Trocar o óleo do motor aos 5 mil ou 10 mil km? A cada 6 ou 12 meses?

Muitos motoristas ainda ficam na dúvida sobre o prazo para a troca do óleo do motor do carro, mas isso depende das condições de uso do veículo

motor kwid renault
Por Boris Feldman
22 de julho de 2019 19:30

A troca do óleo do motor deve ser feita aos cinco mil quilômetros ou aos 10 mil quilômetros?

Depende: se você roda num trânsito urbano congestionado, no para e anda, a troca tem que ser feita aos cinco mil quilômetros. Ou se você roda um pouquinho de manhã até o escritório e mais um pouquinho de noite, de volta para casa, a troca é também aos cinco mil quilômetros, pois essas são consideradas condições severas.

Porém, se você roda sempre em trechos livres – marginais ou estradas – o óleo pode ser trocado aos 10 mil quilômetros. E a outra dúvida: trocá-lo aos seis meses ou aos 12 meses? Todos os óleos em motores mais modernos permitem sua troca aos 12 meses, independentemente da quilometragem rodada. Isso, graças ao extraordinário avanço tecnológico dos aditivos utilizados, hoje, na composição do óleo do motor.

oleo lubrificante troca fluido motor shutterstock

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
28 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Augusto Martini 19 de abril de 2022

Oi Boris, Gostaria que você se informasse em relação às diferenças dos carros europeus e os carros brasileiros em questão de qualidade de material. Moro na França e tenho um carro da Renault, quando eu fui fazer as revisões tive uma surpresa porque eu queria fazer a troca do óleo aos 10.000 Km mas a concessionária riu da minha cara e me disse que se fazia a troca com 25 mil a 30 mil km, então fui me informar com outras pessoas e mecânicos pois não pude acreditar e todos confirmaram que se faz a troca do óleo entre 25 a 30 mil km. Mesmo assim com peso na consciência fiz a troca aos 20.000 km(pq eu coloco etanol no carro), a mesma coisa se passa para outras peças dos carros. Então gostaria de saber porquê da diferença entre o Brasil e a Europa.

Obs. O site de vocês não está aceitando enviar mensagem no modo celular.

Avatar
Augusto Martini 19 de abril de 2022

Gostaria que você se informasse em relação às diferenças dos carros europeus e os carros brasileiros em questão de qualidade de material. Moro na França e tenho um carro da Renault, quando eu fui fazer as revisões tive uma surpresa porque eu queria fazer a troca do óleo aos 10.000 Km mas a concessionária riu da minha cara e me disse que se fazia a troca com 25 mil a 30 mil km, então fui me informar com outras pessoas e mecânicos pois não pude acreditar e todos confirmaram que se faz a troca do óleo entre 25 a 30 mil km. Mesmo assim com peso na consciência fiz a troca aos 20.000 km, a mesma coisa se passa para outras peças dos carros. Então gostaria de saber porquê da diferença entre o Brasil e a Europa.

Avatar
ÉDSON GILBERTO DE OLIVEIRA 18 de fevereiro de 2022

Esses agentes do óleo somem com o tempo de uso no motor,porém eu uso o carro muito pouco mesmo parado perde essas propriedades e por que a validade é de 5 anos então.

Avatar
Enio 6 de abril de 2022

amigo a validade de 5 anos é na embalagem lacrada, ao colocar no motor o oleo está exposto então com certeza dura menos, trocar 1x por ano se anda pouco é o ideal mesmo…

Avatar
luiz felipe godot Cabrinha de almeida 26 de outubro de 2021

tenho uma mini frota de 40 carros, eu uso que aprendi na vivencia e na rua entre um oleo 15w40 sintetico para carro e um 15w40 mineral para caminhão vou no de caminhão por ter mais aditivos limpante e que reduzem o desgastes, na minha frota uso o petronas urania 10w40 sintetico para caminhão por ser muito mais barato que comprar por litro e muito superior a outras marcas para carro, a troca no manual dos carros é a cada 10mil km só que eu só troco com 15mil mil km tem carro que já está completanto 150 mil km e nunca precisei fazer nada de motor

Avatar
ULYSSES ARONI JUNIOR 23 de fevereiro de 2021

Bom dia!
Certa vez ganhei a assinatura da revista zero quilômetro, em 1995. Nela, havia uma pesquisa com óleos lubrificantes. Em NY, o trabalho foi realizado com taxistas. O resultado: não se verificou, há época, nenhuma diferença significativa entre o óleo sintético e o não sintético que justificasse a diferença de preço. A segunda, não ficou comprovado a maior eficiência benéfica para o motor se as trocas fossem executadas com menos de 10.000 km. Mas, obedeço aos manuais e acredito que trocas antecipadas sejam sim benéficas, ainda que imperceptíveis…mas…lá na frente….

Avatar
Jo 9 de abril de 2021

No mercado americano, realmente são avessos a usar base sintética. Isso para carros comuns, sem turbos e nacionais. V6 e v8. Eu também tenho minhas dúvidas, mas sigo o manual do carro.

Avatar
Enio 6 de abril de 2022

a principal diferença é a qualidade do combustivel por lá, por isso consegue extender bem a troca

Avatar
ULYSSES ARONI JUNIOR 23 de fevereiro de 2021

Bom dia!
Certa vez ganhei a assinatura da revista zero quilômetro, em 1995. Nela, havia uma pesquisa com óleos lubrificantes. Em NY, o trabalho foi realizado com taxistas. O resultado: não se verificou, há época, nenhuma diferença significativa entre o óleo sintético e o não sintético que justificasse a diferença de preço. A segunda, não ficou comprovado a maior eficiência benéfica para o motor se as trocas fossem executadas com menos de 10.000 km.

Avatar
EDERSON BAU 27 de dezembro de 2020

óbvio que a durabilidade do óleo depende das condições de uso por isto sempre troquei o óleo muito antes do prazo,inclusive no manual fala isto porém na CCS BOTOLLI em Erechim não me permitiram trocar óleo antes de um ano mesmo pagando sob risco de perder a garantia! ou seja a VW ASSUME QQER RISCO DE DANO AO SISTEMA!

Avatar
Fatima 18 de novembro de 2020

RAV Híbrido tem que trocar o óleo com 5.00000km? Está com 10 meses.

Avatar
diego 10 de novembro de 2020

Hoje os carros estão muito Nutella, antigamente vagabundo nem trocava óleo, só completava e os motores duravam 500.000km sem dar xabu.

Avatar
Flavio 27 de novembro de 2020

Dependendo do veiculo dava nem 5k e o volume de óleo que completou no período já era 100% do correspondente a capacidade total. Hoje os veículos já trabalham com perda de quase 0% do óleo, diminuindo a necessidade de completar, logo se tornou necessário a substituição.

Avatar
Izaias Da Silva 16 de março de 2020

Comprei um motor parcial 1.4 o mecânico disse que tenho que trocar o óleo com mil quilômetros o que fazer?

Avatar
Machado 98 22 de julho de 2020

Procure outro mecânico.

Avatar
diego 10 de novembro de 2020

É só a primeira troca, já que é um motor “novo”.

Avatar
Edson Sampaio 22 de março de 2022

A primeira troca de uma motor que não foi usado ou que sofreu retífica deve ser trocado com 1000 km mesmo. É que o pistão raspa as marcas de brunimento do cilindro para que os anéis assentem, e todas as partes móveis seguem um procedimento parecido, assim enche o cárter de limalhas e resíduos. Algumas marcas mais cuidadosas fazem isso, outras não. Já tive 2 motos BMW e no manual fala exatamente isso, inclusive o óleo inicial tem que ser Mineral, já que os sintéticos escorregam mais e impedem a vedação inicial retardando o que comumente é chamado de “amaciamento”. Então a primeira troca é com 1000 km ou menos e as posteriores podem ser feitas nos prazos normais a depender do óleo.

Avatar
renato carniel 24 de julho de 2019

tem muita gente ficando neurotico com a saida da ford. os carros são bons o que vou fazer e recomendar e nunca mais comprar carro da ford. e um desrespeito com os compradores da marca. comprei um e ja quero me livrar dele não pelo carro, mas pela imcompetencia da ford com o povo brasileiro. ABAIXO FORD E NÃO VOLTE MAIS AO BRASIL.

Avatar
Ira 23 de julho de 2019

Sigo o manual. E não há especificão quanto ao “uso severo”.

Avatar
Júnior 23 de julho de 2019

Nosso combustível é batizado a rodo no Brasil, já na Argentina não sei, mas lá dizem que a gasolina é pura.

Avatar
DENIS 29 de agosto de 2021

Gasolina tem 10% de etanol, na Argentina.

Avatar
Fernando B 23 de julho de 2019

Eu jamais deixaria um carro meu com o mesmo óleo por 15 mil km ou mais de um ano. A receita para um motor funcionar muitos milhares de km é simples: óleo recomendado, filtros e combustível de boa qualidade.

Avatar
bruno carvalho 23 de julho de 2019

Eu tenho um argo 18/18 1.3 com 8.500 km e um ano de uso, fui a consecuonaria fazer a primeira troca chegando lá falaram q a primeira troca e feita por km não por tempo e q eu poderia rodar até os 10 mil km tranquilo independente do tempo .será pq ? Será q isso é certo?

Avatar
Lester Paiva 3 de maio de 2021

Dizem isso porque quando der problema estará fora da garantia e o problema não será deles…

Avatar
bruno carvalho 23 de julho de 2019

Eu tenho um argo 18/18 1.3 com 8.500 km e um ano de uso, fui a consecuonaria fazer a primeira troca chegando lá falaram q a primeira troca e feita por km não por tempo e q eu poderia rodar até os 10 mil km tranquilo independente do tempo .será pq ?

Avatar
Ernesto 22 de julho de 2019

A VW do Brasil recomenda a troca do óleo do motor aos 10.000km, sendo que para o mesmo carro exportado para a Argentina a recomendação é de trocar aos 15.000km.
Qual o motivo?

Avatar
Givaldo 26 de setembro de 2020

Bom dia,

Devido a temperatura climática do país ser muito inferior a do Brasil!

Abraços

Avatar
Lester Paiva 3 de maio de 2021

Combustível lixo

Avatar
Deixe um comentário