Nitrogênio nos pneus: quem fica duro após a calibragem é você

Nitrogênio é indicado para calibrar pneus de carros de competição; em modelos utilizado no dia a dia, só constitui um custo adicional

ilustra nitrogenio
Por Boris Feldman
01 de maio de 2018 13:41

Leitor pergunta se vale a pena calibrar os pneus com nitrogênio. Sua dúvida foi ter ouvido que o carro fica mais duro, os pneus fazem o carro pular mais com prejuízo do conforto dos ocupantes.

Vamos por partes: em primeiro lugar, o nitrogênio não faz o carro ficar mais duro, tanto faz calibrar com ele ou com ar normal do posto, se a pressão for de 28 libras, tanto faz se foi usado oxigênio ou nitrogênio. O rodar do carro independente do gás utilizado no pneu, mas da pressão colocada.

VEJA TAMBÉM: 

Nitrogênio é indicado para calibrar pneus de carros de competição mas não deixa mais duro o carro utilizado no dia a dia: o problema é deixar (desnecessariamente) mais “duro” o seu dono

O problema do nitrogênio (já comentei isso aqui) é outro. Ele traz uma série de vantagens, entre elas de não levar umidade para o interior da roda, como o ar que vem dos calibradores normais. Além disso,  é muito mais estável e evita variação de pressão quando sobe a temperatura do pneu ao rodar no asfalto.

Ou seja, com o ar comum, quanto mais o pneu se aquece, mais aumenta a pressão. Por isso se recomenda calibrar os pneus quando ainda estão frios, pois aquecidos, a calibragem estará distorcida.

Calibrar com nitrogênio não faz mal aos pneus, e sim ao seu bolso

Alguma desvantagem do nitrogênio? Não, exceto seu preço: calibrar com ele tem custo, ao contrário do ar que, geralmente é gratuito nos postos. Ou seja, fosse também grátis, é claro que se deveria calibrar com nitrogênio,  que só tem vantagens.

Como tem custo, então só vale a pena calibrar com ele se seu carro for um Fórmula 1 ou outro qualquer de competição. Pois nas pistas é extremamente importante manter uma pressão constante nos pneus para não influenciar seu desgaste e a estabilidade.

No automóvel utilizado no dia a dia, não importa que o aquecimento dos pneus resulte num aumento de duas ou três libras, o que pouco influencia o comportamento do carro e o conforto dos ocupantes.

Resumo da ópera: nitrogênio é indicado para calibrar pneus de carros de competição mas não deixa mais duro o carro utilizado no dia a dia: o problema é deixar (desnecessariamente) mais “duro” o seu dono…

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
17 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Euclides Masquio 20 de novembro de 2020

Acompanho o Boris há décadas, suas orientações me ajudam muito, acompanharei enquanto existir o AutoPapo, mas pela 1a vez discordo do Boris qto ao N2, pq:
1. É muito mais fácil detectar problemas qdo se usa o N2. Como vc pode calibrar 1 x mês, já q não há perdas com a instabilidade da pressão, vc vê cair a calibragem de maneira igual entre os pneus. Qdo cair desigual em algum pneu, vc pode mandar investigar q tem algum problema, válvula ou prego. Isto é o que vejo na prática. Com ar comum, só se o pneu baixar muito é q vc detecta.
2. O pneu dura muito mais, compensa de longe ter q pagar p encher. Os pneus traseiros do meu Clio já têm 80000 km. Claro q agora precisa trocar, mas não estão carecas. Claro tb q faço revisão de suspensão a cada 7000 km.

A única desvantagem q vejo é q são muito poucos lugares q tem o N2, e dependendo de onde vc mora, não ter lugar perto.

Avatar
Renato 10 de novembro de 2020

Vale sim, calibrar com nitrogênio, a pressão se mantem independente da temoeratura e issi se traduz em menir desgaste di pneu e menor consumo de combustível entre outras vantagens. R$2,00 não vai deixar ninguem mais pobre por calibrar com nitrogenio.

Avatar
CARLOS NASCIMENTO DE OLIVEIRA 31 de outubro de 2020

Bom dia. Sou aqui do abc alguém sabe me informar aonde faço a calibragem com nitrogênio

Avatar
Andrea 28 de março de 2020

eu sempre calibro com nitrogênio, sinto 2 confortos, o carro fica mais macio e não preciso calibrar toda semana!
se vc está desconfortável é porque não calibra em um lugar de confiança, a oficina que vou cobra apenas a primeira vez, depois, a manutenção é gratuita!

Avatar
Marcelo Macedo 5 de maio de 2021

Poderia me passar o nome da Oficina? Estou buscando um de confiança.

Avatar
Almir Dantas 5 de março de 2020

O que explica essa “dureza” dos pneus é a malandragem do calibrador em botar 70 litros de gasolina em um tanque para 50 litros, isto é, enfiam mais gás pois quem vai pagar pelo excesso é a vítima e nunca o malandro.

Avatar
Renato 7 de fevereiro de 2020

Édison, vou te falar o que aconteceu comigo, acho que ta acontecendo a mesma coisa com vc. Mandei colocar o nitrogênio no meu carro ontem, inclusive antes de fazer o serviço, já tinha visto esta matéria… Então fui na loja (não vou citar o nome…) para executar o serviço, após o término e quando sair da loja, já percebi que o carro ficou mais duro e desconfortável… como o carro é novo e ainda não fiz nenhuma calibragem no posto, então até fiquei pensando que será que o pneu tava com a calibragem baixa… quando cheguei em casa e fiquei com isso na cabeça, teve uma hora comecei a desconfiar a calibragem, então fui até o borracheiro para ver a calibragem, foi um espanto! os 4 pneus tava com pressão super alta! recomendação do fabricante é 33 e meus pneus estavam entre 45 e 47. Que perigo! Na hora do serviço, vi o técnico colocou no 34, pois ele explicou por causa da mangueira… já fiz reclamação junto a loja para saber o motivo do erro… então acho bom vc verificar a pressão novamente! Boa sorte!

Avatar
Renato 8 de janeiro de 2021

Depois descobrir o erro foi o técnico que fez o serviço, em vez de 33 PSI, ele colocou 330 KPA, convertendo 330 KPA para PSI, 330/6,907=47,77 por isso, pressão dos meus pneus estavam entre 47 a 50… ainda bem que descobi no mesmo dia!…
Obs. se cada PSI fosse igual a 10, mesmo que o técnico errando a unidade e aumentou 10 veze o número, não teria problema nenhum, como a conversão é menor que 10, por isso, os pneus ficaram mais duros!

Avatar
Édison Tomaz Malta 9 de dezembro de 2019

Fica duro sim ! Aliás, fica muito duro !

Avatar
Jaldo Silva 11 de maio de 2020

O pneu dura mais.

Avatar
Édison Tomaz Malta 9 de dezembro de 2019

O nitrogênio deixa os pneus mais duros, sim! Aliás, muito mais duros!

Avatar
Glênio dos Santos 30 de janeiro de 2020

Édison, não sei de onde você tirou está informação, não faz sentido. Como explicado no texto, o número de libras é que determina se o pneu fica mais duro.

Avatar
Jaldo 11 de maio de 2020

Rapaz, eu uso Nitrogênio nós pneus a três anos. Eles ficam mais macios, mais frios, duram mais, não preciso ficar calibrando direto. É economia de combustível. Pneu duro = excesso de calibragem .

Avatar
Édison Tomaz Malta 9 de dezembro de 2019

O nitrogênio deixa os pneus mais duros, sim! Aliás, muito mais duros

Avatar
Jaldo 11 de maio de 2020

Aqui em Salvador, pago quatorze Reais para esvaziar e encher os quatro pneus. Depois, pago quatro Reais para a calibragem dos quatro pneus.
Sinceramente, isso não deixa ninguém duro. É dinheiro de duas cervejas, rss.

Avatar
SomeoneUnknown 11 de julho de 2020

Olá amigo, tbm sou de Salvador, em qual lugar vc calibra os pneus com nitrogênio?

Avatar
Jaldo 11 de maio de 2020

Veio que o amigo, Edson não gosta de ser contrariado. Rsss.

Avatar
Deixe um comentário