Grupo Hyundai irá fazer seus próprios chips para contornar a crise

A Hyundai foi um dos fabricantes que cresceram durante a pandemia e não vai deixar a cruse dos semicondutores atrapalhar esse sucesso

dianteira grade carro logo hyundai
O grupo Hyundai atua em diversos ramos e a fabricação de chips será apenas mais um (Foto: Hyundai | Divulgação")
Por Eduardo Rodrigues
15 de outubro de 2021 11:48

A crise dos semicondutores vem sendo o maior desafio da indústria automotiva nos últimos anos. Os carros se tornaram cada vez mais tecnológicos por pressão dos consumidores e da legislação, e esse componente que falta é essencial para a aplicação de modernidades. A Hyundai está buscando um meio de resolver o problema de fornecimento.

O grupo Hyundai atua em diversos setores, fora a divisão automotiva que conhecemos. Uma dessas áreas é a siderurgia, que permitiu que o fabricante adotasse aços de alta resistência em seus carros e manter o preço deles baixos. Agora o grupo quer fabricar seus próprios chips.

VEJA TAMBÉM:

Os chips da Hyundai ajudarão em crises futuras

O diretor global de operações da Hyundai, José Muñoz, revelou à Reuters as intenções da fabricação de chips do grupo e cortar a dependência de fornecedores externos. Muñoz diz que esse será um grande esforço que precisa de muito tempo e investimento, mas valerá a pena para evitar futuras crises.

A Hyundai Mobis, divisão de autopeças, terá papel essencial no desenvolvimento dos chips dentro do conglomerado. A Hyundai foi um dos poucos fabricantes que conseguiram crescer durante a pandemia e a única pedra no sapato está sendo a falta de chips.

Você sabia que o AutoPapo também está presente em suas redes sociais favoritas? Clique e confira:

TikTok YouTube Facebook Twitter

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário