Caoa Chery se junta à Aliança para facilitar o acesso ao carro elétrico no Brasil

Caoa Chery se juntou à 99 em uma empreitada que busca melhorar a infraestrutura para viabilizar o uso do carro elétrico no Brasil

Caoa Chery quer tornar o carro elétrico um meio de transporte viável no Brasil
Caoa Chery quer tornar o carro elétrico um meio de transporte viável no Brasil (Foto: Mário Miranda | Divulgação Caoa Chery)
Por AutoPapo
26 de abril de 2022 16:11

A Caoa Chery anunciou que vai se juntar à Aliança pela Mobilidade Sustentável, iniciativa liderada pela 99 que visa impulsionar a infraestrutura para veículos elétricos e sustentáveis no Brasil. Com isso, as empresas se comprometem a aumentar a participação de carros elétricos para 10% das vendas, criar 10 mil estações públicas de carregamento e ter 100% da frota do app até 2030.

Além da Caoa Chery e da 99, estão juntos nessa empreitada outras sete empresas do setor de mobilidade urbana: Ipiranga, Movida, Raízen, Tupinambá Energia, Unidas e Zletric. De acordo com os membros da Aliança, o objetivo é que veículos de matriz energética mais limpa sejam acessíveis aos motoristas parceiros da 99, em termos financeiros e de infraestrutura.

VEJA TAMBÉM:

De acordo com Ethan Zhang, CEO da planta de Jacareí da Caoa Chery, a proposta pode beneficiar o custo de produção dos carros elétricos:

São iniciativas como a Aliança que vão fortalecer a mudança de paradigma no cenário brasileiro e estimular o país a desenvolver uma infraestrutura compatível com essa nova forma de dirigir. A longo prazo, isso pode beneficiar os custos de produção e a mudança para veículos cada vez menos poluentes.”

Para que isso seja possível, a Aliança vai discutir maneiras de impulsionar a infraestrutura necessária para tornar viável uma eletrificação da frota de veículos no Brasil. Isso é possível criando postos públicos de recarga, diminuindo as barreiras para a aquisição de carros elétricos, facilitando seu aluguel entre motoristas de aplicativo, fornecendo apoio às montadoras e às outras empresas da cadeia, como fornecedores de peças para esses veículos.

A 99 ainda traçou algumas metas para chegar ao seu objetivo nos próximos anos:

  1. Aumentar a participação dos veículos elétricos entre carros novos para 10% das vendas até 2025 (hoje o índice é de 2%);
  2. Criar 10 mil estações públicas de carregamento em todo o Brasil até 2025 (atualmente existem cerca de 1.500);
  3. Lançar, no mínimo, 300 automóveis elétricos da 99 ainda esse ano, com objetivo de chegar a 10 mil até 2025 e 100% da frota até 2030;
  4. Chegar à emissão zero de carbono pela 99 até 2030 (hoje, 48% das emissões de CO2 são do setor de transporte no Brasil);
  5. Adotar a cidade de São Paulo como pólo pioneiro para implementação de programas a fim de inspirar outras regiões do país.

Parceria da Caoa Chery visa o futuro sustentável

Thiago Hipólito, diretor do DriverLAb da 99, afirma que a ideia é unir a indústria  – incluindo setores de abastecimento, manufatura, locação e transporte por aplicativo – para combinar especialidades de diferentes mercados e alavancar o desenvolvimento de todo o ecossistema.

É como se fosse um ciclo, pois assim como os motoristas de aplicativo dependem das montadoras e locadoras para conseguir veículos, os automóveis dependem de combustível.

A aliança pretende, ainda, envolver cada vez mais parceiros ao longo do tempo, incluindo a iniciativa privada, o poder público e o terceiro setor.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Guilherme Marques 27 de abril de 2022

Mau posso esperar…

Avatar
Deixe um comentário