Baterias do Ford Mustang Mach-E tem o preço do próprio carro

Consumidor fica chocado ao descobrir que concessionária cobra o preço do veículo pelas baterias do Ford Mustang Mach-E

mustang mach e e mustang coupe lado a lado de frente
A garantia das baterias é de 8 anos ou 160 mil km (Foto: Ford | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
31 de dezembro de 2021 13:18

Quando o Ford Fusion Hybrid chegou ao Brasil, estreando a propulsão híbrida por aqui, o preço de suas baterias chamou a atenção. Desde então o preço das baterias de íon de lítio é um comentário constante em notícias sobre híbridos e elétricos.

Um proprietário de um Ford Mustang Mach-E publicou no Reddit que as baterias do seu SUV elétricos na concessionária custam o mesmo que o próprio veículo: são US$ 42.624,22 (cerca de R$ 237.475), valor do modelo de entrada Select.

VEJA TAMBÉM:

Esse preço foi encontrado no Canadá. O site Carscoops consultou uma concessionária nos EUA, no estado da Flórida, e encontrou um valor de US$ 18.514,13 (R$ 103.149) para a bateria menor e US$ 23.648,94 (R$ 131.757) para a bateria das versões mais caras. Valores próximos aos da versão de entrada da picape Maverick.

Os fabricantes tentam reduzir o preço das baterias

bmw ix baterias
As baterias atuais são grandes, pesadas e caras (Foto: BMW | Divulgação)

A Ford já anunciou uma parceria com uma empresa especializada em reciclagem de baterias com a intenção de reduzir os custos das baterias e diminuir o impacto ambiental do descarte. No Brasil é obrigatório ter um plano para o descarte ou reciclagem das baterias feito pelos fabricantes que vendem elétricos.

Já a Toyota busca uma estratégia diferenciadas para seus híbridos: usa baterias de níquel-hidreto metálico, que são mais duráveis que as de íons de lítio. O fabricante japonês prepara baterias de estado sólido para seus carros puramente elétricos, tecnologia mais limpa de produzir e descartar, além de ser mais leve e permitir carregamentos mais rápidos.

Baterias de íons de lítio como a do Mustang Mach-E e outros carros elétricos são consideradas apenas como uma transição. A expectativa é de que nos próximos 5 anos apareçam novas tecnologias de baterias com preço menor e outras vantagens.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
5 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Zelbus 2 de janeiro de 2022

Toto ligou para a Tetê!

Avatar
Jorge Nicolau 31 de dezembro de 2021

A Ford também está desenvolvendo sua bateria de estado sólido em parceria com a BMW, inclusive está bem mais adiantada do que a Toyota.

Avatar
Marcelo 31 de dezembro de 2021

Talvez, se o custo das baterias não diminuir consideravelmente, o modelo de comercialização que irá fazer mais sentido será o da locação ou, como uma empresa chinesa parece que já está fazendo em alguns países, vender o carro e as baterias serão substituídas através de um contrato de locação ou nas recargas (ao invés do carro ficar recarregando, ele passa em locais que fazem a substituição por baterias já carregadas.

Avatar
Rodolfo 31 de dezembro de 2021

Faltou, falou, mas não disse nada concretro!
Pergunta que não quer calar: Daqui 5 anos qual é a expectativa do preço das baterias de um carro 100% elétrico?

Avatar
Rodolfo 31 de dezembro de 2021

*concreto

Avatar
Deixe um comentário