Advogados querem acabar com as reduções nos preços dos combustíveis

A ação visa voltar com a política de paridade internacional dos preços, com intenção de beneficiar o lucro dos acionistas

Posto de combustível vai comercializar a gasolina com o preço mais barato apenas no dia 2 de junho
A nova política de preços nem começou a ter efeito e já querem tirar (Foto: Shutterstock)
Por Eduardo Rodrigues
Publicado em 29/05/2023 às 15h02

A principal mudança que fez o preço dos combustíveis cair no Brasil foi a retirada do Plano de Paridade Internacional (PPI). Com isso, os valores praticados por aqui não sofreriam com alterações causadas no exterior.

A firma de advocacia Mortari Bolico, especializada em segurança jurídica aos investimentos, entrou com pedido de liminar em caráter de urgência na Justiça Federal de São Paulo pedindo o retorno da PPI. A ação quer voltar com a política de precificação antiga.

VEJA TAMBÉM:

O argumento dos advogados é de que a redução dos preços dos combustíveis fará a Petrobras deixar de lucrar R$ 62 bilhões. Segundo o portal E Investidor, o escritório alega que a nova política não traz condições para os investidores dimensionar o futuro lucro ou prejuízo da empresa.

  • A firma alega que o governo poderá usar a nova precificação dos combustíveis para o controle inflacionário, o que não condiz com o benefício dos acionistas e da empresa.
  • Apesar dessas alegações, as ações da Petrobras subiram após o anúncio da nova forma da calcular os preços dos combustíveis. O mercado também recebeu as mudanças de forma positiva.
Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
henrjk 29 de maio de 2023

Deveriam entrar com uma Ação para diminuir o índice de etanol na gasolina.

Avatar
Diego 29 de maio de 2023

Esses caras devem estar é de zoação.
É uma piada argumentar que é mais válido pensar no lucro de alguns acionistas do que poder controlar a inflação do país.
Patético.

Avatar
Andre Rocha 29 de maio de 2023

Mas é por causa de pessoas assim que esse País está nessa situação! Pra eles estarem fazendo isso, é porque têm investimento na Petrobrás e doeu no bolso dessa gente calhorda!

Avatar
HAF 30 de maio de 2023

Diego, entendo seu ponto de vista, e não estou defendendo lucros de ninguém, Mas o que todos precisam entender aqui é que foi justamente esta cagada de não reajustar os preços com paridade que Dilma quebrou a Petrobras, o que levou a corroer o valor da empresa, o que no fim das contas levou a um processo internacional para indenizar investidores estrangeiros, e num fim das contas sabe quem pagou as multa dos processos bilionários depois do desgoverno da dentuça? Advinha? Fomos NÓS! O preço da gasolina que era em media 2.50 naquela época subia acima dos 4 reais por litro…. após siso, veio pandemia… outros problemas com preço do barril que só piorou a situação… Só voltou a melhorar depois que o governo federal interviu com o congresso e reduziu o valor do ICMS cobrado exageradamente em cascata em meados de 2021… em fim… a paridade é um mal necessário, nosso pais não é autossuficiente e extremamente dependente dos combustíveis fósseis… infelizmente. Abraço.

Avatar
Deixe um comentário