Nova Spin Activ: sem o estepe na tampa e a cara de capivara

Nova Spin é relançada com mudanças profundas, principalmente no visual, e sem aquela fantasia de capivara que lhe rendeu esse apelido

Por Boris Feldman 10/07/18 às 06h30
06 gm activ a 49 25 06 2018

A Chevrolet Spin 2019 acaba de ser relançada com um visual menos capivaresco e mais alinhado com a identidade visual da marca.

[TRANSCRIÇÃO]

A linha Chevrolet tem um modelo que é único no seu segmento, trata-se da Spin, uma minivan que substituiu as antigas Zafira e Meriva. A Spin foi relançada na semana passada com profundas modificações de estilo. Tão profundas que sumiu aquele jeitão de capivara, que acabou lhe valendo esse apelido.

Além dessa modificação de estilo, o interior também foi bem remodelado e o segundo banco agora é deslizante, o que facilita o ajuste do espaço interno e também o acesso ao terceiro banco. No caso da versão aventureira de mentira, a Spin Activ, uma outra substancial e providencial modificação de estilo, o famigerado estepe sai da tampa traseira e vai para o interior do automóvel.

Chevrolet Spin
Foto GM | Divulgação
Foto GM | Divulgação
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
5 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Lucas 22 de dezembro de 2019

Imagina você com o carro cheio de bagagem e fura um pneu na estrada.
Ter que tirar tudo pra trocar o pneu é uma estupidez sem tamanho. Pensei em trocar minha spin mas não troquei pois o novo modelo não vem com o estepe do lado de fora.

Avatar
Rogerio 10 de julho de 2018

Acho que a reportagem da mais ênfase em atacar o design do modelo antigo do que de fato explorar as mudanças de motor, câmbio, interior e exterior. Fraquinha a reportagem. Esperamos mais!

Avatar
luis anderson 10 de julho de 2018

Mudanças de motor ?? onde?? Este motor é o mesmo monzatech de 1992 até hoje e ao que se vê continuará até tirar a capivara de linha em 2023. Onde se vê hoje 1.8 com ridículos potencia e torque que até 1.0 (turbinado, claro) bate folgado nas marcas vizinhas??
A fábrica insiste no arroz-feijão, no vai-que-cola, e veja, está colando. Leva esta jabiraca para TODOS os países da europa e canadá e veja se vende alguma dezena delas.
A marca tem melhores plataformas, melhores motores, melhores materiais pra melhorar o carro, mas se o fizer o lucro diminui e isso significa uma blasfêmia para os adoradores de mamón.

Avatar
José Carlos Nunes Dos Santos 22 de agosto de 2018

Concordo com vc Luis pura verdade

Avatar
José Carlos Nunes Dos Santos 22 de agosto de 2018

Meu jovem Rogério na verdade só houve mudança na parte externa o resto não mudou nada.

Avatar
Deixe um comentário