Carro funerário fabricado em 1967 vira máquina off-road com tração 6×6

Antigo Cadillac foi customizado ao estilo monster truck, com pneus lameiros de 60 polegadas e motor de seis cilindros a diesel

Por AutoPapo23/09/20 às 10h30

Para muitas pessoas, um carro funerário é mais propenso a despertar emoções como medo ou repulsa que desejo de compra. Porém, o norte-americano Jimmy Driver sempre foi fascinado por veículos desse tipo. Em 2004, ele realizou o sonho: comprou um Cadillac Superior 1967 que realizou, por décadas, traslados póstumos no estado do Mississippi.

VEJA TAMBÉM:

Porém, Jimmy não se sentiu realizado apenas com a compra do antigo carro funerário. Após levá-lo para casa, no estado de Idaho, iniciou um longo trabalho de personalização para transformá-lo em um veículo off-road capaz de superar qualquer obstáculo. A transformação só ficou pronta em 2018 e resultou em uma máquina única.

Assista ao vídeo do Cadillac funerário 1967 transformado em carro off-road:

O Cadillac ganhou seis pneus lameiros de 60 polegadas, que elevaram a altura total para cerca de três metros. Os três eixos, claro, têm tração. O motor original foi substituído por um Detroit Diesel 6V53, de seis cilindros, posicionado onde originalmente havia o banco traseiro. Após as transformações, o peso do veículo passou a beirar 10 toneladas!

Na época da aquisição, o antigo carro funerário custou a Jimmy apenas US$ 600 (cerca de R$ 3.300). Porém, os gastos das transformações superam esse valor por larga margem. Segundo o proprietário, as despesas não foram maiores porque ele mesmo modificou o Cadillac, com a ajuda da esposa Leah e também de familiares e amigos.

Além disso, muitas das peças empregadas no modelo são provenientes de veículos fora de circulação, entre os quais ônibus escolares, tratores e equipamentos industriais. Depois de pronto, o Frankenstein de metal recebeu um nome pra lá de sugestivo: Mortis.

Como é dirigir o super carro funerário?

carro funerario cadillac 1967 off road 6x6
Veículo enfrenta, literalmente, qualquer obstáculo

Dirigir o veículo requer protetores auriculares: afinal, o motor  diesel está bem atrás do motorista e não tem isolamento acústico. Além disso, o Mortis não pode circular em vias públicas, pois alcança uma velocidade máxima de apenas 20 km/h.

Porém, o que importa é que ele consegue enfrentar lamaçais e outros obstáculos impossíveis até para veículos off-road bastante parrudos. Consegue até derrubar árvores que possam estar atrapalhando a passagem. Ao que parece, nesse carro funerário, muita gente ficaria feliz em dar uma volta.

Foto: Reprodução

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário