos do que as duas classificações: SAE e API. SAE é que determina a viscosidade. Por exemplo: 0W25, 10W40, etc… A API é que diz qual é a aditivação do óleo.

E os motores, quanto mais modernos, pedem aditivos mais sofisticados. A classificação API tem duas letras: S, de serviço, seguida pela letra A, ou B, C, D e assim por diante. Quanto mais alta no abecedário, mais moderna é a aditivação.

A classificação API dos motores mais modernos já é a SN, mas todo cuidado é pouco! Porque ainda tem troca de óleo e loja vendendo óleo para o motor SG ou SL, recomendados para veículos de 20 ou 30 anos atrás. Mais baratos, porém prejudiciais aos novos motores.

img 20180614 115938 1 Óleo para motor
Óleo lubrificante Foto | Shutterstock
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
picaretagem na vw 12 de setembro de 2019

Boris, tenho um fox 1.6 ano 2017 onde existe o mito de ser o motor que consome óleo! balela! ou melhor, consome sim, mas consome o óleo que é colocado na própria vw, com todas as suas “melhorias especiais secretas” e seu preço elevado. resolvi mandar as favas a garantia e troquei eu mesmo o óleo de meu carro, em detrimento de ir na 2ª revisao e adivinhe: tudo normal e nível normal! óleo com as mesmas características do original! que tal fazer uma matéria sobre toda esta corrupção e safadeza dentro das próprias montadoras e concessionarias? se quiser eu ajudo, tenho muitas historias para contar!

Avatar
Deixe um comentário