Desvalorização de carros japoneses pode passar de 16%; entenda

Uma pesquisa revelou e listou quais modelos e marcas são as que mais desvalorizam, dentre as marcas japonesas

lancer pcd
Mitsubishi está no topo da lista de desvalorização (Foto: Mitsubishi | Divulgação)
Por AutoPapo
Publicado em 12/12/2023 às 15h02

O brasileiro acredita fielmente que comprar um carro japonês é sinônimo de se despreocupar com carro a partir dali. Mas deixando de lado o período que se está com o carro na garagem, deve-se ficar atento na hora da revenda. Uma pesquisa feita pela Mobiauto revelou quais os carros japoneses que mais desvalorizam.

VEJA TAMBÉM:

A pesquisa, conduzida pela equipe de Estatística da Mobiauto, concentrou-se nos principais modelos das marcas Honda, Mitsubishi, Nissan e Toyota, abrangendo os anos/modelos de 2023, 2022 e 2021, com foco nos aspectos comerciais.

Os pesquisadores analisaram dados de cotações de 90 modelos e versões em novembro de 2022, repetindo a avaliação em novembro de 2023. Notavelmente, Suzuki e Subaru ficaram fora da pesquisa devido ao volume contido de classificados.

Na pesquisa Mobiauto deste ano, percebeu-se que todas as marcas apontaram depreciações, se bem que alguns modelos conseguiram até pequenos índices de valorização. Mas, na média, o resultado foi o seguinte:

Marca | Variação

Honda | -6,26%

Toyota | -8,81%

Nissan | -9,40%

Mitsubishi | -16,9%

A média geral de depreciação nesse período foi em torno de 7,5%, o que coloca Honda, Toyota e Nissan em uma posição confortável. Chama a atenção a desvalorização mais acentuada da Mitsubishi, embora haja uma explicação bem razoável para isso: o ticket médio dos modelos anunciados por essa marca está acima de R$ 206 mil, enquanto Honda e Nissan têm médias de R$ 121 mil e a Toyota, R$ 150 mil. Modelos mais caros sempre tendem a desvalorizar um pouco mais, que foi o que ocorreu com a Mitsubishi”, explica o economista Sant Clair Castro Jr., consultor automotivo e CEO da Mobiauto.

Por esse mesmo raciocínio, o destaque positivo vai para a Toyota, que possui modelos mais caros (Hilux Cabine Dupla e Hilux SW4, como destaques) e, mesmo assim, conseguiu segurar bem as cotações. Tanto ela como Honda e Nissan são compostas por veículos de diferentes faixas de preços e segmentos de mercado. Possuem line-ups amplos e procuram preencher vários estratos de mercado.

Quando analisados os dez veículos com as menores desvalorizações, o equilíbrio torna a prevalecer. Vamos encontrar 4 modelos da Nissan e da Honda, mais 2 da Toyota. E a Nissan ainda teve o mérito de ser a única a registrar pequenas valorizações com Versa e Kicks 2021.

Mobiauto - Desvalorização de carros japoneses pode passar de 16%; entenda
Foto: Mobiauto | Divulgação
Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário