Peugeot 208: tecnologia é nova, mas motor é velho

Novo Peugeot 208 é bastante moderno em muitos aspectos, entretanto para os mais exigentes, ele deixa a desejar por conta de seu motor

Por Boris Feldman02/08/20 às 21h31

O novíssimo Peugeot 208 será lançado na primeira semana de setembro, mas eu já o dirigi na Argentina, onde é fabricado; veja o vídeo sobre o que achei dele clicando aqui.

Deu para ver que não é papo furado da Peugeot, não: ele é novo mesmo, de cabo a rabo! E já chega esnobando o título de Carro do Ano de 2020 na Europa.

E a Peugeot caprichou: seu painel é inédito; além de eletrônico, o único que eu já vi em terceira dimensão.

Entretanto para os mais exigentes, a engenharia da Peugeot não conseguiu colocar sob o capô o motor 1.6 turbo que ela tem em alguns de seus modelos no Brasil. E também não iniciou a fabricação do 1.2 turbo que vai nesse carro na Europa. A solução? É o velho 1.6, 16 válvulas aspirado de apenas 118 cavalos.

Novo Peugeot 208 branco com a traseira em detalhe
208 foi completamente renovado pela Peugeot, mas o motor deixa a desejar (Foto: Peugeot | Divulgação)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Gaph 3 de agosto de 2020

    Pegeout não aprende 😡,
    Não vai chegar a lugar nenhum com essa mania de descaracterizar seus lançamentos com componentes antigos

  • Avatar
    Tiago Toyoda 3 de agosto de 2020

    ue a versão européia fomentou, essa mudança radical na motorização chegou como um grande tapa na cara. Difícil não sentir.

  • Avatar
    Tiago Toyoda 3 de agosto de 2020

    Tá difícil encontrar alguém que não torça o nariz pra esse motor 1.6. Diante da expectativa q

    • Avatar
      Carlos Souza 3 de agosto de 2020

      Tanta badalação para essa nova geração e disponibiliza um carro moderno com um motor antiquado. Vai deixar de conquistar muitos clientes para esse carro só por causa desse motor. Eu mesmo tenho um 208 Alure 1.2 PureTech. Extraordinário motor. Estava certo em trocar por esse novo modelo, mas com a informação desse 1.6 antigo já desisti. Tô Fora. A Peugeot perdeu de vez uma ótima oportunidade de entrar na disputa desse mercado do batch. Bola fora Peugeot. Acorda.

Avatar
Deixe um comentário