Afinal, os pneus duram seis ou dez anos?

Os pneus podem durar entre seis e dez anos dependendo do uso? O tempo passa e a eterna polêmica da validade dos pneus sempre volta.

Por Boris Feldman 20/04/18 às 20h55
ilustra pneu

Os pneus podem durar entre seis e dez anos dependendo do uso? O tempo passa e a eterna polêmica da validade dos pneus sempre volta.

[TRANSCRIÇÃO]

Conversando com um engenheiro da Michelin, eu acabei destrinchando melhor esse tal prazo de validade do pneu. Porque há uma controvérsia entre durar de 5 a 6 ou ter uma validade de até 10 anos.

E o que acontece é que esse prazo de 5 a 6 anos é quanto dura o composto da borracha em suas condições originais, mantendo todas as suas características de elasticidade, densidade e aderência, para que o pneu tenha um bom comportamento e dê ao carro um bom desempenho.

Daí para frente, passados 5 ou 6 anos, ele vai ficando mais enrijecido, menos elástico, até com a superfície mais brilhante e prejudica estabilidade e frenagem, porém sem problemas de se desintegrar ou estourar, até cerca de 10 anos.

Daí para frente, ele já passa a representar um risco para a integridade do automóvel.

Os pneus podem durar entre seis e dez anos
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
10 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Lucho 17 de julho de 2019

Dependeda cidade, em Marabá Pará, 40 graus, chuva, terra pneu dura 5, em curitiba bota 8.

Avatar
Edvaldo 16 de julho de 2019

Desculpe-me mas na minha opinião, a durabilidade de um pneu deve ser constatada pela quilometragem que o mesmo roda e não pelo tempo de uso.

Avatar
RICARDO 25 de agosto de 2018

Coloquei um pneu P44 de exatos 10 anos guardados no porta malas do carro, porém sem ter rodado e durante uma viagem ele estourou e rasgou inteiro em volta da roda. Quase capotei o carro. Agora eu presto muita atenção no DOT; acima de 5 anos, nem pensar!

Avatar
Ricardo braga 30 de junho de 2018

Tive um Corsa Hatch 2010 e os pneus duraram 6 anos estava com 28.000 km e novos na banda rodagem mais apareceram caroços eram da marca champiro tive que trocar os 4

Avatar
Rodolfo 29 de maio de 2018

Tenho um Gol 1.8AP ano 1990… quando troquei os pneus dele em 2010 aos 190.000 km porque os atuais Pirelli P2000 175/70-R13 estavam secos e cantando a toa muito pneus nas curvas aos 7 anos de uso (quilometragem não lembro do pneu, mas creio que no mínimo 40.000 km rodados), então notei que com os pneus novos (Goodyear GPS 3 Sport – tala mais larga 185/70-R13) a direção ficou mais macia de fazer manobras na garagem ou baliza na rua, mesmo aumentando a tala de 175 para 185, e parou de cantar pneu a toa nas curvas.
A poucos meses, por volta de Novembro/2017 troquei os 4 pneus aos 235.000 km porque infelizmente um deles comeu torto e então novamente a mesma sensação de a direção ficou mais macia de fazer manobras na garagem ou baliza na rua. E usei agora a tala original 175/70-R13 porque não achei tala 185 da Goodyear… só tinha Kelly, então coloquei agora 4 pneus Goodyear Assurance 175/70-R13. Mesmo eu voltando pra tala 175 (original por sinal) o desempenho nas curvas ficou ótimo.
Assim eu recomendo as pessoas trocarem os pneu a cada 6 anos, pois é o tal do custo benefício.

Avatar
Carlos Eduardo 11 de maio de 2018

Eu mandei e-mail a inúmeras fabricantes de pneus como Pirelli, Goodyear, Continental, Yokohama, Kumho e Bridgestone. Dentre elas, gostaria de destacar o posicionamento da Michelin: “A partir de 5 anos de uso ou de exposição à intempérie, o pneu começa a perder suas propriedades de aderência e de resistência. Por segurança, a Michelin não recomenda utilizar nenhum pneu com mais de 10 anos contados a partir da data de fabricação, independentemente do estado do mesmo ou da maneira como foi armazenado durante este período. Isto vale também para um pneu que nunca rodou e ficou todo este tempo no estepe de um veículo.” A Michelin também ressalta a importância de se fazer uma inspeção anual após transcorrido cinco anos o período de fabricação. Ela, entretanto, não disse que um pneu dura cinco ou dez anos. Tudo depende de uma série de fatores. Só uma inspeção técnica e minuciosa para avaliar se o pneu está adequado par rodar.

Não me contentando com isso, fui em sites internacionais buscar mais informações. No site da Tire Safety Group, encontrei a informação que os pneus expiram em seis anos. No próprio site, há uma série de montadoras que recomendam substituir os pneus quando transcorridos seis anos após a fabricação dos mesmos, independentemente de eles terem sido utilizados ou não. Como exemplos, cito a General Motors, a Chyrsler e a Ford.

Nessa pesquisa, encontrei registro de inúmeros acidentes envolvendo pneus com oito anos de idade em que houve o Tread Separation (desprendimento da banda de rodagem). Há um figura importante, o advogado e pesquisador Sean Kane, fundador e presidente da Safety Research & Strategies. Como ele bem aponta, deveria haver uma lei que impedisse a venda de pneus com mais de seis anos de idade, pois as montadoras recomendam que esse é o período limite para se trocar um pneu por tempo.

Moral da história: prefiro seguir o que o Sr. Kane nos diz a respeito dos pneus e seguir a recomendação de inúmeras montadoras. Tenho um carro que completou seis anos de idade e já fui atrás de cinco pneus novos para ele. Até o estepe substituí. Minha vida e a vida das demais pessoas ao meu redor valem mais do que cinco pneus. Dinheiro a gente recupera. A vida é uma só.

Avatar
Ruth 11 de dezembro de 2018

Coloquei quatro pneus novos yokohama na minha fronter faz um ano e meio e já está todo deformado!! Fui na loja que comprei reclamar me disseram que é alinhamento!! Só quê faço todas as revisões na concencionaria é alinhamentos tbm!! Fiquei sem entender a solução da loja!! O que devo fazer??

Avatar
Carlos Eduardo 2 de fevereiro de 2019

Eu acionaria o Reclame Aqui. Se não resolver o problema de forma administrativa¹ (o que eu acho pouco provável), procuraria resolver a questão no Juizado Especial Cível.

¹ No Reclame Aqui, entre em contato com a Yokohama. Dê detalhes sobre as medidas dos pneus que você comprou e quando foram comprados. Se tiver a nota fiscal da compra e o comprovante dos alinhamentos feito na concessionária, faça um upload no sistema do Reclame Aqui.

Avatar
Pércio Guimarães Schneider 24 de abril de 2018

A portaria 554/2015 do Inmetro, que regulamenta a reforma de pneus no Brasil, determina que os pneus de carga podem ser reformados com até 7 anos de fabricação, mas não há restrição alguma quanto ao uso além desse período.

Avatar
Evaldo oliveira 21 de abril de 2018

No caso do pneu de caminhão. Podemos recauchuta-lo com mais de cinco anos de uso?

Avatar
Deixe um comentário