VW se curva e adere ao híbrido

Contrariando o pensamento de alguns executivos, o carro híbrido se tornou um sucesso. Por isso, as fabricantes têm dado mais atenção a ele

Volkswagen Tarok terá propulsão híbrida
Volkswagen Tarok terá propulsão híbrida (Foto: Volkswagen | Divulgação)
Por Boris Feldman
17 de novembro de 2021 07:32

Muitos executivos da indústria automobilística diziam, até há alguns anos, que iam migrar do carro a combustão direto para o carro elétrico sem a passagem transitória pelo híbrido.

A explicação? “O carro híbrido exige dois motores, a combustão e elétrico. Quem vai pagar a conta?” Mas o híbrido foi um sucesso, o Toyota Prius que o diga.  Pode ser um pouco mais caro, porém oferece uma enorme redução do consumo de combustível, o que resulta em reduzir também as emissões. A Volkswagen, por exemplo, se curvou diante das evidências e acaba de anunciar o lançamento de um híbrido flex no Brasil.

VEJA TAMBÉM:

Mesma solução pioneira do Toyota Corolla e que será inaugurada em sua novíssima picape Tarok. A ser produzida na Argentina e importada para o Brasil em 2025.

Você sabia que o AutoPapo também está presente em suas redes sociais favoritas? Clique e confira:

TikTok YouTube Facebook Twitter

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário