Carro elétrico pode ter preço de modelo a combustão em 2025, revela estudo

Segundo Agência Internacional de Energia, o aumento da demanda pelos carros elétricos vai fazer o preço da tecnologia reduzir em breve

carro eletrico carregando portal
Paridade nos preços deve acontecer primeiro na América do Norte e na Europa (Foto: Reprodução)
Por Bernardo Castro
Publicado em 28/04/2023 às 12h02

A diferença de preços entre carros elétricos e seus equivalente a combustão serão praticamente nulas a partir de 2025. Ao menos é isso o que aponta a AIE (Agência Internacional de Energia).

A partir de análises feitas pela entidade, foi constatado que a equiparação nos valores devem acontecer primeiro na Europa e na América do Norte, e vai acontecer devido ao crescimento nas vendas no segmento de carros totalmente elétricos e eletrificados.

A estimativa é que as vendas dos modelos 100% a bateria cresçam em todo o mundo 35% em 2023, chegando a 14 milhões de unidades. Recorte que representa 18% do mercado de carros de passeio.

VEJA TAMBÉM:

Carros elétricos mais acessíveis

  • Timar Guel, chefe de política de tecnologia energética da IEA, afirmou que a “expectativa atual é que possamos ver paridade de preços em carros elétricos de pequeno e médio porte nos mercados da América do Norte e da Europa em algum momento em meados da década de 2020.”
  • Essa paridade nos preços referente a SUVs e picapes, no entanto, vão demorar um pouco mais para acontecer. Segundo Guel, a expectativa é que os modelos elétricos de grande porte comecem a baratear na década de 2030.
  • A China é o maior mercado de carros elétricos do mundo, e se destaca nas perspectivas anuais da IEA. Por isso, o órgão acredita que o país será responsável por comprar metade dos modelos eletrificados do mundo. Dessa forma, o consumidor chinês não deve demorar a encontrar a paridade de preços entre os elétricos e a combustão.
  • Para o Brasil ainda não existe uma previsão de quando o preço dos eletrificados vai se tornar competitivo. Porém, a tendência é que ele siga baixando com o passar dos anos.
Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Weberte 25 de setembro de 2023

Boa noite. Já passou da hora de incentivar os carros elétricos aqui no Brasil. Infelizmente aqui é um atraso total. Os chineses estão de parabéns. Até hoje só carros de merda para o Brasil. Estão com medo dos carros chineses. Já está ficando feio para o governo brasileiro. O mundo todo na eletrificação e o Brasil na contra mão. Pessoal parem de comprar estas porcarias daqui. Deixa os estoques lotados. Nós merecemos TUDO do bom e do melhor, mas precisamos estar Unidos e não comprar estes carros de lixo e caro. Só vende aqui.

Avatar
ruan 18 de agosto de 2023

Não acredito que os preços irão para baixo dos 100 mil, o que vai acontecer é de os preços do carros a combustão aumentar até chegar no patamar que os elétricos estão hoje.

Avatar
Marcelo 28 de abril de 2023

Os preços irão se igualar não tanto pela redução dos elétricos, mas pelo aumento dos valores dos veículos à combustão. Daqui a pouco um Kwid comum bate os 100 mil reais.

Avatar
Deixe um comentário