Óleo do motor: afinal, quando trocar?

Ao rodar em condições severas, vale ficar atento ao hodômetro no painel. Ele poderá indicar o momento certo da troca de óleo do motor

Por Boris Feldman 13/12/20 às 21h31
mecanico durante troca de oleo motor carro
Pessoa realizando a troca de óleo do motor (Foto: Shutterstock)

O dono de um carro que roda sempre numa grande cidade, com o trânsito sempre congestionado, precisa tomar muito cuidado com a troca de óleo do motor. Porque com o carro parado, o motor está funcionando, mas o odômetro, que indica a quilometragem rodada, está quieto.

Ora, se o manual recomenda a troca do óleo aos 10 mil quilômetros, por exemplo, é possível que, quando o odômetro registra esses 10 mil quilômetros, o motor já pode ter funcionado o correspondente a 15, 17 ou até 20 mil quilômetros.

É por isso que o manual recomenda, em condições severas, que o óleo seja substituído aos cinco mil e não aos 10 mil km, porque o carro rodou cinco mil quilômetros, mas o motor trabalhou o correspondente a 10 mil quilômetros.

Então, o carro que roda sempre no trânsito urbano, tem motor considerado como trabalhar em condições severas.

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
7 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
barA 14 de dezembro de 2020

eu troco oleo da minha s10 diesel cada 25.000km quando acaba pastilha de freio, usando na fazenda e rodando cerca de 1000km por semana, nunca tive problemas.. esse papinho de troca de oleo na data/km correta é papo furado.. todo oleo de motor tem uma margem de seguranca, 10.000km no minimo aguenta 15.000km, pedem pra trocar com 10 pela margem..

Avatar
Mail 15 de dezembro de 2020

Certíssimo!
Puro papo furado, as fábricas não sabem de nada…
Coitado de quem comprar um carro seu no futuro.

Avatar
Nilton Pedroso de Camargo 14 de dezembro de 2020

Boris, os óleos lubrificantes, assim como todos os componentes mecânicos de um veículo, são super dimensionados, através de cálculos matemáticos desenvolvidos por engenheiros capacitados.
Portanto discordo de sua opinião, pois mesmo em condições severas no que tange a um uso severo num ambiente urbano, seria bem difícil ser as mesmas condições de um uso severo em estradas de terra.

Avatar
Jorge Nicolau 14 de dezembro de 2020

Não é o que está escrito nos manuais de manutenção de várias marcas. Inclusive nos BMW o hodômetro indica a hora da troca e em carros que ficam parados em congestionamentos com o motor em funcionamento a quilometragem restante até a troca vai reduzindo.

Avatar
Leandro Barbosa 14 de dezembro de 2020

Interessante, não sabia que existia esse tipo de função! BMW é outro nível rs

Avatar
Rodrigo 14 de dezembro de 2020

Tenho a mesma função no meu 208… Quando troco o óleo, estimativa de 10.000km’s, mas como ele está rodando menos de 2.000 por ano, ele indica o momento correto pra troca. Certamente está levando em conta o tempo em que ele é ligado na garagem, ritual que faço semanalmente em caso de não utilização neste período.

Avatar
Fernando B 14 de dezembro de 2020

Na minha opinião, esse é um item que é melhor prevenir do que remediar. Uma troca de óleo com filtro dá cerca de 150 reais, no máximo 200, e vc fará no máximo 2 vezes ao ano . Uma retifica fica em torno de 6 a 8 mil reais.

Avatar
Deixe um comentário