Essa é o novo Ford Everest, que vem para brigar com o Toyota SW4

O Ford Everest, SUV derivado da Ranger, está cotado para ser fabricado na Argentina a partir de 2023 e possui boas chances de chegar ao Brasil

ford everest titanium cinza frente parado campo
O SUV usa chassi separado da carroceria e oferece sete lugares (Foto: Ford | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
02 de março de 2022 17:03

O Toyota SW4 reina sozinho no segmento de SUV tradicional com chassi no Brasil. Seus concorrentes são o datado Chevrolet Trailblazer e o Mitsubishi Pajero Sport importado. Não é um segmento muito concorrido, mas a Ford parece estar querendo entrar nele com o novo Everest.

A nova geração desse SUV foi apresentada na Austrália, ainda sem confirmações oficiais para chegar no Brasil. Porém um relatório obtido por um jornal argentino aponta que o Ford Everest deverá ser fabricado junto da nova geração da Ranger por lá a partir de 2023. Por isso, existem grandes chances dele chegar ao Brasil.

VEJA TAMBÉM:

O que a nova geração do Everest traz para brigar com o SW4?

Assim como o Toyota SW4, o Ford Everest traz sete lugares. Existem duas opções de motor turbodiesel para o SUV: o 2.0 biturbo EcoBlue e um V6 com apenas um turbocompressor. A Ford não divulgou os dados desses motores, mas o 2.0 deverá render por volta de 210 cv e 50 kgfm. O cambio é sempre automático de 10 marchas e o SUV traz uma caixa de transferência BorgWarner com reduzida.

A Ford aproveitou para melhorar as credenciais fora de estrada do SUV. Agora o Everest traz em todas as versões proteções maiores na parte de baixo, bloqueio eletrônico do diferencial, dois ganchos de reboques na dianteira e um seletor de terreno para auxiliar nas trilhas. Ele é capaz de transpor trechos alagados de 80 cm.

Para quem pretende viajar com a família e levar um trailer, o Everest possui uma capacidade de reboque de 3.500 kg. O câmbio traz um modo específico para rebocar, otimizando as trocas de marcha e fazendo um uso maior do freio motor para poupar os freios de serviço.

Interior mais luxuoso e tecnológico

A nova geração da Ranger chamou atenção por usar uma grande tela vertical no painel. Esse painel se repete no Everest, trazendo uma tela de 10,1 polegadas para o modelo de entrada e de 12 polegadas nos outros. O painel de instrumentos digital também é grande, com tela de 12,4 polegadas no topo de linha Platinum e 8 polegadas nos outros.

O banco do motorista na versão Platinum oferece ajuste elétrico e memória. Os dois assentos dianteiros trazem aquecimento e ventilação, já a fileira central traz apenas aquecimento. A terceira fileira pode ser rebatido com o toque de um botão, facilitando na hora de carregar o porta-malas.

A Ford caprichou na segurança: o Everest traz nove airbags. Além dos tradicionais dianteiros, laterais e de cortina, o SUV traz um airbag central entre o motorista e o passageiro dianteiro. O pacote de assistências de segurança também é completo, com cruise control adaptativo com Stop & Go, frenagem autônoma de emergência dianteira e traseira, assistente para manter centrado na faixa e até alerta de ponto cego que cobre também o trailer.

A Jeep lançou uma opção para quem quer sete lugares e não precisa das capacidades de um SUV com chassi, confira a avaliação do Boris:

Fotos: Ford | Divulgação

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Marcelo 5 de março de 2022

Se a proposta é concorrer com sw4 e demais no segmento, a Ford chegou décadas atrasada….

Avatar
Deixe um comentário