Bafômetro pode virar equipamento obrigatório em automóveis

Projeto de Lei quer que carros brasileiros só deem partida depois do resultado negativo; instalação do item na frota seria feita de maneira gradual

Por AutoPapo09/10/20 às 10h53
Com Agência Câmara de Notícias
Clique para ouvir
Voiced by Amazon Polly

O Projeto de Lei 1437/20 quer tornar obrigatória a existência  de dispositivo sensível ao consumo de bebida alcoólica a partir da respiração do motorista (bafômetro) em veículos automotores. O equipamento deverá estar vinculado ao sistema de partida do motor.

LEIA MAIS

lei seca bafometro drogometro shutterstock
Bafômetro seria ligado ao sistema de partida do motor, condicionando o deslocamento ao resultado negativo do teste (Foto: Shutterstock)

O texto, em tramitação na Câmara dos Deputados, insere o dispositivo no Código de Trânsito Brasileiro. Caberá ao Conselho Nacional de Trânsito (Contran) regulamentar a medida, que deverá ser implantada progressivamente no País.

“Continuamos a ver, diariamente, a morte de inúmeras pessoas em decorrência de motoristas que dirigem embriagados”, afirmou o autor, deputado Bosco Costa (PL-SE). “A proposta deve ser encarada como instrumento de preservação de vidas.”

3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    RobTheBruce 13 de outubro de 2020

    Curioso a proposta partir de um parlamentar que já foi cassado por por fraudar quase meio milhão em campanha. Brasileiro precisa começar a pesquisar melhor os candidatos antes de votar e parar com essa idolatria em politicos

  • Avatar
    Juhus tix 10 de outubro de 2020

    Ridículo isso é só mais um jeito de tirar dinheiro do cidadão, não vai ter eficácia nenhuma. Já ouviu falar no jeitinho brasileiro? Quem garante que o motorista embriagado não vai colocar uma pessoa sóbria pra soprar o dispositivo? Agora eu motorista responsável como tantos outros temos que pagar pela irresponsabilidade dos demais!

  • Avatar
    José Ailton Alencar Melo 10 de outubro de 2020

    Acho que é inconstitucional, tira o direito de liberdade das pessoas

Avatar
Deixe um comentário